ACM Neto está enfurecido com Bolsonaro e quer DEM na oposição, diz jornal


O presidente nacional do Democratas ACM Neto deve partir para o contra-ataque ao governo federal após a nomeação do seu aliado João Roma (Republicanos) para o Ministério da Cidadania.

De acordo com a coluna Painel, do jornal Folha de São Paulo, o ex-prefeito de Salvador estaria enfurecido com Jair Bolsonaro (sem partido) e vai trabalhar para levar a maioria do partido para a oposição ao presidente.

Neto pediu para o Planalto que Roma não fosse nomeado para chefiar a pasta, mas a solicitação não foi atendida. A nomeação do deputado federal foi publicada na edição desta sexta-feira (12) Diário Oficial da União.

A atitude é contrária a mostrada recentemente. Em entrevista para a Globo News na última segunda-feira (8), o dirigente do DEM tinha afirmado que a sigla vai se manter independente, mas não se comportará como oposição ao governo.

Ainda segundo o impresso, Neto afirmou para pessoas próximas que vai trabalhar para exonerar indicados de Roma na Prefeitura da capital baiana. Ontem o diretor das Prefeituras-Bairro, Luiz Galvão foi demitdo do cargo. Nos bastidores a saída dele é encarada como a primeira retaliação após o parlamentar ter virado ministro.(Varela Noticias)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *