Projeto da UNEB em Senhor do Bonfim discute sobre teatro e revolução

Dar voz aos oprimidos, enfrentar os opressores, promover revolução. Esses são alguns dos objetivos do Teatro do Oprimido, criado na década de 1960, no contexto da ditadura militar, pelo teatrólogo e dramaturgo brasileiro, Augusto Boal. Diante da importância dessas discussões que continuam tão atuais, a exemplo das centenas de vidas negras perdidas por dia, o … Leia Mais


POR: MOACIR SARAIVA – O CORONAVÍRUS E A SEMINOVA

Ela completara já 58 primaveras, mas só os familiares bem próximos sabiam da quantidade de carnavais vivenciados por essa quase nova, no entanto, no período da quarentena tudo mudou na vida dela. Trabalhava muito e gostava de curtir a vida, já passara por dois casamentos, mas filhos não vieram, as más línguas falam que essa … Leia Mais



Laboratório da UNEB em Senhor do Bonfim realiza lives sobre estudo de peixes

O Laboratório de Ecologia de Peixes e Museu de Zoologia (LEPMZ) do Departamento de Educação (DEDC), Campus VII da UNEB inicia a partir de amanhã (18), às 16h, o projeto “O LEPMZ na quarentena: série ‘Lives da Ictiologia’”. A iniciativa visa promover rodas de conversa on-line com diferentes pesquisadores atuantes na área de Ictiologia (ramo … Leia Mais


Roberto Carlos confirma live para o Dia das Mães

cantor Roberto Carlos anunciou uma live musical para o dia 10 de maio, o Dia das Mães. O Rei anunciou como um presente para as mães ao redor do país, que vão passar a data longe dos filhos devido o isolamento social. Entre as canções do repertório está o sucesso Lady Laura, dedicada a mãe … Leia Mais


Prefeitura de Campo Formoso cancela festejos juninos por conta da pandemia do Coronavírus


Campo Formoso não contará com festejos juninos em 2020: Arraiá da Freguesia (13 de junho); Festa do Padroeiro de Lage dos Negros (13); São João de Poços e São Tomé, além do São Pedro de Caraíba. A medida foi adotada diante da recomendação de se evitar aglomerações de pessoas por conta da pandemia de Coronavírus, com a estimativa de pico para os meses de maio e junho, segundo o Ministério da Saúde.

Vale lembrar que o Brasil já apresenta mais de 25 mil infectados com a doença, com mais de 1300 mortes. Campo Formoso já conta com um caso confirmado da COVID-19 e mais dois de H1N1.

A iniciativa visa também evitar que comerciantes não venham a sofrer prejuízos ainda maiores, caso, de fato, a festa tivesse de ser cancelada, depois de investimentos realizados.

Diversos outros municípios já vinham tomando essa decisão, haja vista o agravamento da pandemia. Cidades como Ibicuí, Amargosa, Senhor do Bonfim, Irecê, Miguel Calmon, Seabra, Itaberaba, Piritiba, Cruz das Almas e Santo Antônio de Jesus, Jaguarari e Vitória da Conquista já cancelaram as festas de São João deste ano.

Prefeitura de Campo Formoso – Cidade em Transformação

FONTE: http://campoformoso.ba.gov.br/


EMBAIXADORES DE DEUS – POR VALTER SILVA


Filadélfia Bahia, 05 de Abril de 2020

EMBAIXADORES DE DEUS

“O homem é aquilo que ele pensa em seu coração”! Essa frase, presente nas sagradas escrituras, é confirmada no Sermão da Montanha quando Jesus afirma que são bem- aventurados os puros de coração, porque eles verão a Deus.

O egoísta impuro não pode ver a Deus, que é puríssimo amor, porque sua crescente egolatria equivale a uma cegueira mental que intercepta totalmente a luz divina entre o Deus-amor e o homem profano.

Pela atitude do espírito os possuidores do reino celestial se despossuiram interiormente dos poderes da terra, abrindo, assim, caminho para o reino dos céus. Já aqueles que vêem a Deus, além dos bens materiais, se libertaram igualmente dos bens mentais e emocionais; ou seja, de todos os pensamentos e desejos incompatíveis com o mundo divino.

Lamentavelmente, o homem dos dias de hoje perdeu sua razão e abriu falência moral, uma vez que só é estimado e respeitado aparentemente e apenas pelos seus companheiros de profanidade que, na verdade, reverenciam seu dinheiro, sua posição social e seu prestígio, mas, nunca o alguém que ele deveria ser, mas que, de fato, não é. Assim, o homem contemporâneo, cada vez mais, se auto desvaloriza ao deixar de ser alguém para se tornar um mero objeto.

Além disso, como no presente é quase impossível ter consciência própria, pois a publicidade social é absolutamente contagiante e sutil, o homem da nossa época, não resistindo aos apelos publicitários para “andar na moda”, acaba “coisificado” na escravidão universal da apodrecida sociedade individualista; friamente insensível aos dramas alheios.

Talvez, esse catastrófico momento, em que vivemos uma tenebrosa pandemia, nos convide, como protótipo desse homem profano, a entrarmos em uma nova e inédita dimensão da consciência, paradoxalmente grandiosa, desapegando-nos das coisas supérfluas e servindo-nos tão somente daquelas necessárias para uma vida digna e honesta.

O homem que busca ser crístico, e não apenas cristão, necessita, portanto, de uma vida absolutamente leal; sem jamais dissimular ou camuflar a verdade sobre si mesmo e ciente, sobretudo, de que o luxo e a luxúria são detritos que tornam impraticável uma vida em harmonia um com o espírito do evangelho pregado e vivido pelo Cristo no Sermão da Montanha.

Diante do caos instalado pelo corona vírus, os cultuadores do ego já não podem fazer estatísticas de sua filantropia a fim de se promoverem, seja social ou politicamente, e nem, sequer, apertar as mãos dos seus beneficiados ou secar as lágrimas de um velhinho, grato por um favor recebido, porque o falso agir dos egoístas e dos demagogos já não têm espaço ou pertinência em face do tétrico espetáculo do medo e da própria morte que se alastra em larga escala pelo mundo afora.

Exposto a essa dura realidade, o homem atual começa a perceber que deve agir como age o universo. Então, à medida
que recebe verticalmente de Deus é proporcional à sua distribuição horizontal aos fracos, aos ignorantes e a todos enfermos que, porventura, necessitem de alívio para seus sofrimentos, porque onde cessa a doação para os lados, cessa, simultaneamente, o recebimento de cima.

Essencialmente perfeito pelo íntimo contato com Deus e também existencialmente bom pela solidariedade com todas as criaturas do Pai celestial, esse homem, enfim cristificado pela cruel, mas educativa dor, trabalha inteiramente de graça sem esperar nenhuma recompensa externa ou qualquer gratidão dos seus beneficiados, porquanto, seu trabalho é movido pelo amor à sua árdua, porém, sempre digna missão de plenipotenciário embaixador de Deus no hoje agonizante planeta Terra.

Por Valter Silva


NOTA DE ADIAMENTO 5º CLISERTÃO -CONGRESSO INTERNACIONAL*DO *LIVRO, LEITURA E LITERATURA NO SERTÃO


Considerando as recomendações do Ministério da Saúde, OMS, do Governo do Estado de Pernambucoe da Prefeitura de Petrolina,a Comissão Organizadora comunica que o 5º CLISERTÃO-CONGRESSO INTERNACIONAL DO LIVRO, LEITURA E LITERATURA NO SERTÃO-, evento organizado pela Universidade de Pernambuco, por meiodo Colegiado de Letras, será realizado em maio de 2021e não no período de 4 a 9 de maio de 2020 como estava programado.
Essa decisão foi motivada pela postura ética (de respeito ao outro, portanto)da Universidade de Pernambuco, Campus Petrolina-Colegiado de Letras.Com certeza, o CLISERTÃO, o maior evento da área do livro do Sertão de Pernambuco e da UPE será realizado em 2021 mais forte do que aqueleque aconteceria agora em maio.

Petrolina, 18 de março de 2020

A Comissão Organizadora


Teatro Dona Amélia recebe show de lançamento do novo disco de Mario Sobel


Natural de Recife, residindo e trabalhando em Petrolina desde 2009, o violonista e compositor autodidata Mario Sobel fará show de lançamento do seu quinto disco autoral, “Reminiscências”. A apresentação acontecerá no dia 18 de março, às 20h, no Teatro Dona Amélia (SESC/Petrolina), com entrada franca.

“Reminiscências” tece um mundo próprio embalado por 14 canções onde o artista oferece uma composição autoral espontânea e livre de muitas amarras harmônicas, deixando a linguagem musical se expressar de forma mais intuitiva e orgânica. Um convite à presentificação do passado através de lembranças de lugares, pessoas, gostos, momentos e sentimentos.

O artista compõe música instrumental com raízes na Cultura Regional e na MPB, incorporando outras influências (da música armorial, da música erudita, do jazz, do rock dos anos 60/70 e da música minimalista).
Com uma proposta intimista e ao mesmo tempo popular e universal, o espetáculo “Reminiscências” será executado por dois violões acústicos, onde o artista será acompanhado pelo músico Gildevan Matias (Van).


Em algumas faixas o show também contará com a participação especial de outros músicos locais e do Quinteto Pedra Linda de Cordas, que já vem apresentando músicas autorais de Mário Sobel em mostras de música instrumental no Sertão e Agreste pernambucanos.

De acordo com o artista, as expectativas para o show são as mais positivas. “Continuo firme no propósito de estimular o gosto do público local pela música popular instrumental. Além disso, a entrada gratuita do show possibilitará o acesso a uma plateia diversificada”, ressalta

Na sua trajetória, o artista já gravou e produziu três CDs instrumentais independentes: “Vida” (Recife/2001), “Caminhando” (Recife/2006) e “Todas as Luas” (Petrolina/2009). Teve também dois projetos contemplados em editais: “Misturando as Coisas” pela Funarte/Minc /2012 e “Reminiscências” pela Funcultura/Fundarpe e Secretaria de Cultura do Governo do Estado de Pernambuco, este último com produção executiva da Melodia Produções, dirigida pelo músico Marcone Melo.

SERVIÇO
Show de lançamento do disco “Reminiscências”, de Mario Sobel
Local: Teatro Dona Amélia, SESC/Petrolina – Centro
Data: 18/03/2019
Horário: 20h
Entrada Gratuita


Samba de Roda do Recôncavo Baiano passa a ser Patrimônio Imaterial do Estado


Uma das joias da cultura brasileira, por suas qualidades intrínsecas de beleza, perfeição técnica, humor e poesia, e pelo papel importante que vem desempenhando nas próprias definições da identidade nacional, o Samba de Roda do Recôncavo Baiano passa a ser Patrimônio Cultural Imaterial do Estado depois que o governador Rui Costa decretou o reconhecimento da manifestação musical no Livro de Registro Especial das Expressões Lúdicas e Artísticas, com publicação no Diário Oficial do Estado (DOE) desta quinta-feira (decreto nº 19.494).
Os estudos para a patrimonialização do Samba de Roda foram produzidos pelo Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural da Bahia (Ipac), autarquia vincula à Secretaria de Cultura do Estado (Secult). Após a conclusão, o Ipac encaminhou o material ao Conselho Estadual de Cultura (CEC) para que fosse apreciado e encaminhado à Casa Civil para homologação do Governador.
O Samba de Roda foi reconhecido como patrimônio pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) em 2004. Também é reconhecido como Obra Prima da Humanidade pela Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco) desde 2005.
“Fazer o reconhecimento deste bem cultural é valorizar, estudar, registrar e divulgar, promovendo, assim, a sua continuidade, reprodução e transmissão às novas gerações, pois essa manifestação traz na sua constituição as marcas identitárias de povos que fizeram parte do processo civilizatório de constituição da nação brasileira, e que ainda hoje rememora, por meio de suas marcas culturais, todo o esplendor de uma cultura marcada por lutas históricas, memorizada e revelada através de seus ritos”, declara a gerente de Patrimônio Imaterial do Ipac, Nívea dos Santos.
De acordo com ela, o Samba de Roda do Recôncavo merece este reconhecimento por ser uma referência cultural, ter uma continuidade histórica consistente, possuir uma singularidade comprovada, apresentar um dinamismo vibrante, além de contribuir para a memória e identidade do povo da Bahia.
“As atribuições do Ipac após a patrimonialização, por meio do Registro Especial, não se encerram neste ato, pois a valorização do capital simbólico e cultural da titulação é o primeiro passo para uma política pública mais ampla”, explica Nívea. Além do reconhecimento cultural e produção de conhecimento do bem registrado, o patrimônio imaterial reconhecido poderá participar de editais culturais e convênios.
 
Samba de Roda do Recôncavo
Misto de expressão musical, coreografia característica, poética abrangente, presente em momentos festivos, o Samba de Roda do Recôncavo é uma das principais manifestações culturais engendrada em solo brasileiro. Incide praticamente em todo estado da Bahia, sendo que é na região conhecida como Recôncavo, área composta de 33 municípios, localizada no entorno da Baía de Todos-os-Santos, que encontra-se uma maior concentração de grupos de sambadeiras e sambadores e pujança da manifestação cultural.
Os primeiros registros, com esse nome e com muitas características que ainda hoje o identificam, datam dos anos 1860. Atualmente, reúne as tradições culturais transmitidas por africanos escravizados e seus descendentes, que incluem o culto aos orixás e caboclos, o jogo da capoeira e a chamada comida de azeite. A herança negro-africana no samba de roda se mesclou de maneira singular a traços culturais trazidos pelos portugueses (principalmente viola e pandeiro) e à própria língua portuguesa nos elementos de suas formas poéticas.

Foto: Ipac


Bloco Infantil veste o tema “Seja a sua fantasia” e sai às ruas em Petrolina – PE


Nesta última quinta-feira (20), para garantir a animação, serpentinas, enfeites, espuma e muito frevo abriram alas dos festejos carnavalescos. Os foliões do Colégio Plenus abraçaram o tema do carnaval oficial da cidade “Seja a sua fantasia” e colocaram o bloco infantil na avenida, com figurinos diversos que ganharam vida e encantaram quem estava presente.

Ao som dos ritmos pernambucanos, os pequenos foliões das turmas da Educação Infantil até os 1º Anos da escola tomaram as ruas do centro da cidade em um desfilecom muita empolgação e criatividade. Meninos e meninas, com idades entre 2 e 6 anos, se caracterizaram de Homem-Aranha, sereias e bailarinas, percorrendo a orla da cidade em direção às ruas do centro.

Em seu terceiro ano pulando o carnaval do Plenus, a mãe de dois foliões (Beatriz Cordeiro e Bernardo Cordeiro), Thaís Rêgo, revela que em todas as atividades o colégio desperta e enriquece a cultura para as novas gerações. “As crianças devem conhecer os valores culturais de Pernambuco, o frevo. E conhecer também a importância dele para os pernambucanos”, afirma a advogada.

A folia que começou às 10h no Plenus Centro e terminou às 17:30h na praça da 21 de Setembro, teve orquestra de frevo recepcionando os alunos do 9º ao 3º ano – que ainda estavam em sala de aula – para se juntar à brincadeira que aconteceu durante o intervalo.

Fantasiada de sol, a estudante do 3º ano do Ensino Médio, Hanna Drubi, revela que o momento serve para aliviar a pressão do vestibular. “É o ano que vamos escolher a nossa profissão, precisamos parar um pouco e voltar com força total. Nesse momento oportuno é importante redescobrir as raízes e cair na folia”, ressalta.

Já o folião que era só animação na prévia do Plenus, Vinícius Lins, aluno do 2º ano do Ensino Médio, destaca que “o colégio torna os alunos ‘culturados’, pois é uma festa tradicional bastante valorizada no Brasil”. O aluno destaca ainda a troca de interação e conhecimento entre as turmas.

Com muito entusiasmo e alto astral, pais, professores e alunos festejaram um carnaval tradicional e multicultural. A diretora Pedagógica, Sílvia Santos avaliou positivamente toda a comemoração, animação e os desfiles de fantasias. Segundo ela, o carnaval 2020 do Plenus foi um sucesso. “Tivemos o alto astral dos foliões em consonância com nossos ritmos para todas as turmas. A escola precisa oportunizar às crianças e aos jovens momentos como esse, com muito frevo, maracatu e marchinhas de carnaval”, concluiu.


Na Barra, Rui deseja um Carnaval de paz a todos baianos e turistas


Após a agenda de compromissos na Governadoria, no CAB, o governador Rui Costa seguiu para o circuito Dodô (Barra-Ondina), na noite desta quinta-feira (20). Neste primeiro dia de folia, ele acompanha a festa no trio comandando por Bell Marques, que é uma das 200 atrações que o Governo do Estado preparou para o folião pipoca em 2020.
“Estamos comemorando os 70 anos do trio elétrico, uma invenção de Dodô e Osmar que revolucionou essa grande festa que é o Carnaval da Bahia. Que todos os baianos e baianas, assim como os turistas que escolheram festejar com a gente, possam curtir o Carnaval na paz e com muita alegria”, afirmou Rui.
Desta quinta (20) a terça-feira (25), o folião pipoca poderá curtir atrações como Ivete Sangalo, Anitta, Léo Santana, Saulo, Daniela Mercury, BaianaSystem, Parangolé e Psirico, que desfilam na Barra e também no circuito Osmar (Campo Grande). Além da capital, o Governo do Estado apoia o Carnaval em 32 cidades de diferentes regiões.

Fotos: Carol Garcia/GOVBA


Itiúba: Prefeitura divulga grade de atrações do Carnaval 2020


A Prefeitura de Itiúba, através da Secretaria de Cultura, Esporte e Lazer anuncia oficialmente a grade de atrações do Carnaval 2020!!!

THILLIO Milionário, Unha Pintada, Pagode do Segredo, Paullinha Levada, Edcity, Larissa Marques, Swing do T10, Malubakana, MC 7Kssio, Brankinho, Bolachinha, Bloco as Derrubadas, Cristiano Ramalho, Carlos Oliveira, Zenilton Brandão, Pança Folha, Paula Brasil, Tom Santana, Jeferson Mendes, Samile Real e Galhega Top Dance agitarão o Itiúba Folia que acontece entre os dias 21 a 25 de fevereiro.

Secretaria de Cultura, Esporte e Lazer: Incentivando a Cultura do Nosso município!!!

Apoio – BahiaTursa

Ascom – Levando informação da gestão que mais avança nas mudanças!!!



Espetáculo ‘Tieta’ acontece nos dias 18 e 19 de janeiro, em Petrolina – PE


O palco do Teatro Dona Amélia, no Sesc, centro de Petrolina, vai receber um dos mais conhecidos espetáculos baseado na obra de Jorge Amando, ‘Tieta’, que acontece nos dias 18 e 19 de janeiro às 20h. A atração conta com a direção de Alan Cleber e Ana Cecília Araújo, cenografia de Hertz Félix e Alzyr Saadehr na produção teatral que promete levar à plateia todo o carisma e pureza que a obra representa.

Com um elenco de peso, destaque para a atriz baiana Kátia Gonçalves, no papel principal, a trama criada pelo dramaturgo Jorge Amado, mostra uma Jovem de 17 anos e as aventuras amorosas que escandalizaram a população de Santana do Agreste o que motivou seu pai a expulsá-la de casa. Vinte e seis anos depois, Tieta retorna à Santana do Agreste com sua enteada. A presença de Tieta na cidade transforma por completo a pacata comunidade, ainda mais quando ela se envolve com o próprio sobrinho.

De acordo com a sinopse, todas as discussões trazidas pelas figuras em cena visam levar o espectador a uma reflexão sobre as renúncias de uma pessoa em nome dos sentimentos e novos desfechos que a vida pode proporcionar para uma mulher vivendo em uma cidade pequena.

Para Alan Cleber, a montagem apresenta entretenimento, mas também questiona padrões e posturas, além de formular questões imprescindíveis para o entendimento da condição humana. “Vamos trazer um espetáculo inovador, no qual o público se sensibilize e emocionado questione seus valores”, ressalta um dos diretores da atração.

Mais informações: 87/ 98812 8298