Alunos do SESI Petrolina serão premiados em Olimpíada Nacional de Ciências

Os alunos da 2ª e 3ª série do Ensino Médio do Serviço Social da Indústria – SESI em Petrolina Lucca Gonçalves de Aguiar Gomes, Maria Bianca Vitória Coelho e João Macedo Alencar serão premiados na Olimpíada Nacional de Ciências. A solenidade acontecerá no próximo dia 28 de novembro, no anfiteatro Camargo Guarnieri da Universidade de … Leia Mais



UNEB participa de discussões sobre a reformulação curricular do Sistema Municipal de Educação de Senhor do Bonfim

O Departamento de Educação (DEDC), Campus VII da UNEB se reuniu hoje (13) com representantes da Secretaria de Educação (SEMED) de Senhor do Bonfim, Conselho Municipal de Educação, Polícia Civil, Ministério Público e Câmara de Vereadores para discutir sobre as abordagens curriculares que irão nortear a nova proposta do Plano municipal de educação que abrange … Leia Mais



Senhor do Bonfim: Nomeada nova Coordenadora para o Núcleo Regional de Educação (NR25).


O governo do estado está mudando a Coordenação do Núcleo Regional de Educação de Senhor do Bonfim, antiga Direc 28°. Para ocupar a vaga de Isabel Cristina, o PSD do deputado estadual, Adolfo Menezes, indicou o nome da ex-vice prefeita de Andorinha, Dourineide Conceição.

O nome da professora Dourineide Conceição, teve aprovação do Secretario de Educação, Jeronimo Rodrigues.

Alem de já ter ocupado o cargo de vice-prefeita na chapa do ex-prefeito, José Branco, Dourineide Conceição também já foi Secretariara de Educação de Andorinha.(Fonte: Ivansilvanoticias)


Estudante da UNEB conquista primeiro lugar em jornada de iniciação científica


A estudante do curso de licenciatura em Ciências Biológicas do Departamento de Educação (DEDC), Campus VII da UNEB, Ilana Dias, conquistou o primeiro lugar na Jornada de Iniciação Científica da UNEB na área de Ciências Biológicas. A premiação ocorreu na última semana em Salvador-BA.

O trabalho premiado foi “Caracterização palinológica de méis de Apis mellifera L. produzidos nos municípios de Senhor do Bonfim e Itiúba, Bahia”. A pesquisa avalia o perfil botânico dos méis produzidos na região, buscando fornecer informações aos apicultores sobre a composição, períodos de floração e fornecimento de recursos da flora utilizada pelas abelhas, e assim, favorecer a produção de produtos apícolas no território.

A estudante, Ilana Dias, destacou que ganhar o prêmio de melhor trabalho na área de Ciências Biológicas é sinônimo de dever cumprido. “É ver o meu esforço, da minha orientadora Marileide Saba, e de todos os envolvidos no projeto, direta ou indiretamente, ser reconhecido, valorizado e celebrado. Num cenário em que a realização de pesquisas está sendo cada vez mais suprimida, manter-se resiliente e ser valorizado quanto à relevância da pesquisa é fundamental para o crescimento do estudante e um ganho para o meio social”, afirmou Ilana.

“Reconheço a minha responsabilidade de trazer novas contribuições não apenas para o meio científico, mas também a necessidade de retornar estas informações para a sociedade, fazendo assim, a ponte entre a Universidade e a comunidade”, finalizou a estudante.

Lorena Simas
Coordenadora do Núcleo de Assessoria de Comunicação (NAC-DEDC/ UNEB)


UNEB realiza exposição itinerante e leva ciência para a terceira idade


Proporcionar momentos de aprendizados e conhecimentos sobre fungos e arqueologia foi o objetivo da exposição itinerante realizada hoje (17) na Universidade Aberta à Terceira Idade (UATI), do Departamento de Educação (DEDC), Campus VII da UNEB. A exposição itinerante foi realizada pelo Espaço de Ciência Micológica e o Espaço de Arqueologia e Paleontologia do DEDC VII da UNEB.

Na exposição, os alunos e alunas da UATI puderam conhecer características e curiosidades dos fungos, observá-lo pelo microscópio e ver alguns artefatos arqueológicos. A senhora, Eliana Borges dos Santos, 66 anos, relatou que a exposição itinerante lhe proporcionou muito aprendizado e conhecimento. “Eu acreditava que todos os fungos fossem ruins, mas aprendi hoje que muitos fungos são benéficos e estão presentes em alimentos e remédios”, destacou Eliana.

A professora e coordenadora do Espaço Ciência Micológica, Thaís Feijó, relatou que o objetivo do espaço é sempre levar a universidade para a comunidade, difundindo conhecimento para as pessoas de todas as idades, pois todos tem o direito de conhecer sobre ciência. E destacou que, “Na terceira idade, os idosos podem aprender coisas novas que não tiveram a oportunidade de aprender na infância, como por exemplo, o que são fungos e uma parte da arqueologia”.

Thaís afirmou ainda que, “Perceber a empolgação e curiosidade das alunas e alunos da UATI, nos traz um sentimento de satisfação, por saber que eles gostaram da exposição e obtiveram conhecimentos novos”.

Lorena Simas
Coordenadora do Núcleo de Assessoria de Comunicação (NAC- DEDC/ UNEB)


Inep disponibiliza cartões com os locais de prova do Enem; confira o seu


 

Os cartões de confirmação de inscrição do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2019 já estão disponíveis. Entre outras informações, os estudantes têm acesso ao local onde farão o exame neste ano. A informação é da Agência Brasil.

As provas serão aplicadas nos dias 3 e 10 de novembro. “A recomendação primeira é que o participante imprima o cartão de confirmação e, aqueles que precisam, imprimam a declaração de comparecimento e levem os dois para a aplicação do exame”, disse à Agência Brasil o diretor de Gestão e Planejamento do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), Murillo Gameiro.

Uma vez sabendo o local de aplicação, o diretor recomenda que os participantes façam o trajeto de casa até o lugar, para avaliar a duração do trajeto no dia da prova: “o participante deve conhecer o trajeto até o local de prova, considerando que no dia da prova vai ter um trânsito mais complicado, e haverá várias pessoas participando do Enem. É bom que o participante conheça o trajeto e saiba o tempo que vai gastar de casa até o local da prova.”

No dia do Enem, a dica é chegar no local com antecedência. Os portões abrirão às 12h, pelo horário oficial de Brasília, e serão fechados às 13h. O Cartão pode ser consultado na Página do Participante, na internet, ou pelo aplicativo do Enem, disponível para download nas plataformas Apple Store e Google Play. Para acessar o Cartão, o participante precisa informar a senha cadastrada na hora da inscrição no Enem 2019. O Inep divulgou um vídeo orientando aqueles que perderam a senha sobre como recuperá-la.

Os estudantes podem conferir, no Cartão, o número da sala onde farão o exame; a opção de língua estrangeira feita durante a inscrição; e o tipo de atendimento específico e especializado com recursos de acessibilidade, caso tenham sido solicitados e aprovados; entre outras informações.

Declaração de comparecimento

Segundo Gameiro, além do cartão, o Inep disponibiliza hoje a declaração de comparecimento do primeiro dia do exame, que deverá ser levada no dia 3 de novembro. A declaração do segundo dia estará disponível a partir do dia 4 de novembro e deverá ser usada no dia 10 de novembro. Essa declaração precisa ser impressa e levada para a prova, quando será assinada pelo coordenador de local de prova. “Dependendo do regime de trabalho, algumas pessoas têm plantão no final de semana e precisam de declaração para ter a falta abonada. São casos específicos”, diz. Essas pessoas, de acordo com o diretor, devem ficar atentas pois o Inep não irá fornecer o comprovante de presença após o dia da prova.

O Enem 2019 será realizado em 1.727 municípios brasileiros. Cerca de 5,1 milhões de estudantes estão inscritos no exame. Quem já concluiu o ensino médio ou vai concluir este ano pode usar as notas do Enem para se inscrever no Sistema de Seleção Unificada (Sisu), que oferece vagas em instituições públicas de ensino superior. Os estudantes podem ainda concorrer a bolsas de estudo pelo Programa Universidade para Todos (ProUni) e a financiamentos pelo Fundo de Financiamento Estudantil (Fies).

 


UNEB sedia Conferência Regional de Ciência, Tecnologia e Inovação em Senhor do Bonfim


 

A Conferência Regional de Ciência, Tecnologia e Inovação (CT&I) nos Macroterritórios de Identidade do Piemonte Norte Itapicuru, Bacia do Jacuípe e Piemonte Diamantina acontecerá no dia 31 de outubro, das 8h às 18h no auditório do Departamento de Educação (DEDC), Campus VII da UNEB em Senhor do Bonfim. A UNEB é parceira da Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti) do Governo da Bahia na realização das Conferências Macroterritoriais de CT&I.

O objetivo da Conferência é entender as demandas locais e propor estratégias de desenvolvimento do sistema de CT&I que servirão de base para a nova política estadual do setor, além de eleger os delegados para a IV Conferência Estadual de Ciência, Tecnologia e Inovação que acontecerá nos dias 05 e 06 de dezembro em Salvador, com o tema “Bahia: Sociedade 5.0”.

Antecedendo a IV Conferência Estadual, os municípios de Senhor do Bonfim, Feira de Santana, Ilhéus, Eunápolis, Vitória da Conquista, Seabra, Irecê, Barreiras, Juazeiro, Salvador e Serrinha, recebem as Conferências Regionais, a fim de eleger 20 delegados para cada macroterritório, através de grupos formados por quatro integrantes que ficarão responsáveis por apresentar as demandas de cada região, representando os seguimentos empresarial, Institutos de Ciência e Tecnologia (universidades, centros de pesquisa), poder público, sociedade civil organizada e entidades de representação setorial, como, por exemplo, FIEB, SEBRAE, IBAMETRO, dentre outros.

Atualmente, as tecnologias exercem grande influência no comportamento das pessoas e no plano econômico, político e social. Assim, o professor do DEDC VII, Ricardo Amorim expõe que “Temos que nos adaptar a um modelo de sociedade no qual a nossa capacidade criativa e a inovação tecnológica são muito importantes. Para isso, promover o setor de Ciência, Tecnologia e Inovação é fundamental na criação de novas centralidades e vetores de desenvolvimento”.

As inscrições para participação na Conferência Macroterritorial são gratuitas e podem ser feitas através do link: bit.ly/CTIBA2019INS. Para mais informações acesse o site: http://www.secti.ba.gov.br/.

Lorena Simas
Coordenadora do Núcleo de Assessoria de Comunicação (NAC- DEDC/ UNEB)
Com informações da Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti-BA)


Inscrições para isenção do pagamento da taxa no Processo Seletivo Vestibular 2020 da UNEB seguem até amanhã (16)


As inscrições para concessão de isenção do pagamento da taxa de inscrição no Processo Seletivo Vestibular 2020 da UNEB seguem até amanhã (16). Podem se inscrever candidatos oriundos da educação básica da rede pública de ensino do Estado da Bahia, servidores das universidades estaduais da Bahia (UEBAs); ou filho, cônjuge e dependente judicial de primeiro grau de servidor integrante do quadro de pessoal efetivo, ocupante de cargo de provimento temporário e contratado através do Regime de Direito Administrativo (REDA) da UNEB, UEFS, UESB ou UESC e ter concluído ou estar cursando o Ensino Médio.

Para solicitar a isenção, o candidato deverá acessar a página www.vestibular.uneb.br, preencher o formulário de inscrição, no qual deverá confirmar que deseja concorrer às vagas de isenção; e informar as notas de Português e Matemática nas séries integralmente cursadas no Ensino Médio ou equivalente.

Para mais informações, acesse o edital nº 092/2019 no site: http://www.selecao.uneb.br/editais2019/.

Lorena Simas
Coordenadora do Núcleo de Assessoria de Comunicação (NAC-DEDC/ UNEB)


Ciclos de Diálogos sobre Educação do Campo encerra encontros de formação


O projeto “Ciclos de Diálogos Interinstitucionais sobre Educação do Campo” realizou hoje (08), o encerramento dos encontros de formação. O projeto de extensão do Departamento de Educação (DEDC), Campus VII da UNEB realizou sete encontros de formação voltados a professores e gestores dos municípios que integram os Territórios Piemonte Norte do Itapicuru, Sisal, Piemonte da Chapada e Sertão do São Francisco.

O projeto ampliou e aprofundou a discussão sobre a demarcação da Educação do Campo como área de conhecimento indispensável à formação docente nos cursos de licenciatura, fortalecendo a Rede Pública de Ensino. E apresentou diversas discussões como: agroecologia, economia solidária e desenvolvimento territorial; mulheres do Campo; diálogos entre práticas de saúde e a Educação do Campo; práticas educativas interdisciplinares; teorias da Educação do Campo; Base Nacional Comum Curricular (BNCC); Base Nacional Comum (BNC); as licenciaturas e a formação de professores; financiamento em educação, dentre outros.

A coordenadora de Educação do Campo da Secretaria de Educação do Estado da Bahia, Poliana Reis, ressaltou sobre a importância da discussão sobre a Educação do Campo “Discutir educação do campo é mais do que resistência e luta. Precisamos fortalecer as relações que devem existir entre governo, universidades e comunidades rurais, pois assim, avançaremos de fato na construção e implementação da política de educação do Campo, no sentido de reforçar o que já foi feito e garantir o que ainda não foi”.

Poliana destacou ainda que, “Os ciclos de diálogos tiveram uma repercussão muito grande, que ultrapassou os limites de Senhor do Bonfim e dos 16 municípios pensados inicialmente”.

Nesse sentido, o prefeito de Senhor do Bonfim, Carlos Brasileiro afirmou que, “Momentos como esse são muito importantes, pois promovem o fortalecimento do vínculo das pessoas com o Campo. Precisamos lutar por aquilo que acreditamos e defender nossas bandeiras”.

A diretora do DEDC VII, Suzzana Alice Lima, frisou que “Precisamos garantir o diálogo sobre Educação do Campo como espaço de resistência. Essa é uma das prioridades da minha gestão”.

Lorena Simas
Coordenadora do Núcleo de Assessoria de Comunicação (NAC-DEDC/ UNEB)


Alunos da rede estadual participam de semana de revisão para o Enem


A Secretaria da Educação do Estado iniciou, nesta segunda-feira (7), o último ciclo de revisão do ano do projeto Aulão Enem 100%, que prepara os alunos da rede estadual para as provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), marcadas para 3 e 10 de novembro. As aulas seguem até sexta-feira (11) e devem reunir cerca de 1,6 mil estudantes de 40 unidades escolares de Salvador e região metropolitana, no auditório da secretaria, com a participação de professores e convidados.
As atividades são transmitidas ao vivo, no Portal da Educação (www.educacao.ba.gov.br), nas redes sociais (@EducacaoBahia) e no canal da secretaria no YouTube (/todospelaescola). “Todo o material está disponível no portal. Os alunos podem entrar e ver as aulas, assim como baixar as apostilas e responder aos exercícios. Nosso objetivo é oferecer esse serviço ao maior número possível de jovens, para que eles possam melhorar ter o melhor resultado possível nas provas”, explica a superintendente de Políticas para a Educação Básica, Manuelita Brito.
Em busca do sonho de cursar engenharia elétrica, o estudante Vitor dos Santos está aproveitando o aulão para revisar os assuntos. “Para quem vai fazer as provas, essas aulas são ótimas e têm uma importância grande no resultado que vamos ter. O projeto ajuda a manter o conteúdo fresco na cabeça, mas funciona também para nos deixar mais relaxados. Geralmente, nesse momento, a gente sente muita ansiedade, pois a prova está bem próxima. Por isso, antes da aula, há uma apresentação musical, que tem um efeito muito bom para aliviar o estresse”, afirma Vitor.
Programação
Nesta segunda-feira (7), estão sendo realizadas revisões de filosofia, história e física. Na terça (8), será a vez de matemática, redação, inglês e geografia; na quarta (9), língua portuguesa, geografia, química e matemática. Na quinta (10), os alunos irão contar com aulas de sociologia, redação, língua portuguesa e biologia. Na sexta (11), o aulão será encerrado com revisões de física, história, redação, matemática e biologia.
Além dos conteúdos para o exame nacional, o Aulão Enem 100% aborda conteúdos relativos às provas do Sistema de Avaliação da Educação Básica (Sabe), que serão aplicadas entre 14 e 25 de outubro.
Redijaê
Com os objetivos de orientar, mobilizar e fomentar a participação dos estudantes que estão concluindo o Ensino Médio, o Enem 100% envolve, além dos aulões, o Redijaê, ação voltada ao fortalecimento da produção textual por meio da Sala de Aula Virtual (Google Classroom), com foco na melhoria da proficiência escrita dos estudantes.
Os temas sugeridos nas redações do Redijaê deste ano são: ‘Direitos e deveres do cidadão no Brasil contemporâneo’; ‘O mundo do trabalho e as perspectivas de futuro’; e ‘Imigrações e a crise dos refugiados’.

Fotos: Claudionor Jr./Secretaria da Educação


UNEB realiza último seminário do projeto “Ciclos de Diálogos Interinstitucionais sobre Educação do Campo” nesta terça-feira (08)


Palestras, participação de gestores municipais, avaliação dos municípios, exposição do percurso formativo do projeto Ciclos de Diálogos e apresentação de cena teatral farão parte do Seminário de encerramento do projeto de extensão “Ciclos de Diálogos Interinstitucionais sobre Educação do Campo” do Departamento de Educação (DEDC), Campus VII da UNEB. O Seminário acontecerá nesta terça-feira (08), a partir das 8h, no auditório do DEDC VII da UNEB.

O projeto Ciclos de Diálogos realizou sete encontros de formação com o objetivo de dialogar, ampliar e aprofundar a discussão sobre a demarcação da educação do campo como área de conhecimento indispensável à formação docente nos cursos de licenciatura e o fortalecimento territorial da Rede Pública de Ensino dos municípios que integram os Territórios Piemonte Norte do Itapicuru, Sisal, Piemonte da Chapada e Sertão do São Francisco.


Confira a programação completa:

8h- Credenciamento
Café acolhedor
8h30- Mística
9h- Mesa de Abertura
Os Ciclos de Diálogos Interinstitucionais sobre Educação do Campo e o percurso da Educação do Campo na UNEB e na Bahia – apontamentos
– Profª. Ivânia Freitas (UNEB/Campus VII)
– Profª.  Rosana Chaves (CAECDT/UNEB)
– Poliana Reis (Coordenação de Educação do Campo- SEC/BA)
9h40- Mesa
Financiamento em educação e responsabilidade constitucional dos municípios: o que se desenha no horizonte?
– Ronaldo Nascimento de Sant´Anna (Conselheiro do Tribunal de Contas dos Municípios da Bahia (TCM-BA))
– Profª. Gelcivânia Mota Silva (UNEB/ Campus XI)
– Mediação: Profª. Maria Elizabeth Souza Gonçalves (UNEB/ Campus VII)
11h- Mesa de pronunciamento dos gestores municipais– diálogo com mesa 1.
12h30- Almoço
14h30- Apresentação do percurso formativo do Projeto Ciclos de Diálogos: resumos expandidos
15h30- Avaliação dos municípios
18h00- Mística Final – Cena Canudos: Memórias de Maria Domingas – Melissa Bonfim.

Lorena Simas
Coordenadora do Núcleo de Assessoria de Comunicação (NAC-DEDC/UNEB)


Deputado quer obrigar professores do RJ a fazerem teste de uso de drogas a cada 3 meses


Um deputado estadual do PSL quer obrigar todo professor do estado do Rio a testar uso de drogas a cada 90 dias. Alexandre Knoploch protocolou o projeto de lei na última quarta-feira. O texto prevê docentes da rede pública e privada deverão passar por exame toxicológico “específico para substâncias psicoativas ilícitas que causem dependência ou, comprovadamente, comprometam a capacidade intelectual e de raciocínio”. Opositores consideram o texto inconstitucional. O projeto de lei ainda define que a Secretaria de Estado de Educação deverá concentrar o resultado dos exames, os tornando públicos para consulta em seu site oficial. Além disso, “os docentes cujo os exames apontarem o uso de entorpecentes e substâncias psicoativas ficarão impedidos de lecionar até a realização de próximo exame que ateste a ausência destas mesmas substâncias”. Os professores afastados na rede pública teriam os salários descontados. “O docente da rede pública de ensino que possuir quatro exames toxicológicos que apontem o uso de substâncias psicoativas ilícitas será exonerado”, propõe o texto. Para se tornar lei, o projeto ainda precisa passar pelas comissões da Alerj, ser aprovado pelos deputados e depois sancionado pelo governador. (EXTRA)