SENHOR DO BONFIM TEM MAIS 500 PESSOAS INFECTADAS COM HIV

Entrevista na manhã desta Quinta-feira, dia 28, no Jornal Canal Aberto da Rádio Caraíba, a coordenadora e enfermeira Márcia Evangelista assistente Social do Centro de Referência em Saúde Sexual e Hepatites Virais, informaram que o Município de Senhor do Bonfim, conta na atualidade com 515 pessoas infectados com o vírus do HIV. Esse número refere-se … Leia Mais






Inaugurada 14ª Policlínica Regional de Saúde em Senhor do Bonfim


A décima quarta Policlínica Regional de Saúde foi entregue à população pelo governador Rui Costa, nesta segunda-feira (11), em Senhor do Bonfim, no norte do estado. Com um investimento de R$ 23 milhões, a unidade dará assistência a 11 municípios da região que formam o Consórcio Interfederativo de Saúde: Andorinha, Antônio Gonçalves, Campo Formoso, Cansanção, Filadélfia, Itiúba, Jaguarari, Nordestina, Ponto Novo, Queimadas e Senhor do Bonfim.
“Esta é mais uma unidade de saúde na Bahia planejada e construída num modelo integrado. O Governo do Estado construiu a policlínica e o custeio com a manutenção será dividido entre o Estado e as cidades que fazem parte do consórcio, sendo que cada município pagará de forma proporcional a sua população”, explicou o governador.
A Policlínica de Senhor do Bonfim já começa a funcionar a partir desta terça-feira (12), oferecendo atendimento gratuito para cerca de 350 mil moradores da região. A unidade conta com uma equipe formada por 67 profissionais, incluindo médicos, enfermeiros, psicólogo, farmacêutico, nutricionista, ouvidor, assessores técnicos, assistente social, técnicos em enfermagem, técnicos em radiologia e assistentes administrativos. Ônibus equipados com ar condicionado e internet wi-fi realizarão o transporte dos pacientes que moram nos municípios vizinhos.
A unidade oferece consultas em especialidades como angiologia, cardiologia, endocrinologia, gastrenterologia, neurologia, ortopedia, oftalmologia, otorrinolaringologia, ginecologia/obstetrícia, mastologia e urologia. Também serão realizados exames como ressonância magnética (com e sem contraste), tomografia (com e sem contraste), mamografia, ultrassonografia com doppler, ecocardiografia, ergometria, mapa, holter, eletroencefalograma, raio-X, eletrocardiograma, endoscopia, colonoscopia, nasolaringoscopia, colposcopia, histeroscopia, cistoscopia, entre outros, ligados às especialidades de oftalmologia.
Na ocasião, o governador recebeu o título de Cidadão Bonfinense, entregue pela Câmara Municipal e entregou nove ambulâncias e um aparelho de ultrassom para municípios da região, totalizando um investimento de R$ 960 mil.
Policlínicas Regionais

Treze Policlínicas Regionais de Saúde já estão em funcionamento na Bahia. As unidades oferecem atendimentos a cidadãos das regiões de Guanambi, Jequié, Irecê, Alagoinhas, Feira de Santana, Valença, Santo Antônio de Jesus, Teixeira de Freitas, Paulo Afonso, Juazeiro, Vitória da Conquista e Jacobina e Itabuna. Ao todo, mais de sete milhões de baianos, em 279 municípios, já são contemplados pelas unidades. Além das que já estão em funcionamento e da entrega em Senhor do Bonfim, outras cinco policlínicas estão em construção nos municípios de Salvador (duas unidades), Barreiras, São Francisco do Conde e Simões Filho.

Infraestrutura

Ainda em Senhor do Bonfim, o governador autorizou a Secretaria de Infraestrutura (Seinfra) a publicar o edital de licitação para a construção do Aerodrómo de Senhor do Bonfim, que contempla a construção da pista de pouso e decolagem, taxiway e pátio de estacionamento de aeronaves. Com investimento de mais de R$ 19 milhões, a obra terá uma configuração e infraestrutura básica, capaz de atender a operação de aeronaves típicas da aviação geral regional em atividade no país.

Rui também inaugurou obras de pavimentação na BA-131, na rotatória e no trecho que dá acesso à Policlínica. Também foram inaugurados quatro quilômetros de pavimentação com capa selante no trecho que dá acesso à BR-407, no povoado de Umburanas. Um investimento de R$ 2,3 milhões.

Outras ações
Rui Costa ainda autorizou um convênio no Âmbito do Projeto Pró-Semiárido com a Central das Associações da Agricultura Familiar do Território do Piemonte Norte do Itapicuru (CAAFTIPNI), para implantação do Empório da Agricultura Familiar, e outros dois convênios no Âmbito do Projeto Bahia Produtiva com a Associações dos Camponeses e Camponesas do Projeto de Assentamento Jiboia.
Na área de abastecimento, foi autorizada a implantação de um Sistema de Abastecimento de Água para abastecer o povoado de Picada. As obras irão receber um investimento de R$ 287 mil.
Também na oportunidade, o governador anunciou a implantação do sinal de telefonia celular da operadora Claro nas localidades de Tijuacu, Missão do Sahy e Quicé, através do Programa Fala Bahia.
Fotos: Paula Fróes/GOVBA

ITIÚBA (BA): Município está em risco de surto para doenças transmitidas pelo Aedes aegypti


O município de Itiúba continua em risco para surto para dengue, zika e chikungunya. É o que mostra o Levantamento Rápido de Índices de Infestação pelo mosquito Aedes aegypti, o LIRAa. Situação que se prolonga há três anos. Em abril deste ano, o índice registrado foi de 5,90%. A recomendação do Ministério da Saúde é apresentar índice abaixo de 1% para ser considerado em situação satisfatória.

Até o momento, a Secretaria de Saúde municipal já confirmou 43 casos de dengue. A maioria foi registrada no Bairro Alto, local onde trabalha a enfermeira a Tais Gonçalves de Sousa, de 36 anos. Neste ano, ela teve a doença pela segunda vez e relata o sofrimento pelo qual passou.

“Acordei de manhã para trabalhar com dor de cabeça e dores para movimentar os olhos. Trabalhei ‘normal’. Pela tarde, já voltei para casa com aquele mal-estar. Febre alta, dor de cabeça insuportável e não conseguia abrir os olhos. A segunda vez que peguei dengue foi mais forte que a primeira”, relatou a enfermeira

Segundo a secretária de Saúde do município, Reimi Yamazaki, o armazenamento inadequado de água é um dos maiores desafios para controlar a proliferação do mosquito. Para diminuir a incidência das doenças transmitidas pelo mosquito, a gestora destaca que os cuidados devem ser “constantes” e devem ser realizados em parceria entre o poder público e a população.

“Peço à população que toda semana verifique se há reservatórios de água nos quintais, nas vasilhas, em qualquer lugar que possa ser foco de larvas do mosquito da dengue. Porque esse combate não depende somente dos agentes de endemias, depende do cuidado de toda a população. Cada um fazendo a sua parte, com certeza a gente vai conseguir combater esse mosquito”, destaco Reimi

A condição do Itiúba reflete o cenário estadual. Em 2019, a Bahia registrou aumento no número de notificações das três doenças, segundo o gestor da coordenação de Doenças Transmitidas por Vetores da Vigilância Epidemiológica estadual, Gabriel Muricy Cunha.

“No estado da Bahia de forma similar ao que vem acontecendo no país, em diferentes unidades da federação, foi registrado, quando nós comparamos os dados deste ano com os dados de 2018, um aumento tanto para dengue, como para chikungunya e para zika. A maior monta desse incremento está relacionada às notificações por dengue. Nesse período de análise, há um aumento de 690,5% nas notificações de casos prováveis.”

Esse valor equivale a 60.847 casos suspeitos e confirmados em todo o estado.

Então, fique atento e proteja a sua família. Aqui vão algumas recomendações do Ministério da Saúde para a limpeza dos reservatórios de água. É importante mantê-los tampados. A limpeza deve ser periódica, com água, bucha e sabão. Ao acabar a água do reservatório, é necessário fazer uma nova lavagem nos recipientes e guardá-los de cabeça para baixo. Segundo o ministério, esse cuidado é essencial porque os ovos do mosquito podem viver mais de um ano no ambiente seco.

Para mais informações, acesse saude.gov.br/combateaedes.

Repórter Agência do Rádio/Nonato Noticias


Prefeitos comemoram chegada da Policlínica no norte do estado


O dia tradicional de feira no interior foi substituído neste sábado (9) por uma reunião de afinação dos últimos detalhes para inauguração da Policlínica Regional em Senhor do Bonfim. A unidade será entregue pelo governador Rui Costa na segunda-feira, dia 11, às 9h.

No encontro promovido pela Secretaria de Relações Institucionais (Serin), os prefeitos que compõem o Consórcio de Saúde do Piemonte Norte do Itapicuru falaram da satisfação com a chegada do equipamento que vai oferecer consultas com especialistas, exames e pequenos procedimentos cirúrgicos. “Pra nós é a realização de um grande sonho, a expectativa é muito grande para a inauguração da Policlínica que vai servir a todas as cidades da região”, comemorou o prefeito de Jaguarari, Éverton Rocha.

A reunião também serviu para que governo e prefeituras tratassem dos últimos detalhes institucionais e de operação da Policlínica, bem como da programação que deve ter a presença de um grande público. “Vamos realizar um grande evento festivo com participação de autoridades, lideranças e da população beneficiada como um março histórico que vai melhorar a qualidade da saúde público no norte do estado”, enalteceu Mary Cláudia, coordenadora de articulação social da Serin.

“Com a Policlínica vamos economizar significativamente com relação a transporte de pacientes e, principalmente, dar mais conforto e tranquilidade no atendimento da população”, frisou o presidente do Consórcio de Saúde e prefeito de Senhor do Bonfim, Carlos Brasileiro. Segundo dados da prefeitura de Andorinha, a redução dos custos com transporte chegará a 35% com o início do funcionamento da Policlínica.


Aviso de pauta: Rui inaugura policlínica regional em Senhor do Bonfim nesta segunda (11)


Nesta segunda-feira (11), às 10h, o governador Rui Costa vai inaugurar a Policlínica Regional em Senhor do Bonfim, que contou com investimentos de R$ 23 milhões para atender a um total de 11 municípios da região. Durante sua viagem à cidade do norte baiano, o governador ainda vai entregar obras de pavimentação de rodovias e lançar edital de licitação para a construção de um aeródromo. Também serão firmados convênios visando o fortalecimento da agricultura familiar.
Com a implantação da Policlínica Regional, além dos moradores de Senhor do Bonfim, serão beneficiados os habitantes dos municípios de Andorinha, Antônio Gonçalves, Campo Formoso, Cansanção, Filadélfia, Itiúba, Jaguarari, Ponto Novo, Nordestina e Queimadas. Esta será a décima quarta policlínica regional entregue pelo governador desde que deu início ao projeto de regionalização da assistência à saúde no estado.
Senhor do Bonfim se junta, agora, a Jequié, Guanambi, Teixeira de Freitas, Irecê, Santo Antonio de Jesus, Alagoinhas, Feira de Santana, Valença, Paulo Afonso, Vitória da Conquista, Juazeiro, Jacobina e Itabuna, que já são sedes de policlínicas em funcionamento, atendendo 6,8 milhões de baianos.

Em Senhor do Bonfim, Rui entrega 14ª policlínica regional na próxima segunda (11)


Senhor do Bonfim, no norte da Bahia, será a sede da mais nova Policlínica Regional a ser entregue pelo Governo do Estado. Na segunda-feira (11), o governador Rui Costa vai até a cidade para a inauguração do equipamento de saúde, onde foram investidos R$ 23 milhões e que vai atender também outros dez municípios da região: Andorinha, Antônio Gonçalves, Campo Formoso, Cansanção, Filadélfia, Itiúba, Jaguarari, Ponto Novo, Nordestina e Queimadas.
Esta será a décima quarta policlínica regional entregue pelo governador desde que deu início ao projeto de regionalização da assistência à saúde no estado. Senhor do Bonfim se junta a Jequié, Guanambi, Teixeira de Freitas, Irecê, Santo Antonio de Jesus, Alagoinhas, Feira de Santana, Valença, Paulo Afonso, Vitória da Conquista, Juazeiro, Jacobina e Itabuna, que já são sedes de policlínicas em funcionamento, atendendo 6,8 milhões de baianos.

Com obras e montagem de equipamentos perto da conclusão, as policlínicas de Simões Filho, na Região Metropolitana de Salvador (RMS), e de Barreiras, na oeste do estado, devem ser as próximas a serem inauguradas, ainda este ano. Outras três unidades estão em construção, sendo duas em Salvador e uma em São Francisco do Conde.


Comer um abacate por dia reduz o colesterol, diz estudo


Uma equipe de cientistas da Universidade Estatal da Pensilvânia, nos Estados Unidos, chegou a conclusão que, comer um abacate por dia é benéfico para a saúde, uma vez que a fruta pode ajudar a reduzir os níveis de colesterol ‘mau’.

Os especialistas reuniram 45 adultos com idades entre os 21 e os 70 anos e com excesso de peso ou obesidade. Durante a primeira semana de estudo, todos os participantes seguiram a dieta norte-americana típica, uma vez que os investigadores tinham como objetivo começar a investigação sobre uma base nutricional semelhante.

Após a primeira etapa, cada adulto seguiu três dietas sucessivas durante cinco semanas e em uma ordem aleatória: uma com uma com baixo teor de gordura e sem abacate, outra moderada em gordura e sem abacate e, finalmente, uma dieta moderada em gordura que envolvia também o consumo diário desta fruta.

No final do processo, os resultados revelaram que comer um abacate por dia estava associado a níveis mais baixos dos dois tipos de colesterol ‘mau’: a lipoproteína oxidada de baixa densidade (LDL) e as partículas pequenas e densas de LDL.


UNEB discute sobre saúde da população negra


 

Contos, lendas e muita informação fizeram parte do I Simpósio de Saúde da População Negra realizado ontem (30) pelo Departamento de Educação (DEDC), Campus VII da UNEB. O Simpósio contou com a participação de professoras e pesquisadoras que estudam sobre a população negra e defendem a bandeira contra o racismo.

No evento foi discutido sobre a Política Nacional de Saúde Integral da População Negra (PNSIPN), que apesar de estar posta desde 2009 pelo Ministério da Saúde, não acontece na prática nas Unidades Básicas de Saúde (UBS). A PNSIPN tem como objetivo promover a saúde integral da população negra, priorizando a redução das desigualdades étnico-raciais, o combate ao racismo e à discriminação nas instituições e nos serviços do SUS.

A professora do DEDC VII da UNEB, Carmélia Miranda, ressaltou que “Foram mais de 300 anos de escravidão, e até hoje, nós negros, ainda sofremos. Na saúde pública no Brasil, que sabemos que é sucateada, a maioria das pessoas que utilizam o SUS é a população negra, que é constantemente mal tratada. Por isso, o profissional de saúde, seja agente comunitário, enfermeiro, médico, etc. precisa se humanizar, entender e respeitar a cultura do outro”.

Nesse sentido, a professora da Universidade Estadual de Feira de Santana (UEFS), Edna Araújo, destacou que “Eventos como esse são importantes, pois precisamos falar sobre o racismo interpessoal e institucional. Assim, quando alguma instituição propõe um debate como esse, significa que vamos dar visibilidade ao problema que tem levado a morte de muitas pessoas. Precisamos desconstruir as desigualdades sociais, na qual algumas pessoas têm direito a vida, e outras não”.

Nessa perspectiva, a diretora do DEDC VII, Suzzana Alice Lima, frisou que é preciso que existam espaços como este simpósio para fortalecer as discussões acerca da população negra. “Trabalhos dessa natureza são extremamente importantes e nos representam enquanto instituição”, finalizou Suzzana.

Lorena Simas
Coordenadora do Núcleo de Assessoria de Comunicação (NAC-DEDC/ UNEB)


Sr do Bonfim: Insatisfeitos com o posicionamento de Carlos Brasileiro, prefeitos abandonam reunião do Consórcio da Saúde


Ingerência de Carlos Brasileiro, causa desconforto aos prefeitos da região e prenúncio de grave crise na Policlinica Regional, antes mesmo de sua inauguração.

A insatisfação de vários prefeitos da região, diante da maneira como a Policlinica Regional de Senhor do Bonfim, está sendo conduzida através do Consórcio da Saúde, presidido pelo prefeito Carlos Brasileiro, foi demonstrada ontem, durante reunião.

Para alguns gestores, Brasileiro, tem tradado a questão da Policlinica como um projeto pessoal, político, e não tem consultado os prefeitos em suas decisões.

Demonstrando a sua peculiar arrogância, o presidente do Consórcio, exigiu que os municípios consorciados, paguem por suas cotas de exames valores com débito em conta, proposta imediatamente rejeitada.

Três prefeitos abandonaram a reunião. Rose Menezes, de Campo Formoso, Louro Maia, de Filadélfia e Everton Rocha, de Jaguarari, eles não concordam com as maneiras de Carlos Brasileiro, que trata o assunto com apenas relevância política.

O prefeito de Ponto Novo, Tiago Venâncio, nem compareceu a reunião. O “rompimento” de vários municípios com o Consórcio, está praticamente sacramentado.

Restou evidenciado que Carlos Brasileiro, estaria usando a Policlinica, apenas para se promover politicamente e estaria usando os prefeitos para benefícios próprios.

Fonte: Blog do Walterley


SR DO BONFIM: UPA 24 HORAS FECHA PARA ALMOÇO E CRIANÇA DE 7 ANOS FICA SEM RECEBER ATENDIMENTO


Era para ser 24 horas por dia para atender as necessidades da população, só que essa máxima não é levada a sério em Senhor do Bonfim, na UPA que fecha as suas portas na hora de almoço.

Adoecer nesse horário, significa ficar sem atendimento médico, e o pior, podendo ter o quadro de saúde totalmente comprometido.

A triste realidade foi constatada nessa segunda-feira,28, quando um pai, resolvou levar a sua filha de 7 anos, para receber atendimento.

Desidratada e vomitando constantemente, a criança necessitaria de atendimento. Para surpresa dos pais, a UPA estava fechada para almoço e que segundo relata o pai da garotinha, o atendimento somente seria reromado a partir das 14 hs.

Revoltado e sem entender tal descaso, a criança foi encaminhada pela propria família a um hospital particular na cidade.

Procurado para falar sobre essa situação, o secretário de Saúde, José Antônio, ainda não se manifestou oficialmente.

Confira o vídeo:

Fonte: Blog do Walterley Kuhim


Estado intensifica ações de combate à sífilis e sífilis congênita


A Bahia registrou entre 2015 e 2019 mais de 34 mil novos casos de sífilis. Deste total, 43,18% correspondem a gestantes. Com o objetivo de reduzir esses números, as unidades da Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab) intensificaram as ações de combate à sífilis e sífilis congênita (transmitida da mãe para o bebê) neste sábado (26), dia D da campanha nacional.
De acordo com a subsecretária da Saúde do Estado, Tereza Paim, a sífilis é uma Infecção Sexualmente Transmissível (IST) curável e exclusiva do ser humano, causada pela bactéria Treponema pallidum. “As unidades estaduais estão realizando rodas de conversa, distribuição de preservativos, além de testes rápidos, aconselhamento e, caso necessário, o início imediato do tratamento”, afirma a subsecretária, ao pontuar ainda que as gestantes são um público de extremo interesse devido a possibilidade de passarem para o feto.
Dezessete unidades da rede estadual materno-infantil participaram da mobilização, com ações de conscientização, prevenção e tratamento da sífilis. São elas: Maternidade Albert Sabin (MAS), Maternidade Tsylla Balbino (MTB), Iperba, Centro de Parto Humanizado João Batista Caribé, Hospital Geral Roberto Santos (HGRS), Hospital Geral Menandro de Faria (HGMF), Hospital Geral de Ipiaú, Hospital Geral de Camaçar (HGC)i, Hospital Geral de Guanambi, Hospital Estadual da Criança (HEC), Maternidade de Referência Professor José Maria De Magalhães Neto, Hospital Eurídice de Santana, Hospital Geral de Itaparica, Hospital Deputado Luís Eduardo Magalhães, Hospital Regional Deputado Luís Eduardo Magalhães, Hospital Regional Dr. Mario Dourado Sobrinho e Hospital do Oeste (HO).
Sífilis congênita

A sífilis congênita é transmitida para a criança durante a gestação. Por isso, é importante a realização do teste para detecção durante o pré-natal. Foram registrados entre 2015 e 2019 mais de 5.500 diagnósticos positivos em menores de um ano na Bahia.