Bahia tem 673 confirmações da Covid-19

A Bahia registra 673 casos confirmados do novo coronavírus (Covid-19). Até o momento, 4.917 casos foram descartados e houve 21 óbitos, sendo 11 do município de Salvador e dez nos municípios de Lauro de Freitas (2), Gongogi (1), Itapetinga (1), Utinga (1) e Adustina (1), Araci (1), Itagibá (1), Uruçuca (1) e Ilhéus (1). Este … Leia Mais


Capim Grosso registra primeiro caso confirmado de coronavírus

A cidade de Capim Grosso, na região de Jacobina, Norte do Estado, registrou o primeiro caso confirmado de coronavírus na cidade. A informação foi divulgada nesta sábado (11) pelo Núcleo Regional de Saúde Centro Norte. Até então, a cidade não tinha casos confirmados da doença. O executivo municipal vem promovendo ações para tentar conter o … Leia Mais


Bahia registra 640 casos de Covid-19 e 146 pessoas curadas

A Bahia registra 640 casos confirmados do novo coronavírus (Covid-19), o que representa 6,82% do total de casos notificados. Até o momento, 3.405 casos foram descartados e houve 21 óbitos, sendo 11 do município de Salvador e dez nos municípios de Lauro de Freitas (2), Gongogi (1), Itapetinga (1), Utinga (1) e Adustina (1), Araci … Leia Mais



Prefeito de Cansanção anuncia primeiro caso positivo da Covid-19


O prefeito de Cansanção, município do território do sisal, Paulo Henrique Passos, popularmente conhecido por Paulinho, através das redes sociais anunciou na tarde desta sexta-feira, 10, o primeiro caso confirmado da Covid-19.
Segundo o gestor, a vítima é uma mulher que está a quase um mês em Salvador fazendo outro tratamento de saúde e não descarta que ela tenha contraído a doença na capital, pois, só apresentou os sintomas do Coronavírus na última semana.
O prefeito afirmou ainda que uma irmã da mulher que testou positivo para Covid-19 e que estava como acompanhante chegou  em Cansanção na quinta-feira, 09, e a equipe de vigilância epidemiológica já está monitorando após o procedimento do isolamento social.
Agora, já são quatro municípios dos 20 que compõem o território do sisal com casos confirmados da Covid-19, que começou por São Domingos, cujo paciente já está curado, Conceição do Coité com três casos, mas que o primeiro foi uma coiteense que reside em Camaçari, mas que entrou para a estatistifica da cidade do polo, e outras duas pessoas da mesma família que tiveram contato com ela. Ambas passam bem e não apresentaram sintomas. Serrinha também registrou três casos, todos essa semana.
Em nível de estado a Secretaria de Saúde – SESAB anunciou 616 casos confirmados, 20 mortos e 146 pessoas curadas.
Em nível de Brasil  nesta sexta-feira passou de um mil mortos e tem quase 20 mil pessoas infectadas.
Fonte: Calila Noticias

Bahia registra o 21º óbito por Covid-19


A Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab) informa que registrou, neste sábado (11), o 21º óbito pelo novo coronavírus (Covid-19) no estado.  O paciente era um homem de 35 anos, residente no Rio de Janeiro. O caso foi notificado em Lauro de Freitas. O paciente estava internado em um hospital particular do município desde o último dia 26 de março e veio a óbito hoje (11), às 6h45.


Bahia tem 635 confirmações da Covid-19


A Bahia registra 635 casos confirmados do novo coronavírus (Covid-19). Até o momento, 3.405 casos foram descartados e houve 21 óbitos, sendo 11 do município de Salvador e dez nos municípios de Lauro de Freitas (2), Gongogi (1), Itapetinga (1), Utinga (1) e Adustina (1), Araci (1), Itagibá (1), Uruçuca (1) e Ilhéus (1). Dos casos confirmados, 66 são profissionais de saúde, sendo 17 médicos.

Este número contabiliza todos os registros de janeiro até as 12 horas deste sábado (11). Ao todo, 146 pessoas estão recuperadas e 60 encontram-se internadas, sendo 29 em UTI. Estes dados representam notificações oficiais compiladas pelo Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde da Bahia (Cievs-BA), em conjunto com os Cievs municipais.

Um novo boletim com a descrição detalhada do local de ocorrência dos casos será publicado a partir das 17h de hoje.


Bahia registra 616 casos de Covid-19 e 146 pessoas curadas


A Bahia registra 616 casos confirmados do novo coronavírus (Covid-19), o que representa 6,58% do total de casos notificados. Até o momento, 3.404 casos foram descartados e houve 19 óbitos, sendo 11 do município de Salvador e oito nos municípios de Lauro de Freitas (1), Itapetinga (1), Utinga (1) e Adustina (1), Araci (1), Itagibá (1), Uruçuca (1) e Ilhéus (1).

Este número contabiliza todos os registros de janeiro até as 17 horas desta sexta-feira (10). Ao todo, 146 pessoas estão recuperadas e 25 encontram-se internadas, sendo 11 em UTI. Estes dados representam notificações oficiais compiladas pelo Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde da Bahia (Cievs-BA), em conjunto com os Cievs municipais.

Os casos confirmados estão distribuídos em 67 municípios do estado, com maior proporção em Salvador (55,36%). Quanto ao sexo dos casos confirmados, 327 (53,08%) são do sexo feminino. A mediana de idade é 39 anos, variando de 4 dias a 96 anos. A faixa etária mais acometida foi a de 30 a 39 anos, representando
28,9% do total. Porém, o coeficiente de incidência por 100 mil habitantes foi maior na faixa de 50 a 59 anos (8,05/100.000 hab), indicando o maior risco de adoecer entre essa faixa etária.

Ressaltamos que os números são dinâmicos e, na medida em que as investigações clínicas e epidemiológicas avançam, os casos são reavaliados, sendo passíveis de reenquadramento na sua classificação. Outras informações em saude.ba.gov.br/coronavirus.

Para acessar o boletim completo, com a lista de municípios com casos confirmados, clique aqui.

As unidades de saúde devem realizar a coleta de amostras somente quando o caso suspeito de Covid-19 se enquadrar nos critérios abaixo:

1. Pacientes com sinais de gravidade, Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) ou internados;
2. Pacientes sem sinais de gravidade contactantes de caso de COVID-19 suspeito ou confirmado, ou com histórico de viagem recente ao exterior em países com circulação do SARS-CoV2, e regiões do país com transmissão comunitária sustentada;;
3. Profissionais de saúde com sintomas respiratórios suspeitos de COVID-19;
4. Gestantes com sintomas respiratórios suspeitos de COVID-19;
5. Pessoas com febre, suspeitas de infecção, triadas nos Aeroportos, Portos e nas Estradas.

Observação: pacientes que não se enquadrem nas situações acima não têm indicação para coleta de amostras.


Bahia registra 568 casos de Covid-19 e 146 pessoas curadas


A Bahia registra 568 casos confirmados do novo coronavírus (Covid-19), o que representa 5,54% do total de casos notificados. Até o momento, 3.404 casos foram descartados e houve 19 óbitos, sendo 11 no município de Salvador e oito nos municípios de Lauro de Freitas (1), Itapetinga (1), Utinga (1) e Adustina (1), Araci (1), Itagibá (1), Uruçuca (1) e Ilhéus (1).

Este número contabiliza todos os registros de janeiro até as 17 horas desta quinta-feira (9). Ao todo, 146 pessoas estão recuperadas e 51 encontram-se internadas, sendo 26 em UTI. Estes dados representam notificações oficiais compiladas pelo Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde da Bahia (Cievs-BA), em conjunto com os Cievs municipais.

Os casos confirmados estão distribuídos em 63 municípios do estado, com maior proporção em Salvador (54,93%). A mediana de idade é 39 anos, variando de 4 dias a 96 anos. A faixa etária mais acometida foi a de 30 a 39 anos, representando 27,99% do total. Porém, o coeficiente de incidência por 100 mil habitantes foi maior na faixa de 50 a 59 anos (7,34/100.000 hab) , indicando o maior risco de adoecer entre essa faixa etária

Ressaltamos que os números são dinâmicos e, na medida em que as investigações clínicas e epidemiológicas avançam, os casos são reavaliados, sendo passíveis de reenquadramento na sua classificação. Outras informações em saude.ba.gov.br/coronavirus.

Para acessar o boletim completo, com a lista de municípios com casos confirmados, clique aqui.

As unidades de saúde devem realizar a coleta de amostras somente quando o caso suspeito de Covid-19 se enquadrar nos critérios abaixo:

1. Pacientes com sinais de gravidade, Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) ou internados;
2. Pacientes sem sinais de gravidade contactantes de caso de COVID-19 suspeito ou confirmado, ou com histórico de viagem recente ao exterior em países com circulação do SARS-CoV2, e regiões do país com transmissão comunitária sustentada;;
3. Profissionais de saúde com sintomas respiratórios suspeitos de COVID-19;
4. Gestantes com sintomas respiratórios suspeitos de COVID-19;
5. Pessoas com febre, suspeitas de infecção, triadas nos Aeroportos, Portos e nas Estradas.

Observação: pacientes que não se enquadrem nas situações acima não têm indicação para coleta de amostras.


Rui Costa anuncia aplicativo para monitorar Coronavírus


O governador Rui Costa utilizou as redes sociais para anunciar, na manhã desta quinta-feira (9), o aplicativo “Monitora”, que possibilitará o registro de informações de pessoas com suspeita da Covid-19, viabilizando o atendimento remoto, monitoramento e acompanhamento dos cidadãos. O app já está disponível gratuitamente na plataforma android, sendo, posteriormente, disponibilizado para iOS. Para localizá-lo, é preciso fazer a busca digitando “monitoracorona”, com as duas palavras juntas, e fazer a seleção do aplicativo “Monitora Covid-19”, de cor azul, de autoria do “Governo da Bahia”, ou acessar diretamente este link: https://bit.ly/2UYHR9L.
Na live, transmitida em seus perfis oficiais no Facebook e Instagram, Rui pediu que todos baixem a ferramenta e ressaltou a importância de permitir que o aplicativo tenha acesso à localização dos usuários. “Vamos monitorar, em toda a Bahia e os outros estados do Nordeste vão fazer o mesmo, onde estão os casos suspeitos e quem apresenta sintomas. Além disso, vamos tirar as dúvidas das pessoas sobre a doença e as medidas tomadas pelo governo para combater o novo coronavírus. Nós queremos georeferenciar os casos na Bahia e em Salvador. Saber em que bairro ou em que cidade estão aparecendo mais casos, de modo a ter uma demonstração visual da realidade da doença em todo o território estadual”, explicou o governador.
Por meio do aplicativo, desenvolvido pelas secretarias de Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti) e Saúde (Sesab), em parceria com a FESF-SUS, o internauta poderá acessar informação, segura e de qualidade, e ter o acompanhamento do seu estado de saúde. Além disso, serão solicitadas informações sobre a sua saúde e, caso seja identificado o risco, um médico entrará em contato em até 24 horas, pelo celular, orientando as medidas para o autocuidado, que devem ser adotadas no próprio domicílio, evitando que o paciente se dirija a uma unidade de saúde e se exponha sem que haja a real necessidade. Caso seja indicado, o médico informará qual o serviço de referência mais próximo.
O app foi programado para dar orientações e cuidados imediatos. O cidadão passará a ser monitorado em casa pelo aplicativo.  O acesso à tecnologia é realizado por meio de um cadastro simples (nome, CPF, nome da mãe e número do cartão SUS). O App possibilitará, também, acesso rápido a informações sobre a Covid-19, orientações sobre o isolamento social, serviços de saúde próximos e o acompanhamento do estado de saúde do paciente, além de um “converse conosco”.
A secretária da Secti, Adélia Pinheiro, que é médica por formação, destaca a importância de serviços como o aplicativo. “Com o Monitora, avançamos na missão de atender o cidadão dentro da sua própria casa. Assim também é o Tele Coronavírus, que lançamos para atender qualquer pessoa que tenha dúvida sobre a Covid-19, gratuitamente, pelo número 155. Essas são ações preventivas que auxiliam a população no diagnóstico, indicando quais medidas tomar na hipótese do aparecimento de sintomas da doença”.
De acordo com o secretário de Saúde, Fábio Vilas Boas, o Governo do Estado tem trabalhado incansavelmente para proteger o bem mais precioso do cidadão, que é a vida. “Além da ampliação do número de leitos, aumentando a capacidade da nossa rede, da aquisição de equipamentos essenciais para o trabalho dos profissionais de saúde e de tantas outras ações, o Governo se preocupa em atender o cidadão de forma a evitar aglomerações. O ‘Monitora’ coloca o cidadão em contato direto com um profissional, o qual vai indicar se é necessário, naquele momento, procurar uma unidade de saúde”, ressalta.
Desenvolvedora do aplicativo através da FESF-tech, a Fundação Estatal Saúde da Família (FESF) é parte primordial nesse processo de auxílio ao cidadão. “A FESF é uma instituição, criada pelo SUS e para o SUS da Bahia, que tem como missão institucional produzir soluções inovadoras, que promovam qualidade e eficiência para o sistema da saúde. Ações como esta aproximam a FESF do cumprimento de seu papel social”, destacou o secretário executivo, José Santana.
 
Monitora

A tecnologia do app está articulada ao Registro Eletrônico de Saúde e possibilita à equipe de monitoramento e à gestão do SUS um painel de controle que permitirá visualizar o tempo de quarentena que cada paciente está seguindo, dentre outras informações que servirão de base para tomada de decisões em saúde pública e de atendimento.


Bahia registra 559 casos de Covid-19 e 146 pessoas curadas


A Bahia registra 559 casos confirmados do novo coronavírus (Covid-19). Deste total, 43 são profissionais de saúde. Até o momento, 3.404 casos foram descartados, 146 pessoas estão recuperadas e houve 19 óbitos, sendo 11 do município de Salvador e oito nos municípios de Lauro de Freitas (1), Itapetinga (1), Utinga (1) e Adustina (1), Araci (1), Itagibá (1), Uruçuca (1) e Ilhéus (1). Este número contabiliza todos os registros de janeiro até as 12 horas desta quinta-feira (9).

Ao todo, 51 pessoas encontram-se internadas, sendo 26 em UTI. Estes dados representam notificações oficiais compiladas pelo Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde da Bahia (Cievs-BA), em conjunto com os Cievs municipais.

Um novo boletim com a descrição detalhada do local de ocorrência dos casos será publicado às 17h de hoje.


Confirmado o primeiro caso de coronavírus em Euclides da Cunha


Euclides da Cunha, município localizado a 38 km de Monte Santo, confirmou o primeiro caso de contaminação por coronavírus (Covid-19) na tarde desta quarta-feira (08).

A prefeitura divulgou o Boletim e lamentou o primeiro caso confirmado: “Lamentavelmente, um primeiro paciente testou positivo para a Covid-19. Vamos redobrar a atenção e os cuidados” publicou a prefeitura nas redes sociais, a cidade ainda conta com 5 casos suspeitos, 3 Casos Descartados e um em Isolamento Domiciliar

De acordo com informações preliminares, a paciente seria uma enfermeira que teve contato com pessoas que vieram de São Paulo e está e isolamento domiciliar. Ainda não se sabe o estado de saúde dela.

O último boletim emitido no início da tarde de hoje pela Secretaria de Saúde da Bahia (Sesab), no estado são 497 casos com 16 mortes. Outras 128 pessoas estão curadas.

Fonte: MonteSanto.net e Prefeitura de Euclides da Cunha


Prefeitura de Filadélfia segue com as Barreiras Sanitárias contra o coronavírus nos acessos à cidade


O trabalho é realizado nas entradas da sede e também nas estradas vicinais.

O ponto de acesso para entrada e saída onde são feitas abordagens para verificar as condições epidemiológicas das pessoas que desejam entrar na cidade é o do Contorno, os demais são fechados.

São verificados sintomas como tosse, coriza ou dificuldade para respirar, checagem da temperatura com termômetro digital infravermelho.
E questionamentos quanto à movimentação, circulação e contatos nos últimos 14 dias.
Além disso está sendo realizada a pulverização dos carros.
#juntostemosforça
Prefeitura de Filadélfia no combate ao Coronavirus.

Fonte: filadelfia.ba.gov.br


Padre da Arquidiocede de Salvador é internado e diagnosticado com coronavírus


Um padre da Arquidiocede de Salvador foi diagnosticado com coronavírus. Bento Viana, 53 anos, está internado no Hospital São Rafael desde o dia 31 de março e seu estado de saúde é estável.

Em nota a Arquidiocese de Salvador, falou sobre o caso do padre.

confira a nota:

“Diante de perguntas que me têm sido feitas, sinto-me no dever de comunicar a todos que um sacerdote desta Arquidiocese testou positivo para a COVID- 9. Trata-se do Padre BENTO VIANA, de 53 anos, Vigário Paroquial da Paróquia Ascensão do Senhor e Capelão do Hospital São Rafael.

Padre Bento está em seu 9º dia de recuperação, não apresenta todos os sintomas característicos da doença (não tem falta de ar), e, isolado, está sendo acompanhado no próprio Hospital São Rafael.

Não se sabe ainda como o referido sacerdote adquiriu o coronavírus.

Peço as orações de todos por este sacerdote e pelos demais sacerdotes e profissionais da saúde que têm se dedicado ao acompanhamento dos enfermos.” (RADARDABAHIA)