Ponto Novo: Com 101 anos, D. Maria vence a Covid 19

No dia 16 de agosto de 2020, devido a pandemia do covid -19, a família Carneiro Araujo não fez a festa dos 101 anos da matriarca D. Maria, as comemorações ficaram por conta das redes sociais, tudo para preservar a saúde de todos e claro, principalmente de D. Maria. Mas ainda assim, uma restrita comemoração, … Leia Mais



Bahia registra 3.118 novos casos de Covid-19 nas últimas 24 horas

Na Bahia, nas últimas 24 horas, foram registrados 3.118 casos de Covid-19 (taxa de crescimento de +0,8%) e 2.902 recuperados (+0,8%). Dos 406.189 casos confirmados desde o início da pandemia, 386.676 já são considerados recuperados, 11.220 encontram-se ativos. A base de dados completa dos casos suspeitos, descartados, confirmados e óbitos relacionados ao coronavírus está disponível … Leia Mais




Bahia registra 1.652 novos casos de Covid-19 nas últimas 24 horas


Na Bahia, nas últimas 24 horas, foram registrados 1.652 casos de Covid-19 (taxa de crescimento de +0,4%) e 1.857 recuperados (+0,5%). Dos 403.071 casos confirmados desde o início da pandemia, 383.774 já são considerados recuperados, 11.029 encontram-se ativos. A base de dados completa dos casos suspeitos, descartados, confirmados e óbitos relacionados ao coronavírus está disponível em https://bi.saude.ba.gov.br/transparencia/.

Para fins estatísticos, a vigilância epidemiológica estadual considera um paciente recuperado após 14 dias do início dos sintomas da Covid-19. Já os casos ativos são resultado do seguinte cálculo: número de casos totais, menos os óbitos, menos os recuperados. Os cálculos são realizados de modo automático.

Os casos confirmados ocorreram em 417 municípios baianos, com maior proporção em Salvador (24,59%). Os municípios com os maiores coeficientes de incidência por 100.000 habitantes foram Ibirataia (9.319,49), Itabuna (6.916,70), Aiquara (6.905,08), Madre de Deus (6.826,91), Almadina (6.808,20).

boletim epidemiológico contabiliza ainda 800.887 casos descartados e 106.953 em investigação. Estes dados representam notificações oficiais compiladas pelo Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde da Bahia (Cievs-BA), em conjunto com os Cievs municipais e as bases de dados do Ministério da Saúde até as 17 horas desta segunda-feira (30).

Na Bahia, 31.881 profissionais da saúde foram confirmados para Covid-19. Para acessar o boletim completo, clique aqui ou acesse o Business Intelligence.

Óbitos
O boletim epidemiológico de hoje contabiliza 21 óbitos que ocorreram em diversas datas, conforme tabela abaixo. A existência de registros tardios e/ou acúmulo de casos deve-se a sobrecarga das equipes de investigação, pois há doenças de notificação compulsória para além da Covid-19. Outro motivo é o aprofundamento das investigações epidemiológicas por parte das vigilâncias municipais e estadual a fim de evitar distorções ou equívocos, como desconsiderar a causa do óbito um traumatismo craniano ou um câncer em estágio terminal, ainda que a pessoa esteja infectada pelo coronavírus.

O número total de óbitos por Covid-19 na Bahia desde o início da pandemia é de 8.268, representando uma letalidade de 2,05%. Dentre os óbitos, 56,40% ocorreram no sexo masculino e 43,60% no sexo feminino. Em relação ao quesito raça e cor, 54,68% corresponderam a parda, seguidos por branca com 18,21%, preta com 14,86%, amarela com 0,71%, indígena com 0,11% e não há informação em 11,42% dos óbitos. O percentual de casos com comorbidade foi de 71,67%, com maior percentual de doenças cardíacas e crônicas (73,93%).


Fábio Villas-Boas diz que sistema de saúde na Bahia está mais pressionado do que no início da pandemia


O secretário de Saúde da Bahia, Fábio Villas-Boas disse na manhã desta segunda (30) que o número de casos da Covid-19 cresceu em todo o estado e que o sistema de saúde está cada vez mais pressionado pela doença.

“Estamos com números que remontam ao início da pandemia. Essa elevação era previsível, estávamos enxergando diariamente uma flexibilização fora de controle em todo o país, com festas, carreatas”, disse sem citar diretamente, descumprimentos de normas sanitárias durante o período das Eleições.

Vilas-Boas disse que a taxa de ocupação nas UTIs e nos leitos clínicos tem aumentado tanto pela Covid-19, tanto por outros problemas de Saúde, pois a população voltou à vida normal e relaxou nos cuidados contra a doença “Estamos mais pressionados do que no começo do ano. Estamos vendo ainda a necessidade de UTI aumentando tanto pra Covid, quanto pra casos como doenças de infarto, AVC, acidentes, o que aumenta essa sobrecarga”, finalizou. (Radar da Bahia)


Bahia registra 1.919 novos casos de Covid-19 nas últimas 24 horas


Na Bahia, nas últimas 24 horas, foram registrados 1.919 casos de Covid-19 (taxa de crescimento de +0,5%) e 1.649 recuperados (+0,4%). Dos 394.300 casos confirmados desde o início da pandemia, 377.107 já são considerados recuperados, 8.986 encontram-se ativos. A base de dados completa dos casos suspeitos, descartados, confirmados e óbitos relacionados ao coronavírus está disponível em https://bi.saude.ba.gov.br/transparencia/.

Para fins estatísticos, a vigilância epidemiológica estadual considera um paciente recuperado após 14 dias do início dos sintomas da Covid-19. Já os casos ativos são resultado do seguinte cálculo: número de casos totais, menos os óbitos, menos os recuperados. Os cálculos são realizados de modo automático.

Os casos confirmados ocorreram em 417 municípios baianos, com maior proporção em Salvador (24,84%). Os municípios com os maiores coeficientes de incidência por 100.000 habitantes foram Ibirataia (9.195,40), Aiquara (6.882,59), Itabuna (6.848,23), Madre de Deus (6.826,91), Almadina (6.789,90).

boletim epidemiológico contabiliza ainda 794.454 casos descartados e 103.192 em investigação. Estes dados representam notificações oficiais compiladas pelo Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde da Bahia (Cievs-BA), em conjunto com os Cievs municipais e as bases de dados do Ministério da Saúde até as 17 horas desta sexta-feira (27).

Na Bahia, 31.301 profissionais da saúde foram confirmados para Covid-19. Para acessar o boletim completo, clique aqui ou acesse o Business Intelligence.

Óbitos

O boletim epidemiológico de hoje contabiliza 22 óbitos que ocorreram em diversas datas, conforme tabela abaixo. A existência de registros tardios e/ou acúmulo de casos deve-se a sobrecarga das equipes de investigação, pois há doenças de notificação compulsória para além da Covid-19. Outro motivo é o aprofundamento das investigações epidemiológicas por parte das vigilâncias municipais e estadual a fim de evitar distorções ou equívocos, como desconsiderar a causa do óbito um traumatismo craniano ou um câncer em estágio terminal, ainda que a pessoa esteja infectada pelo coronavírus.

O número total de óbitos por Covid-19 na Bahia desde o início da pandemia é de 8.207, representando uma letalidade de 2,08%. Dentre os óbitos, 56,37% ocorreram no sexo masculino e 43,63% no sexo feminino. Em relação ao quesito raça e cor, 54,62% corresponderam a parda, seguidos por branca com 18,22%, preta com 14,85%, amarela com 0,72%, indígena com 0,11% e não há informação em 11,48% dos óbitos. O percentual de casos com comorbidade foi de 71,71%, com maior percentual de doenças cardíacas e crônicas (74,05%).


Bahia registra 1.472 novos casos de Covid-19 nas últimas 24 horas


Na Bahia, nas últimas 24 horas, foram registrados 1.472 casos de Covid-19 (taxa de crescimento de +0,4%) e 1.529 recuperados (+0,4%). Dos 392.381 casos confirmados desde o início da pandemia, 375.458 já são considerados recuperados, 8.738 encontram-se ativos. A base de dados completa dos casos suspeitos, descartados, confirmados e óbitos relacionados ao coronavírus está disponível em https://bi.saude.ba.gov.br/transparencia/.

Para fins estatísticos, a vigilância epidemiológica estadual considera um paciente recuperado após 14 dias do início dos sintomas da Covid-19. Já os casos ativos são resultado do seguinte cálculo: número de casos totais, menos os óbitos, menos os recuperados. Os cálculos são realizados de modo automático.

Os casos confirmados ocorreram em 417 municípios baianos, com maior proporção em Salvador (24,90%). Os municípios com os maiores coeficientes de incidência por 100.000 habitantes foram Ibirataia (9.188,87), Aiquara (6.882,59), Itabuna (6.839,32), Madre de Deus (6.826,91), Almadina (6.771,60).

boletim epidemiológico contabiliza ainda 792.265 casos descartados e 103.098 em investigação. Estes dados representam notificações oficiais compiladas pelo Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde da Bahia (Cievs-BA), em conjunto com os Cievs municipais e as bases de dados do Ministério da Saúde até as 17 horas desta quinta-feira (26).

Na Bahia, 31.190 profissionais da saúde foram confirmados para Covid-19. Para acessar o boletim completo, clique aqui ou acesse o Business Intelligence.

Óbitos

O boletim epidemiológico de hoje contabiliza 20 óbitos que ocorreram em diversas datas, conforme tabela abaixo. A existência de registros tardios e/ou acúmulo de casos deve-se a sobrecarga das equipes de investigação, pois há doenças de notificação compulsória para além da Covid-19. Outro motivo é o aprofundamento das investigações epidemiológicas por parte das vigilâncias municipais e estadual a fim de evitar distorções ou equívocos, como desconsiderar a causa do óbito um traumatismo craniano ou um câncer em estágio terminal, ainda que a pessoa esteja infectada pelo coronavírus.

O número total de óbitos por Covid-19 na Bahia desde o início da pandemia é de 8.185, representando uma letalidade de 2,09%. Dentre os óbitos, 56,37% ocorreram no sexo masculino e 43,63% no sexo feminino. Em relação ao quesito raça e cor, 54,62% corresponderam a parda, seguidos por branca com 18,22%, preta com 14,82%, amarela com 0,72%, indígena com 0,11% e não há informação em 11,51% dos óbitos. O percentual de casos com comorbidade foi de 71,72%, com maior percentual de doenças cardíacas e crônicas (74,11%).


Filadélfia: Município detecta 07 novos casos de Covid-19, e mais 01 Óbito nesta quarta-feira (25).


A Secretaria Municipal de Saúde do Município de Filadélfia atualizou o Boletim Epidemiológico na noite desta quarta-feira (25), e os números foram acrescentados em 07 novos casos de covid-19, o boletim de hoje dia 25/11 são 618 casos, (sendo 268 detectado através do PCR e 350 através de testes rápidos). O número de recuperados em Filadélfia são de 571 pessoas, 32 estão em recuperação e  infelizmente mais um óbito foi acrescentado, no municípios que já  contabiliza 15 óbitos. No município 34 casos aguardam resultados dos exames para confirmação.
O boletim epidemiológico foi atualizado na quarta-feira as 20h, no site da Prefeitura Municipal.
Diga News


Bahia registra 3.123 novos casos de Covid-19 nas últimas 24 horas


Na Bahia, nas últimas 24 horas, foram registrados 3.123 casos de Covid-19 (taxa de crescimento de +0,8%) e 2.455 recuperados (+0,7%). Dos 390.909 casos confirmados desde o início da pandemia, 373.929 já são considerados recuperados, 8.815 encontram-se ativos. A base de dados completa dos casos suspeitos, descartados, confirmados e óbitos relacionados ao coronavírus está disponível em https://bi.saude.ba.gov.br/transparencia/.

Para fins estatísticos, a vigilância epidemiológica estadual considera um paciente recuperado após 14 dias do início dos sintomas da Covid-19. Já os casos ativos são resultado do seguinte cálculo: número de casos totais, menos os óbitos, menos os recuperados. Os cálculos são realizados de modo automático.

Os casos confirmados ocorreram em 417 municípios baianos, com maior proporção em Salvador (24,98%). Os municípios com os maiores coeficientes de incidência por 100.000 habitantes foram Ibirataia (9.175,81), Aiquara (6.882,59), Itabuna (6.829,00), Madre de Deus (6.817,43), Almadina (6.734,99).

boletim epidemiológico contabiliza ainda 790.624 casos descartados e 100.821 em investigação. Estes dados representam notificações oficiais compiladas pelo Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde da Bahia (Cievs-BA), em conjunto com os Cievs municipais e as bases de dados do Ministério da Saúde até as 17 horas desta quarta-feira (25).

Na Bahia, 31.112 profissionais da saúde foram confirmados para Covid-19. Para acessar o boletim completo, clique aqui ou acesse o Business Intelligence.

Óbitos
O boletim epidemiológico de hoje contabiliza 22 óbitos que ocorreram em diversas datas, conforme tabela abaixo. A existência de registros tardios e/ou acúmulo de casos deve-se a sobrecarga das equipes de investigação, pois há doenças de notificação compulsória para além da Covid-19. Outro motivo é o aprofundamento das investigações epidemiológicas por parte das vigilâncias municipais e estadual a fim de evitar distorções ou equívocos, como desconsiderar a causa do óbito um traumatismo craniano ou um câncer em estágio terminal, ainda que a pessoa esteja infectada pelo coronavírus.

O número total de óbitos por Covid-19 na Bahia desde o início da pandemia é de 8.165, representando uma letalidade de 2,09%. Dentre os óbitos, 56,36% ocorreram no sexo masculino e 43,64% no sexo feminino. Em relação ao quesito raça e cor, 54,64% corresponderam a parda, seguidos por branca com 18,20%, preta com 14,79%, amarela com 0,72%, indígena com 0,11% e não há informação em 11,54% dos óbitos. O percentual de casos com comorbidade foi de 71,72%, com maior percentual de doenças cardíacas e crônicas (74,20%).


Filadélfia: Município detecta 12 novos casos de Covid-19, nesta terça-feira (24).


A Secretaria Municipal de Saúde do Município de Filadélfia atualizou o Boletim Epidemiológico na noite desta terça-feira (24), e os números foram acrescentados em 12 novos casos de coronavírus, o boletim divulgado ontem dia 23/11 tinha 599 casos positivos já no boletim de hoje dia 24/11 são 611 casos, (sendo 261 detectado através do PCR e 350 através de testes rápidos). O número de recuperados em Filadélfia são de 568 pessoas, 29 estão em recuperação e  infelizmente já são 14 óbitos. No município 42 casos aguardam resultados dos exames para confirmação ou não.
O boletim epidemiológico foi atualizado na terça-feira as 20h, no site da Prefeitura Municipal.
Diga News


Bahia registra 1.465 novos casos de Covid-19 nas últimas 24 horas


Na Bahia, nas últimas 24 horas, foram registrados 1.465 casos de Covid-19 (taxa de crescimento de +0,4%) e 1.662 recuperados (+0,4%). Dos 387.786 casos confirmados desde o início da pandemia, 371.474 já são considerados recuperados e 8.169 encontram-se ativos. A base de dados completa dos casos suspeitos, descartados, confirmados e óbitos relacionados ao coronavírus está disponível em https://bi.saude.ba.gov.br/transparencia/.

Para fins estatísticos, a vigilância epidemiológica estadual considera um paciente recuperado após 14 dias do início dos sintomas da Covid-19. Já os casos ativos são resultado do seguinte cálculo: número de casos totais, menos os óbitos, menos os recuperados. Os cálculos são realizados de modo automático.

Os casos confirmados ocorreram em 417 municípios baianos, com maior proporção em Salvador (25,04%). Os municípios com os maiores coeficientes de incidência por 100.000 habitantes foram: Ibirataia (9.130,09), Aiquara (6.860,10), Itabuna (6.818,21), Madre de Deus (6.803,20), Almadina (6.716,69).

boletim epidemiológico contabiliza ainda 787.648 casos descartados e 98.394 em investigação. Estes dados representam notificações oficiais compiladas pelo Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde da Bahia (Cievs-BA), em conjunto com os Cievs municipais e as bases de dados do Ministério da Saúde até as 17 horas desta terça-feira (24).

Na Bahia, 30.885 profissionais da saúde foram confirmados para Covid-19. Para acessar o boletim completo, clique aqui ou acesse o Business Intelligence.

Óbitos
O boletim epidemiológico de hoje contabiliza 20 óbitos que ocorreram em diversas datas, conforme tabela abaixo. A existência de registros tardios e/ou acúmulo de casos deve-se a sobrecarga das equipes de investigação, pois há doenças de notificação compulsória para além da Covid-19. Outro motivo é o aprofundamento das investigações epidemiológicas por parte das vigilâncias municipais e estadual a fim de evitar distorções ou equívocos, como desconsiderar a causa do óbito um traumatismo craniano ou um câncer em estágio terminal, ainda que a pessoa esteja infectada pelo coronavírus.

O número total de óbitos por Covid-19 na Bahia desde o início da pandemia é de 8.143, representando uma letalidade de 2,10%. Dentre os óbitos, 56,32% ocorreram no sexo masculino e 43,68% no sexo feminino. Em relação ao quesito raça e cor, 54,61% corresponderam a parda, seguidos por branca com 18,20%, preta com 14,81%, amarela com 0,72%, indígena com 0,11% e não há informação em 11,54% dos óbitos. O percentual de casos com comorbidade foi de 71,72%, com maior percentual de doenças cardíacas e crônicas (74,25%).


Governo do Estado anuncia duplicação do Hospital Regional de Juazeiro


O Hospital Regional de Juazeiro (HRJ), no norte da Bahia, será duplicado com a construção de 144 novos leitos. O projeto já está pronto e a obra será licitada no início do ano. O anúncio foi feito pelo secretário da Saúde do Estado, Fábio Vilas-Boas, na manhã desta segunda-feira (23), após inspecionar a unidade, acompanhado do assessor corporativo das Obras Sociais Irmã Dulce (Osid), Sérgio Lopes, representando a nova gestora. Atualmente, a Osid já administra hospitais do Governo do Estado em Irecê, Barreiras e Santa Rita de Cássia.

“As obras de duplicação terão início em 2021 e, ao seu término, o hospital terá 270 leitos entre clínicos e de UTI, sendo um dos maiores da Bahia”, afirma o secretário, ao pontuar ainda que o Governo do Estado tem investido na ampliação e descentralização de estruturas e serviços de alta complexidade em todas as regiões, em especial nas áreas de cardiologia, neurocirurgia e oncologia.

Recentemente, o Governo do Estado inaugurou o Hospital do Câncer de Juazeiro, que é uma estrutura anexa ao HRJ e teve investimento superior a R$ 30 milhões entre obras e equipamentos. “Aqui oferecemos atendimento a pacientes com todos os tipos de câncer e em todas as fases da doença, desde o diagnóstico, passando pela cirurgia e o tratamento. Em breve estará disponível o primeiro serviço de radioterapia e braquiterapia do interior baiano”, ressalta Vilas-Boas.

O acelerador linear, equipamento utilizado no tratamento radioterápico, será instalado na unidade e tem capacidade para realizar 43 mil sessões de radioterapia por ano.

Nova gestão

Com a experiência de realizar 3,5 milhões de atendimentos ambulatoriais por ano apenas no Hospital Santo Antônio, em Salvador, bem como 38 mil internações nas unidades que administra na capital e no interior, a Osid assume a gestão do Hospital Regional de Juazeiro a partir desta segunda-feira (23).

“O nosso compromisso sempre foi a excelência na gestão, acolhimento e atendimento humanizado. No momento, nesta fase inicial, faremos o inventário dos equipamentos, estoques de insumos e medicamentos, bem como análise dos contratos vigentes”, destaca Sérgio Lopes.

Fonte: Ascom/Sesab


Bahia registra 1.418 novos casos de Covid-19 nas últimas 24 horas


Na Bahia, nas últimas 24 horas, foram registrados 1.418 casos de Covid-19 (taxa de crescimento de +0,4%) e 1.237 recuperados (+0,3%). Dos 386.321 casos confirmados desde o início da pandemia, 369.812 já são considerados recuperados e 8.386 encontram-se ativos. A base de dados completa dos casos suspeitos, descartados, confirmados e óbitos relacionados ao coronavírus está disponível em https://bi.saude.ba.gov.br/transparencia/.

Para fins estatísticos, a vigilância epidemiológica estadual considera um paciente recuperado após 14 dias do início dos sintomas da Covid-19. Já os casos ativos são resultado do seguinte cálculo: número de casos totais, menos os óbitos, menos os recuperados. Os cálculos são realizados de modo automático.

Os casos confirmados ocorreram em 417 municípios baianos, com maior proporção em Salvador (25,06%). Os municípios com os maiores coeficientes de incidência por 100.000 habitantes foram: Ibirataia (9.117,03), Aiquara (6.860,10), Itabuna (6.813,52), Madre de Deus (6.779,50), Almadina (6.698,39).

boletim epidemiológico contabiliza ainda 785.728 casos descartados e 95.744 em investigação. Estes dados representam notificações oficiais compiladas pelo Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde da Bahia (Cievs-BA), em conjunto com os Cievs municipais e as bases de dados do Ministério da Saúde até as 17 horas desta segunda-feira (23).

Na Bahia, 30.810 profissionais da saúde foram confirmados para Covid-19. Para acessar o boletim completo, clique aqui ou acesse o Business Intelligence.

Óbitos
O boletim epidemiológico de hoje contabiliza 21 óbitos que ocorreram em diversas datas, conforme tabela abaixo. A existência de registros tardios e/ou acúmulo de casos deve-se a sobrecarga das equipes de investigação, pois há doenças de notificação compulsória para além da Covid-19. Outro motivo é o aprofundamento das investigações epidemiológicas por parte das vigilâncias municipais e estadual a fim de evitar distorções ou equívocos, como desconsiderar a causa do óbito um traumatismo craniano ou um câncer em estágio terminal, ainda que a pessoa esteja infectada pelo coronavírus.

O número total de óbitos por Covid-19 na Bahia desde o início da pandemia é de 8.123, representando uma letalidade de 2,10%. Dentre os óbitos, 56,30% ocorreram no sexo masculino e 43,70% no sexo feminino. Em relação ao quesito raça e cor, 54,54% corresponderam a parda, seguidos por branca com 18,22%, preta com 14,85%, amarela com 0,73%, indígena com 0,11% e não há informação em 11,56% dos óbitos. O percentual de casos com comorbidade foi de 71,70%, com maior percentual de doenças cardíacas e crônicas (74,28%).