Brasil tem 3.904 casos e 111 mortes por covid-19


O secretário de Vigilância em Saúde, Wanderson Kleber de Oliveira, e o secretário-executivo do Ministério da Saúde, João Gabbardo dos Reis, divulgam dados atualizados sobre a situação do novo Coronavírus no país.

 

O Ministro da Saúde, Henrique Mandetta, informou neste sábado (28) que o Brasil tem 3.904 casos e 111 mortes por covid-19.

Acompanhe, ao vivo, a coletiva diária do Ministério da Saúde para atualizar os dados relacionados à infecção pelo novo coronavírus no Brasil:

Um mês de coronavírus no Brasil

Ao completar um mês da primeira detecção de covid-19 no país, o país registrava 77 mortes e 2.915. O primeiro caso foi registrado em 26 de fevereiro.

A perspectiva do Ministério da Saúde para o próximo mês é de que a epidemia aumente no Brasil, uma vez que o país está no início da curva de crescimento pela qual outras nações já estão passando, como Estados Unidos, Itália e Espanha.

Auxilio a pequenas e médias empresas

Ontem (27) o governo anunciou uma linha de crédito emergencial para ajudar pequenas e médias empresas a quitar a folha de pagamentos. O setor está entre os mais afetados pela crise gerada pela pandemia de covid-19. A estimativa é de liberação de R$ 40 bilhões.

A medida deve beneficiar 1,4 milhão de empresas, atingindo 12,2 milhões de trabalhadores. O crédito será destinado a empresas com faturamento anual entre R$ 360 mil a R$ 10 milhões e vai financiar dois meses da folha de pagamento, com volume de R$ 20 bilhões por mês.

Entrada de estrangeiros no país

Também na sexta-feira, o governo editou uma portaria para proibir temporariamente a entrada de estrangeiros de todas as nacionalidades que chegarem ao Brasil pelos aeroportos. A medida tem validade de 30 dias.

O fechamento da fronteira aérea foi feito a partir de recomendações técnicas da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e a regra não será aplicada no caso de brasileiros que retornem ao país, imigrantes que moram no Brasil, parentes diretos de brasileiros e estrangeiros que são membros de órgãos internacionais. A norma também libera a entrada de quem estiver em trânsito para outros países, desde que o passageiro fique somente na sala de trânsito dos aeroportos, além de tripulantes de empresas aéreas.

Fonte: Agência Brasil


Bahia registra mais 4 novos casos confirmados de coronavírus e sobe para 127 infectados


A Bahia registra 127 casos confirmados de coronavírus (Covid-19), o que representa 3,1% do total de casos notificados. Até o momento, 1380 casos foram descartados e não há óbitos. Este número contabiliza todos os registros de janeiro até as 17 horas deste sábado (28). Ao todo, 17 pessoas estão curadas e 14 encontram-se hospitalizadas.

Estes números representam notificações oficiais compiladas pelo Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde da Bahia (Cievs-BA) em conjunto com os Cievs municipais.

Dentre os casos confirmados, 58,3% são do sexo feminino e 41,7% do sexo masculino. A faixa etária mais acometida foi a de 30 a 39 anos, representando 25,98% do total. Porém, o coeficiente de incidência por 100.000 habitantes foi maior na faixa de 70 a 79 anos (2,37) seguida da faixa de 80 e mais (1,59), indicando o maior risco de adoecer entre os idosos.

Ressaltamos que os números são dinâmicos e na medida em que as investigações clínicas e epidemiológicas avançam, os casos são reavaliados, sendo passíveis de reenquadramento na sua classificação. Outras informações em www.saude.ba.gov.br/coronavirus.

Diagnóstico laboratorial de infecção pelo SARS-CoV-2

Pacientes com suspeita de COVID-19 devem ter amostras coletadas e enviadas para o Lacen-BA quando estiverem em um dos seguintes critérios abaixo-relacionados:
1. Pacientes com sinais de gravidade, Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) ou internados;
2. Pacientes sem sinais de gravidade contactantes de caso de COVID-19 suspeito ou confirmado, ou com histórico de viagem recente ao exterior em países com circulação do SARS-CoV2, e regiões do país com transmissão comunitária sustentada;;
3. Profissionais de saúde com sintomas respiratórios suspeitos de COVID-19;
4. Gestantes com sintomas respiratórios suspeitos de COVID-19;
5. Pessoas com febre, suspeitas de infecção, triadas nos Aeroportos, Portos e nas Estradas

Observação: pacientes que não se enquadrem nas situações acima não têm indicação para coleta de amostras.

Boletim Epidemiológico de Covid-19


MPT na Bahia doa R$ 5 milhões ao Governo do Estado para combate à pandemia do coronavírus


O Ministério Público do Trabalho (MPT) na Bahia se comprometeu com o Governo do Estado a destinar R$ 5 milhões para serem utilizados em ações de prevenção e de combate à pandemia do novo coronavírus.
Os recursos são de ação movida pelo órgão contra a Petrobras e estavam depositados em juízo para serem destinados à sociedade como forma de indenização por danos morais coletivos. O valor irá para o Governo da Bahia, que se comprometeu com o órgão a utilizar os recursos nas ações emergenciais e de apoio a trabalhadores desassistidos.
“Iniciativas como a do MPT devem servir de inspiração para outras representações jurídicas e civis preocupadas em contribuir com o Estado da Bahia no enfrentamento deste momento tão difícil.”, afirma o procurador-geral do Estado, Paulo Moreno Carvalho.
O MPT assumiu com o governador Rui Costa o compromisso, formalizado em documentos, para que o dinheiro seja empregado em ações que possam aliviar os impactos sociais da pandemia, além de custear ações emergenciais de saúde. O MPT irá acompanhar a aplicação dos recursos. Os entendimentos com o Estado para que o dinheiro seja imediatamente aplicado já estão avançados e, nos próximos dias, esse detalhamento será apresentado.
“Esse recurso está à disposição da sociedade para ajudar a amenizar os impactos sociais da crise da Covid-19 e, dessa forma, cumpre seu papel de voltar à sociedade. O MPT está totalmente voltado para garantir segurança jurídica a empregados e empregadores, respeito à legislação e vai continuar revertendo todos os recursos possíveis para auxiliar a população a superar essa crise”, destaca o procurador-chefe do MPT na Bahia, Luís Carneiro.
Ele informa que outros recursos de ações judiciais do MPT também estão sendo liberados para que a sociedade possa enfrentar da melhor forma possível esse momento de crise.
As doações
A Secretaria da Saúde do Estado (Sesab) publicou, no dia 24 de março, edital para recebimento de doações de pessoas físicas ou jurídicas que tenham interesse em doar bens e valores pecuniários para a Administração Pública Estadual. As doações visam à prevenção, controle e contenção de riscos, danos e agravos à saúde pública provocada pela pandemia da Doença Infecciosa Viral Covid-19, que resultou na declaração de Situação de Emergência em todo o território baiano.

Pode participar da Manifestação de Interesse qualquer pessoa física ou jurídica, nacional ou estrangeira, observando os termos do edital. As manifestações deverão ser apresentadas por meio eletrônico, através do e-mail [email protected], mediante o envio de documentos.


Plataforma de voluntariado cadastra pessoas e projetos para enfrentamento ao coronavírus


A plataforma digital ‘Bahia. Estado Voluntário’, lançada pelo Governo do Estado no segundo semestre de 2019 para conectar projetos e voluntários, está disponível para cadastrar instituições que precisem de apoio no enfrentamento ao novo coronavírus e pessoas que tenham disponibilidade em contribuir com sua comunidade através do trabalho voluntário.
Duas iniciativas destinadas à pandemia da Covid-19 já estão disponíveis no site www.estadovoluntario.ba.gov.br . O programa Corra pro Abraço, da Secretaria de Justiça, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social da Bahia (SJDHDS), iniciou uma campanha de arrecadação de itens de higiene pessoal para pessoas que estão em situação de rua – público prioritário do programa.
A Secretaria de Saúde do Estado (Sesab) também cadastrou na plataforma o “projeto de assistência à saúde de pacientes de coronavírus de baixa renda”, com 230 vagas para médicos, nutricionistas, estudantes de medicina, psicólogos, assistentes sociais graduados e estudantes, profissionais e estudantes de enfermagem, farmacêuticos, terapeutas ocupacionais, entre outros serviços.
Como funciona
Para participar, órgãos e entidades sem fins lucrativos e voluntários devem preencher cadastros específicos no site www.estadovoluntario.ba.gov.br . No caso das entidades, é necessário apontar itens como o CNPJ e a razão social. Já pessoas físicas que queiram realizar a atividade devem indicar os dias e horários disponíveis, além das áreas de atuação nas quais têm interesse em participar.
Ainda existe a possibilidade dos candidatos receberem convites para participar de projetos adequados ao seu perfil. Caso aceite, o candidato aguardará a aprovação do gestor do projeto, que também deve monitorar e avaliar o desempenho dos voluntários, a fim de validar o certificado de participação ao final do trabalho.
A plataforma ‘Bahia. Estado Voluntário’ foi desenvolvida pelas Secretarias de Justiça, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social (SJDHDS) e da Administração (Saeb). Atualmente, existem mais de 80 projetos e ações, 26 campanhas e doações e mais de 1.290 voluntários cadastrados no portal.
Doações

Para pessoas físicas e jurídicas que querem ajudar através de doações, o Governo do Estado, por meio da Secretaria da Saúde (Sesab), publicou um edital para recebimento de bens e valores pecuniários pela Administração Pública Estadual. O edital está disponível no link http://www.saude.ba.gov.br/2020/03/25/governo-da-bahia-publica-edital-para-recebimento-de-doacoes/.


Entenda o planejamento do Governo do Estado para atender os baianos em caso de contaminação por coronavírus


Com o crescimento do número de casos do coronavírus no Brasil e na Bahia, o Governo do Estado está se preparando para que todos recebam o atendimento adequado, não apenas em casos de Covid-19, mas também nas áreas de clínica geral, ortotraumas e queimados, dentre outros.
O governador Rui Costa explicou o planejamento para o atendimento no estado. “Estamos montando toda a retaguarda. Estamos ampliando os leitos no Couto Maia e vamos ampliar as UTIs do Hospital do Subúrbio. No Hospital Espanhol são 140 leitos. Fiz uma reunião para acelerar as obras do Hospital Metropolitano, para ver se inauguramos em 40 dias e abrimos mais 100 leitos de UTI. O Hospital de Base de Itabuna será voltado ao coronavírus para atendimento na região sul do estado. Em Barreiras e Vitória da Conquista, vamos contratar hospitais privados para atendimento dos casos de coronavírus”, afirmou Rui.
O governador acrescentou que o objetivo é ter “uma Unidade de Pronto Atendimento [UPA] em cada território da Bahia para que possamos ter um verdadeiro cinturão de triagem. Caso um paciente sinta falta de ar, ele deve ser levado para a unidade de pronto atendimento regional. Se melhorar, volta para casa. Caso piore, o paciente deve ser transferido para o hospital estadual, para a UTI, para uma providência de uma complexidade maior”.
Na capital baiana, o Instituto Couto Maia (Icom) e o Hospital Geral Ernesto Simões (HGES) já estão atendendo exclusivamente os casos de coronavírus. No Hospital do Subúrbio, 55 leitos foram dedicados exclusivamente ao coronavírus e outros 100 podem ser montados, em uma tenda no estacionamento. Os hospitais Espanhol e Santa Clara, que estavam fechados, foram solicitados à justiça e o Governo do Estado obteve a autorização para que possam reforçar o combate à doença e o atendimento à população.
Interior
No interior, 16 novas UPAs que não estavam em funcionamento vão receber pessoas que estão com sintomas da doença. A ideia é que as unidades de Pronto Atendimento façam a classificação, realizem o manejo clínico, estabilizem o paciente e façam a regulação para unidades de referência secundária ou terciária. Os equipamentos em análise nos seguintes municípios: Alagoinhas, Araci, Brumado, Catu, Conceição do Coité, Gandu, Lauro de Freitas, Ipiaú, Itamaraju, Itacaré, Jaguaquara, Morro do Chapéu, Santo Antonio de Jesus, Serrinha, Tucano e Valença.
Instituto Couto Maia
O Instituto Couto Maia (Icom) já está atendendo exclusivamente aos pacientes com suspeita de estarem com o coronavírus, desde segunda-feira (23). A unidade dispõe de 132 leitos, dos quais 80 são clínicos e 52 de UTI. Este número será ampliado de acordo com as adequações das redes elétricas, de gases, e outras necessidades. No estacionamento do Icom, pode ainda ser montada uma tenda com capacidade para mais 100 leitos de UTI.
Com ala para observação de pacientes com suspeita de coronavírus e também UTI, a unidade não funciona de portas abertas, o paciente deve ser encaminhado pela regulação, pelo Samu ou pelo Corpo de Bombeiros.
Hospital Geral Ernesto Simões Filho
Desde segunda-feira (23), o Hospital Geral Ernesto Simões Filho (HGESF) atende exclusivamente pacientes que necessitem de internação com diagnóstico positivo para o coronavírus (Covid-19). São 110 leitos clínicos e 54 de UTI.  O HGESF conta também com a possibilidade de ampliação de mais 38 leitos de UTI, aumentando a disponibilidade para 92 leitos.
A unidade não atenderá casos de urgência e emergência, apenas pacientes regulados, que tenham testado positivo paro o Covid-19.  A população que necessite de atendimento de urgência e emergência deve se dirigir a outras unidades. As mais próximas são: UPA de San Martin; UPA de São Caetano; Unidade de Emergência do Curuzu; e 16º Centro de Saúde – Maria Conceição Imbassahy.
Hospital Espanhol
A justiça autorizou a reabertura temporária do Hospital Espanhol, onde serão criados 160 leitos, sendo 80 leitos clínicos e 80 UTIs para o atendimento aos pacientes do coronavírus. A adequação já começou com dedetização, higienização e os devidos reparos. Já os profissionais que vão trabalhar na unidade serão contratados pelo governo em formato a ser definido junto à Sesab. No Hospital Espanhol, o recebimento dos pacientes de Covid-19 será mediante Regulação da Secretaria da Saúde do Estado.
Hospital Santa Clara
O Hospital Santa Clara, em Salvador, também foi requisitado pelo Governo do Estado para reforçar o atendimento dos pacientes e o combate ao coronavírus (Covid-19) e vai contar com 59 leitos clínicos. O hospital, que está fechado e pertence à rede privada, passará por adequação para atender às necessidades de sua utilização.
A unidade receberá apenas pacientes com suspeita para Covid-19. No Santa Clara, eles serão recebidos, farão os testes e aguardarão o resultado dos diagnósticos antes de serem encaminhados para outras unidades, como o Icom ou o Hospital Geral Ernesto Simões, dedicados exclusivamente a pacientes com o coronavirus.
Hospital do Subúrbio
No Hospital do Subúrbio, além da permanência do atendimento clínico e cirúrgico que já são realizados na unidade, 55 leitos de UTI serão dedicados aos casos de coronavírus, montadas onde até o momento funcionava a urgência e emergência. Este número pode também ser ampliado para 100 leitos. Outra possibilidade de ampliação é instalar uma tenda no estacionamento do Hospital do Subúrbio, com capacidade de 100 leitos dedicados ao coronavírus. O recebimento dos pacientes de Covid-19 será mediante regulação do Samu, Corpo de Bombeiros ou Central Estadual de Regulação.
Hospital Geral Roberto Santos
O Hospital Geral Roberto Santos (HGRS) vai implantar 160 novos leitos para dar suporte à parte da rede que não está atendendo aos pacientes de coronavírus. São 100 no ambulatório e mais 60 no andar intermediário, que era destinado à parte administrativa e foi reformado para ser clínica de  hemodiálise, mas que servirá, neste momento, para leitos clínicos. O HGRS vai receber os pacientes mediante regulação do Samu, Corpo de Bombeiros ou Central Estadual de Regulação.
Hospital Metropolitano
O Hospital Metropolitano, construído em Lauro de Freitas e que tem previsão de ser inaugurado nas próximas semanas, será um reforço para o atendimento dos baianos, oferecendo 100 leitos clínicos dedicados ao coronavírus. Na unidade, todos os pacientes serão regulados pela Central Estadual de Regulação.
Hospital Geral Clériston Andrade
O Hospital Geral Clériston Andrade 2, em Feira de Santana, possui 40 leitos de UTI ainda não inaugurados que serão dedicados ao coronavírus. O recebimento dos pacientes de Covid-19 será mediante regulação da regulação da Secretaria da Saúde do Estado (Sesab)
Hospital de campanha Arena Fonte Nova
A Arena Fonte Nova é outra das opções do Governo do Estado para a montagem de uma tenda com mais 100 leitos clínicos, dedicados ao coronavírus. Os pacientes deverão ser encaminhados para a Arena Fonte Nova por meio da regulação da Sesab.
Antigo Hotel Riverside
O Governo do Estado abrirá 100 novos leitos em Lauro de Freitas, no antigo Hotel Riverside, nos próximos dias, para atender pacientes de baixa complexidade, que não estejam contaminados com o coronavirus. A ocupação dos leitos será feita por meio da Central Estadual de Regulação.
Hospital de campanha do Fazendão

O Centro de Treinamento Osório Villa Boas (Fazendão), que pertence ao Esporte Clube Bahia, está com 44 leitos clínicos prontos para receberem pacientes de baixa complexidade, que não estejam contaminados com o coronavirus. A ocupação dos leitos será feita por meio da Central Estadual de Regulação.


BOLETIM CORONAVÍRUS: Bahia registra 123 casos confirmados de Covid-19


A Bahia registra 123 casos confirmados com coronavírus (Covid-19), o que representa 3% do total de casos notificados. Até o momento, 1240 casos foram descartados e não há óbitos. Este número contabiliza todos os registros de janeiro até as 17 horas desta sexta-feira (27). Ao todo, 16 pessoas estão curadas. No momento seis pacientes se encontram hospitalizados.

Os casos confirmados estão distribuídos em 19 municípios do estado, com maior proporção em Salvador (63,41%).

Estes números representam notificações oficiais compiladas pelo Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde da Bahia (Cievs-BA) em conjunto com os Cievs municipais.

Dentre os casos confirmados, 55,3% são do sexo feminino e 44,7% do sexo masculino. A faixa etária mais acometida foi a de 30 a 39 anos, representando 23,58% do total. Porém, o coeficiente de incidência por 100.000 habitantes foi maior na faixa de 70 a 79 anos (2,15) seguida da faixa de 80 e mais (1,59), indicando o maior risco de adoecer entre os idosos.

Ressaltamos que os números são dinâmicos e na medida em que as investigações clínicas e epidemiológicas avançam, os casos são reavaliados, sendo passíveis de reenquadramento na sua classificação. Outras informações em www.saude.ba.gov.br/coronavirus.

Diagnóstico laboratorial de infecção pelo SARS-CoV-2

Pacientes com suspeita de COVID-19 devem ter amostras coletadas e enviadas para o Lacen-BA quando estiverem em um dos seguintes critérios abaixo-relacionados:
1. Pacientes com sinais de gravidade, Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) ou internados;
2. Pacientes sem sinais de gravidade contactantes de caso de COVID-19 suspeito ou confirmado, ou com histórico de viagem recente ao exterior em países com circulação do SARS-CoV2, e regiões do país com transmissão comunitária sustentada;;
3. Profissionais de saúde com sintomas respiratórios suspeitos de COVID-19;
4. Gestantes com sintomas respiratórios suspeitos de COVID-19;
5. Pessoas com febre, suspeitas de infecção, triadas nos Aeroportos, Portos e nas Estradas

Observação: pacientes que não se enquadrem nas situações acima não têm indicação para coleta de amostras


ANDORINHA: PREFEITURA REGISTRA PRIMEIRO CASO SUSPEITO DE CORONAVÍRUS


Secretaria de Saúde de Andorinha, por meio da Vigilância em Saúde, informa que a cidade de Andorinha registou o primeiro caso suspeito de Coronavírus, na tarde desta sexta-feira (27). O paciente tem 81 anos de idade, e reside em Andorinha. Paciente esteve em Salvador a uma semana realizando tratamento de saúde. O mesmo encontra-se estável, em isolamento domiciliar, e sua família também se mantém em isolamento domiciliar e social.

Todo o protocolo do Ministério de Saúde está sendo realizado e a coleta será enviada para o LACEN, em Salvador. A Prefeitura orienta que a população siga as orientações que estão sendo disponibilizadas e que se mantenham em casa, saindo somente para atividades essenciais. (Facebook da prefeitura)


Sesab altera formato e boletim sobre coronavírus na Bahia terá maior número de informações; entenda


A Secretaria de Saúde da Bahia informou, na manhã desta sexta-feira (27/3), em comunicado à imprensa, que por conta da tendência do aumento do número de casos e a necessidade de qualificar os dados disponibilizados,  os boletins sobre Covid-19, a partir de hoje, passarão a ser divulgados uma única vez ao dia, às 17h, incluindo os finais de semana.

De acordo com a Sesab, desta forma, a Diretoria de Vigilância Epidemiológica do Estado terá condições de emitir um boletim estratificado por idade, sexo, severidade, descartes, número de exames/dia realizados e distribuição espacial, inclusive com representação gráfica.

Até o final da tarde desta última quinta-feira (26/3),em seu último boletim, a Sesab informou que a Bahia havia registrado 108 casos confirmados com coronavírus (Covid-19), 1.082 casos descartados e não havia mortes. A boa notícia é que, do total de casos, 16 estão curados, sendo dois no dia de ontem. Entre eles, uma mulher de 95 anos, que estava hospitalizada. (Aratuon)


Advogada com Covid-19 é denunciada pelo Ministério Público após tossir na porta de vizinhas


O Ministério Público do Paraná entrou com representação contra a advogada Andrezza Cecília Mantovani Buss, conhecida nas redes sociais como “Japa Mantovani”, atuando como influenciadora digital e apresentadora de TV.

Em um vídeo que viralizou no WhatsApp, ela afirmou que foi diagnosticada com Covid-19 e suas vizinhas estão “pirando” porque ela usou o elevador para pegar comida. “Elas não sabem que eu passei de trinco em trinco dando uma tossidinha na porta da casa delas para largar mão de serem idiotas e fofoqueiras”, contou.

Na representação, o MP declarou que a advogada dispõe de mais de 80 mil seguidores nas redes sociais e tem “indiscutível poder de influenciar as massas”. O texto ainda destacou que, mesmo que seja apenas uma brincadeira de mau gosto, no contexto de pânico vivenciado pela sociedade, o comentário “pode provocar reações indesejadas ou criar uma situação de pavor”.

“O uso inadequado das mídias sociais, em tempos normais, já constitui um problema, mas agora é algo impensável, com imensa capacidade de atormentar terceiros e gerar reações desproporcionais em tempos de pandemia do novo coronavírus sendo a primeira potencial reação, a disseminação de comportamentos de mesma natureza, por conta principalmente do poder de influência da indigitada, o famigerado efeito manada”, diz trecho da representação.

Entre os pedidos do Ministério Público estão o levantamento dos antecedentes criminais de “Japa Mantovani” e uma audiência preliminar para oferecimento de transação penal (uma espécie de acordo para desafogar a Justiça).

Os promotores também propuseram a retratação dela nas redes sociais e multa de um salário mínimo destinada à Secretaria Municipal de Saúde de Cascavel, no oeste do Paraná.(BNews)


Prefeitura de Filadélfia realiza Barreiras Sanitárias contra o coronavírus nos acessos à cidade


A Prefeitura está realizando barreiras sanitárias em Filadélfia, o trabalho é realizado nas entradas da sede e também em algumas estradas vicinais. Agentes da Vigilância Sanitária, Vigilância Epidemiológica, Grupo de Apoio Operacional de todas as secretarias e Guarda Civil Municipal, em parceria com a Polícia Militar atuam nos principais acessos para reforçar o combate à proliferação do coronavírus.

O ponto de acesso para entrada e saída onde são feitas abordagens para verificar as condições epidemiológicas das pessoas que desejam entrar na cidade é o do Contorno, os demais são fechados.

São verificados sintomas como tosse, coriza ou dificuldade para respirar, além de medição de temperatura e questionamentos quanto à movimentação, circulação e contatos nos últimos 14 dias.

Para quem vem de grandes centros como São Paulo ou Salvador ou quaisquer outras cidades, é necessário comprovar filiação ou parentesco com algum residente ou domiciliado no município, apresentar documento oficial com foto e título eleitoral, assim sendo, deverá cumprir o isolamento social permanecendo em casa por 14 dias.

Ainda conforme o Decreto, está garantido o acesso de caminhões que transportam carga de mantimentos, materiais e demais produtos destinados ao funcionamento e abastecimento do comércio local.
_____
Prefeitura de Filadélfia
GOVERNO DA RECONSTRUÇÃO