Padre morre após rejeitar uso de respirador para salvar jovem com Covid-19

Um padre morreu nesta terça-feira (24), na Itália, contaminado pelo novo coronavírus, depois de abrir mão de cuidados para si mesmo em prol de outro paciente, mais jovem.  Giuseppe Berardelli tinha 72 anos e era padre na igreja de Casnigo. O líder religioso estava internado em Bergamo, uma das regiões mais atingidas na Itália. Segundo … Leia Mais




Boletim Coronavírus: Bahia confirma 79 casos de Covid-19

A Bahia registra 79 pacientes confirmados com coronavírus (Covid-19), 725 casos descartados e não há óbitos. Este número contabiliza todos os casos de janeiro até às 17 horas desta terça-feira (24). Todos os casos novos foram importados ou de transmissão local. Diferente do divulgado anteriormente, o município de Alagoinhas não possui caso confirmado. O paciente … Leia Mais




Capim Grosso descarta três casos e registra mais quatro novos suspeitos do coronavírus


Boletim Epidemiológico, terça-feira (24/03/2020). Até a tarde de hoje, tivemos 13 casos suspeitos do Covid-19 em Capim Grosso. Onde 07 já foram descartados, 06 casos ainda estão sendo monitorados e aguardando resultado de exames.
Ressalta-se que os números são dinâmicos e na medida em que os casos forem ocorrendo, estaremos informando a população. Os pacientes encontram-se em isolamento domiciliar, adotando as medidas de precaução respiratória e de contato.

É importante não compartilharmos Fake News que só causam pânico na população. Todas as notícias oficiais sobre o novo Coronavirus estão disponíveis no site do Ministério da Saúde, Secretaria de Saúde do Estado e nas nossas mídias oficiais.
Importante destacar que neste momento é necessário mantermos a calma e as atitudes preventivas, principalmente evitando aglomerações.

Os resultados dos exames referentes ao Coronavírus, só poderão ser divulgados após a publicação pela SESAB (Secretaria de Saúde do Estado Bahia).

Pedimos uma atenção especial por nossos idosos, pois eles são o principal público de risco do COVID-19.
Juntos, venceremos está batalha!

Prefeitura Municipal de Capim Grosso, Confiança no Trabalho.



Boletim Coronavírus: Bahia confirma 76 novos casos de Covid-19


A Bahia registra 76 pacientes confirmados com coronavírus (Covid-19), 725 casos descartados e não há óbitos. Este número contabiliza todos os casos de janeiro até às 11 horas desta terça-feira (24). Todos os casos novos foram importados ou de transmissão local.

Os municípios com casos positivos são estes: Alagoinhas (1); Barreiras (1); Brumado (1); Camaçari (1); Conceição do Jacuipe (1); Conde (1 – paciente reside em Campinas, em São Paulo); Feira de Santana (6); Itabuna (1); Jequié (1); Juazeiro (2); Lauro de Freitas (3); Porto Seguro (8); Prado (2); Salvador (46, sendo três pacientes residentes em localidades fora da Bahia); e Teixeira de Freitas (1).

Ressalta-se que os números são dinâmicos e na medida em que as investigações clínicas e epidemiológicas avançam, os casos são reavaliados, sendo passíveis de reenquadramento na sua classificação.

É importante pontuar que o paciente com diagnóstico positivo para o novo coronavírus pode cursar com grau leve, moderado ou grave. A depender da situação clínica, pode ser atendido em unidades da atenção básica, unidades secundárias ou precisar de internação. Mesmo definindo unidades de referência, não significa que ele só pode ser atendido em hospital.

Os casos graves devem ser encaminhados a um hospital de referência para isolamento e tratamento. Os casos leves devem ser acompanhados pela Atenção Primária em Saúde (APS) e instituídas medidas de precaução domiciliar.

O diagnóstico do coronavírus é feito com a coleta de materiais respiratórios (aspiração de vias aéreas ou indução de escarro). Na suspeita de coronavírus, é necessária a coleta de uma amostra que será encaminhada para o Laboratório Central de Saúde Pública (Lacen-BA). Para confirmar a doença, é necessário realizar exames de biologia molecular que detecte o genoma viral. O diagnóstico do coronavírus é feito com a coleta de amostra, que está indicada sempre que ocorrer a identificação de caso suspeito. Outras informações podem ser obtidas no link: www.saude.ba.gov.br/coronavirus.

Diagnóstico laboratorial de infecção pelo SARS-CoV-2

Pacientes com suspeita de COVID-19 devem ter amostras coletadas e enviadas para o Lacen-BA quando estiverem em um dos seguintes critérios abaixo-relacionados:

1. Pacientes com sinais de gravidade, Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) ou internados;
2. Pacientes sem sinais de gravidade contactantes de caso de COVID-19 suspeito ou confirmado, ou com histórico de viagem recente ao exterior em países com circulação do SARS-CoV2, e regiões do país com transmissão comunitária sustentada;;
3. Profissionais de saúde com sintomas respiratórios suspeitos de COVID-19;
4. Gestantes com sintomas respiratórios suspeitos de COVID-19;
5. Pessoas com febre, suspeitas de infecção, triadas nos Aeroportos, Portos e nas Estradas

Observação: pacientes que não se enquadrem nas situações acima não tem indicação para coleta de amostras


Juazeiro-BA: Irmã de paciente com coronavirus é o segundo caso Positivo na Cidade


ASCOM em 24/mar/2020 –

Débora Sousa/SESAU

A Secretaria Municipal da Saúde torna público que Juazeiro registra nesta terça-feira (24), o segundo caso confirmado de coronavírus. Trata-se de uma mulher, irmã do primeiro caso registrado nesta segunda-feira (23). A mulher também estava em viagem por área de transmissão e desde a chegada a Juazeiro está em quarentena. A equipe de Vigilância Epidemiológica está acompanhando os casos registrados na cidade. Os dois pacientes estão assintomáticos, sem complicações ou agravos de saúde.

Hoje (24), a atualização de dados conta com 39 notificações para H1N1, destes nove estão confirmados, inclusive com dois óbitos. Outros oito resultados já foram descartados e 22 continuam em investigação. Para o coronavírus, Juazeiro tem: 15 notificados, seis descartados, sete em investigação pelo Laboratório Central (LACEN) em salvador e dois confirmados e nenhum óbito.


Rui anuncia compra de respiradores da China e agradece doação da Fieb


Em entrevista à Record TV Itapoan, na manhã desta terça-feira (24), o governador Rui Costa anunciou a compra conjunta de 600 respiradores de uma indústria chinesa, sendo 400 adquiridos pelo Governo do Estado para a Bahia e 200 pelo Estado do Ceará, com previsão de entrega já no dia 13 de abril, para utilizar nas unidades de campanha, no tratamento de pacientes acometidos pela Covid-19.
Durante a participação, Rui agradeceu ainda à Federação das Indústrias do Estado da Bahia (Fieb), que comprou 100 respiradores para doar ao Estado da Bahia. No total, afirma o governador, “nós teremos 500 respiradores no estado e isto vai ajudar a equipar nossas unidades. Estamos dedicando o Couto Maia exclusivamente para isto e ainda queremos montar uma estrutura externa para acrescentar mais leitos. Dentro de 15 dias, o Hospital Espanhol deve estar em funcionamento também”.
Enquanto prepara a rede pública de saúde no combate ao novo coronavírus, o governador tranquilizou a população quanto à pandemia no estado, bem abaixo da média no país. “Estamos com 3% dos casos nacionais, ou seja, estamos muito abaixo do que a população da Bahia representa em relação à população do Brasil. Não temos, na rede pública, nenhum caso grave registrado. Na rede privada, temos três pacientes entubados, mas com informação de que já passaram pelo momento mais difícil e devem, em breve, ser desentubados”, relatou Rui em entrevista durante a inauguração da Unidade Básica de Saúde da San Martin, em Salvador, também na manhã desta segunda.

Filadélfia: Escola Alice Lopes Maia está cedida temporariamente para secretaria de Saúde para preparar leitos e todas as medidas necessárias para combater o COVID-19


Através do DECRETO Nº. 016, DE 22 DE MARÇO DE 2020 que “Dispõe sobre medidas temporárias no âmbito do território deste Município de Filadélfia/BA, de prevenção ao contágio pelo Novo Coronavírus (COVID19), especificamente em relação à feira livre e dá outras providências.”

O Chefe do poder Executivo de Filadélfia Determina a cessão temporária de uso das instalações a Unidade Educacional Alice Lopes Maia a Secretária Municipal de Saúde para preparar leitos e todas as medidas necessárias para combater o COVID-19 (novo Coronavírus);

Confira a íntegra do decreto:

http://impublicacoes.org/trdados/arquivos_agenda_2020/03/ac2898e43f036aad939875c24edbcbf35e77ba08c299d.pdf


Decisão que permitia barreira sanitária em aeroportos é derrubada; Rui Costa critica


A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) conseguiu, através da Justiça, impedir a fiscalização de passageiros que desembarcam na Bahia através dos aeroportos. O pedido havia sido feito pelo Governo da Bahia.

Anteriormente, o juiz Eduardo Gomes Carqueija, da 3ª Vara Cível da Bahia, determinou a liberação para que a temperatura das pessoas que chegam através dos voos seja medida por prepostos da vigilância sanitária estadual.

A decisão, porém, foi cassada pelo Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF-1), através da desembargadora Maria do Carmo Cardoso. A magistrada levou em conta uma nota técnica da Anvisa, que aponta que embora o mecanismo de transmissão da Covid-19 não tenha sido totalmente elucidado, estudos mostram que a transmissão do vírus ocorre mesmo durante o período em que os portadores ainda não apresentam sintomas.

Ou seja, os passageiros serão barrados e por meio de triagem baseada unicamente na medição de temperatura, de acordo com a magistrada, não é recomendável, o que inclusive pode gerar filas e aglomeração. A decisão também derrubou uma ação que permitia as barreiras em aeroportos do Maranhão.

O governador Rui Costa (PT) voltou a criticar o órgão. “Não consigo entender a Anvisa, que está nos impedindo de fazer a medição da temperatura das pessoas que chegam à Bahia. A Anvisa entrou na Justiça para barrar nosso trabalho. Acho inadmissível tamanha resistência de uma agência que deveria cuidar das pessoas. Vamos recorrer!”, escreveu no Twitter.


Egresso da UNEB lidera projeto de pesquisa para possível vacina contra COVID-19


Cientistas brasileiros, vinculados ao Laboratório de Imunologia do Instituto do Coração (Incor), da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (USP), trabalham no projeto para uma possível vacina contra o novo Coronavírus (COVID-19).
Líder da iniciativa, o pesquisador Gustavo Cabral é egresso do curso de Ciências Biológicas, do Campus VII da UNEB, em Senhor do Bonfim.
A pesquisa é desenvolvida por meio da plataforma tecnológica de mRNA, que se baseia na inserção na vacina de moléculas de RNA mensageiro (mRNA), que contém as instruções para produção de alguma proteína reconhecível pelo sistema imunológico.
A ideia, que é diferente das que tem sido utilizadas por outros grupos de pesquisa e por indústrias farmacêuticas, é que o sistema imunológico reconheça essas proteínas artificiais para posteriormente identificar e combater o coronavírus real.
A plataforma que será utilizada pelos pesquisadores do Incor é fundamentada no uso de partículas semelhantes a vírus VLPs (sigla em inglês para: virus like particles).
“Em geral, as vacinas tradicionais, baseadas em vírus atenuados ou inativados, como a do Influenza, causador da gripe, têm demonstrado excelente imunogenicidade, e o conhecimento das características delas serve de parâmetro para o desenvolvimento bem-sucedido de novas plataformas vacinais”, explica o pesquisador.
Ainda de acordo com o cientista, o novo vírus “ainda é pouco conhecido e, por questões de segurança, precisa evitar inserir material genético no corpo humano, para evitar efeitos adversos. Por isso, as formas alternativas para o desenvolvimento da vacina anti-COVID-19 devem priorizar, além da eficiência, a segurança”.
Nos próximos meses, os cientistas esperam acelerar o desenvolvimento da pesquisa, realizando testes em animais. O projeto tem apoio da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp).

Trajetória uneabiana
Gustavo Cabral foi discente do curso de Ciências Biológicas, do Campus VII da UNEB, em Senhor do Bonfim, onde estagiou no antigo laboratório de Parasitologia, da unidade.
Enquanto estudante universitário, realizou atividades acadêmicas no “lixão” de Senhor do Bonfim, auxiliando no tratamento dos catadores de lixo em situação vulnerável de saúde.
Depois, contribuiu com ações de saúde nas comunidades quilombolas da região, atividade que resultou no seu projeto de iniciação científica na universidade.
Professor do curso de Medicina da UNEB, Artur Lima foi um dos docentes do egresso e manifesta orgulho por ter contribuído para a formação do pesquisador.
”É uma honra ver Gustavo ter conseguido alcançar o mais alto nível científico mundial. E saber que tudo isso começou na nossa instituição. Ele é um exemplo vivo das mentes brilhantes que frequentam a universidade pública, em especial a UNEB”, ressaltou o docente.
Ainda segundo Artur, a trajetória do egresso evidencia caminhos que devem ser trilhados pelo país: “quanto mais investimos nas universidades públicas, mais solucionamos nossos inúmeros problemas sociais em saúde humana e ambiental”.

Pesquisa sobre vacinas
Após concluir a graduação na UNEB, Gustavo alçou novos voos para se tornar um pesquisador de reconhecimento nacional e internacional. Conquistou o título de mestre em Imunologia pela Universidade Federal da Bahia (Ufba) e de doutor pela Universidade de São Paulo (USP).
O cientista tem também pós-doutorados pelas universidades de Oxford, na Inglaterra, e de Berna, na Suíça. Nesse período, pesquisou sobre a produção de vacinas utilizando VLPs (virus-like particles) e diagnósticos avançados com a tecnologia de biossensores.
Por meio de projeto fomentado pela Fapesp, o pesquisador voltou ao Brasil para desenvolver estudos para as vacinas contra Streptococcus Pyogenes (bactérias causadoras da febre reumática e da cardiopatia reumática crônica) e Chikungunya, utilizando VLPs.
Com o avanço das contaminações por COVID-19, as ações de pesquisa foram adaptadas para a busca pelo desenvolvimento da vacina contra o novo Coronavírus.
“É uma sensação muito boa estar na linha de frente deste projeto, vai além da minha carreira. O importante dessa pesquisa é a oportunidade de se produzir conhecimento, dar outros passos no projeto e atuar no combate a essa pandemia. Isso tudo para mim, como ser humano, não tem preço”, destacou Gustavo.
Ascom UNEB
*Com informações da Agência Fapesp e fotos de arquivos pessoais e do Blog da Saúde (Ministério da Saúde)


Barreiras Sanitárias já estão levantadas nas entradas de Senhor do Bonfim.


Prefeito Carlos Brasileiro determina a criação de barreiras sanitárias com o apoio das forças policiais judiciárias do Estado e Federais nos acessos à cidade, sendo compulsória as abordagens por técnicos da Vigilância Sanitária aos transeuntes que pretendam adentrar no território do Município de Senhor do Bonfim, os quais deverão seguir as orientações dos prepostos municipais, sob pena de incorrerem no crime previsto no Art. 268 do Código Penal em caso de desobediência. (Nonato Noticias)