Bahia tem 21.430 casos confirmados de Covid-19

A Bahia registra 21.430 casos confirmados de coronavírus (Covid-19). Os 2.532 novos casos contabilizados no boletim epidemiológico desta terça-feira (2) refletem tão somente o lançamento, por parte dos municípios, das notificações positivas por testes rápidos que foram acumulados nas últimas semanas. Apenas este critério foi responsável pelo incremento de 1.010 novos casos. Ou seja, este … Leia Mais


Rui reforça atuação regionalizada no enfrentamento à covid-19 no estado

Nesta terça-feira (2), o governador Rui Costa fez uma transmissão pelas redes sociais para a imprensa das regiões nordeste e litoral norte da Bahia e falou sobre as estratégias de enfrentamento ao novo coronavírus. “Desde o início da pandemia na Bahia temos adotado ações por região. Mantemos um diálogo diário com os prefeitos e orientado … Leia Mais


Filadélfia: Prefeitura divulga novas medidas de enfrentamento ao Coronavirus

ATENÇÃO Filadélfia na luta contra a Covid-19 🗣 Como medida de enfrentamento a proliferação do Coronavírus, a Prefeitura de Filadélfia informa que a partir de amanhã, quarta-feira (03 de junho de 2020), o horário de funcionamento dos estabelecimentos comerciais no Município de Filadélfia deverão seguir a seguinte definição: ✔️ Observada a jornada definida em CLT, … Leia Mais


Itiúba: Barreira Sanitária do Município Intercepta Ônibus de Passageiros que adentraria a cidade; veja o vídeo

Na noite desta segunda – feira, 01 de junho, foi interceptado um Ônibus da Empresa Edson Turismo, na Barreira Sanitária do Cactus em Itiúba. A ação foi realizada em conjunto entre Barreira Sanitária, Polícia Militar, Rex Segurança e as Vigilâncias Sanitária e Epidemiológica. #respeiteasbarreirassanitarias Secretaria de Saúde: Saúde que acolhe!!! Ascom – Levando informação da … Leia Mais


Bahia tem mais 23 municípios com transporte suspenso; total chega a 264; Filadélfia entrou na lista

Alcobaça, Antas, Araçás, Barra, Cabaceiras do Paraguaçu, Candiba, Filadélfia, Ibipeba, Ibitiara, Inhambupe, Ituaçu, Jaguarari, Livramento de Nossa Senhora, Macaúbas, Malhada de Pedras, Mansidão, Milagres, Mulungu do Morro, Pedrão, Pindaí, Pindobaçu, Santa Cruz da Vitória e Santa Luzia terão o transporte intermunicipal suspenso a partir de quarta-feira (3). A medida tem o objetivo de conter o … Leia Mais


Prefeita de Porto Seguro, Cláudia Oliveira está com coronavírus


A prefeita de Porto Seguro, Cláudia Oliveira, anunciou nesta segunda-feira (1º) que testou positivo para covid-19. Segundo ela, os primeiros sintomas começaram a aparecer na semana passada e, desde então, ela decidiu se isolar para proteger sua família e sua equipe de trabalho.

“Mesmo tomando todas as medidas de segurança e higiene necessárias, na última semana apresentei sintomas característicos da doença e me isolei imediatamente para proteger a todos da minha família e que estão comigo nessa luta a trabalho. Busquei atendimento médico e realizei o teste, que confirmou meu diagnóstico”, afirmou.

A prefeita ainda disse estar cumprindo todas as determinações dos órgãos de saúde, e tem quadro clínico é estável. “Todas as medidas de isolamento foram adotadas com todos que tiveram contato comigo, graças a Deus ninguém mais apresenta sintomas, mas se mantém em monitoramento”, disse.

Fonte: correio24horas.com.br


Senhor do Bonfim tem aumento de 82% em média de casos de Covid-19 e preocupa governo


A cidade de Senhor do Bonfim, no interior da Bahia, teve um crescimento médio diário de 82% em casos de Covid-19, conforme anunciou hoje (1) o governador Rui Costa.

Rui disse também que o extremo-sul baiano requer cuidado. “Chamou atenção, e amanhã 10h, vamos conversar com os prefeitos do extremo-sul da Bahia. Os casos cresceram muito. Eunápolis teve um crescimento médio diário de 12% nos últimos cinco diss. Nova Viçosa teve crescimento de 28%, Teixeira de Freitas 9% e Porto Seguro 6%”, pontuou.

Rui contou também que em Jequié, no sudoeste baiano, não conseguiu ainda diminuir a taxa, apesar das medidas restritivas. A cidade tem taxa de crescimento de 6%. Ipiaú, no entanto, teve melhora na situação. Nas últimas 24h o município não apresentou novo caso.(Metro1)


Bahia tem 18.898 casos confirmados de Covid-19


A Bahia registra 18.898 casos confirmados de coronavírus (Covid-19), o que representa 16,07% do total de notificações no estado. Os 34 óbitos contabilizados no boletim epidemiológico desta segunda (1º) referem-se a um período de 28 dias, conforme observado nos perfis detalhados. Ou seja, não ocorreram em 24 horas. Estas notificações tardias estão sendo apuradas pela Auditoria do Sistema Único de Saúde (SUS) e pela Corregedoria.

Considerando o número de 18.898 casos confirmados, 6.701 recuperados e 701 óbitos, 11.496 pessoas permanecem monitoradas pela vigilância epidemiológica e com sintomas da Covid-19, o que são chamados de casos ativos. Na Bahia, 2.764 profissionais da saúde foram confirmados para Covid-19.

Os casos confirmados ocorreram em 302 municípios do estado, com maior proporção em Salvador (61,32%). Os municípios com os maiores coeficientes de incidência por 1.000.000 habitantes foram Uruçuca (5.653,30), Ipiaú (4.294,47), Itabuna (4.192,79), Salvador (3.979,67) e Itajuípe (3.855,35).

O boletim epidemiológico registra 41.442 casos descartados e 117.625 notificações em toda a Bahia. Estes dados representam notificações oficiais compiladas pelo Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde da Bahia (Cievs-BA), em conjunto com os Cievs municipais e as bases de dados do Ministério da Saúde até as 17 horas desta segunda (1º).

Taxa de ocupação

Na Bahia, dos 1.803 leitos disponíveis do Sistema Único de Saúde (SUS) exclusivos para coronavírus, 1.017 possuem pacientes internados, o que representa uma taxa de ocupação de 56%. No que se refere aos leitos de UTI adulto e pediátrico, dos 791 leitos exclusivos para o coronavírus, 534 possuem pacientes internados, compreendendo uma taxa de ocupação de 68%. Cabe ressaltar que o número de leitos é flutuante, representando o quantitativo exato de vagas disponíveis no dia. Intercorrências com equipamentos, rede de gases ou equipes incompletas, por exemplo, inviabilizam a disponibilidade do leito. Ressalte-se que novos leitos são abertos progressivamente mediante o aumento da demanda.

Exames

O Laboratório Central de Saúde Pública da Bahia (Lacen-BA) realizou 55.547 exames do tipo RT-PCR, que é o padrão ouro para identificar o genoma viral do coronavírus, no período de 1° de março a 1º de junho de 2020. Estão em análise 1.416 exames.

Óbitos

A Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab) contabiliza 701 mortes pelo novo coronavírus.

668º óbito – mulher, 88 anos, residente em Salvador, portadora de doença respiratória crônica. Internada dia 21/05, veio a óbito dia 29/05, em hospital da rede particular, em Feira de Santana;

669º óbito -homem, 45 anos, residente em Eunápolis, portador de hipertensão arterial. Internado dia 11/05, veio a óbito dia 12/05, em hospital da rede pública, em Eunápolis;

670º óbito – homem, 84 anos, residente em Uruçuca, portador de diabetes mellitus, hipertensão arterial e doença renal crônica. Internado dia 22/05, veio a óbito dia 26/05, em hospital da rede pública, em Ilhéus;

671º óbito – mulher, 76 anos, residente em Cairu, portadora de diabetes mellitus e hipertensão arterial. Sem informação acerca da data de internação, veio a óbito dia 07/05, em hospital filantrópico de Valença;

672º óbito – mulher, 65 anos, residente em Mulungu do Morro, portadora de diabetes mellitus, doença cardiovascular, hipertensão arterial e doença respiratória crônica. Internada dia 23/05, veio a óbito dia 29/05, em hospital da rede pública, em Mulungu do Morro;

673º óbto – mulher, 84 anos, residente em Salvador, portadora de diabetes mellitus e hipertensão arterial. Internada dia 04/05, foi a óbito dia 24/05, em hospital da rede particular, em Salvador;

674º óbito – homem, 70 anos, residente em Salvador, portador de obesidade e hipertensão arterial. Internado dia 18/05, veio a óbito dia 30/05, em hospital da rede particular, em Salvador;

675º óbito – homem, 71 anos, residente em Simões Filho, portador de doença cardiovascular e obesidade. Internado dia 22/05, veio a óbito dia 24/05, em hospital da rede pública, em Simões Filho;

676º óbito – mulher, 71 anos, residente em Salvador, portadora de doença cardiovascular, imunodeficiência e neoplasia. Internada dia 23/05, veio a óbito dia 26/05, em hospital militar, em Salvador;

677º óbito – homem, 65 anos, residente em Salvador, sem comorbidades. Internado dia 19/05, veio a óbito dia 28/05, em hospital filantrópico, em Salvador;

678º óbito – mulher, 85 anos, residente em Pau Brasil, sem comorbidades. Internada dia 21/05, veio a óbito no mesmo dia (21/05), em hospital da rede pública, em Ilhéus;

679º óbito – homem, 60 anos, residente em Salvador, portador de diabetes mellitus, hipertensão arterial e doença cardiovascular sistêmica. Internado dia 18/05, veio a óbito dia 29/05, em hospital da rede particular, em Salvador;

680º óbito – homem, 78 anos, residente em São José da Vitória, portador de hipertensão arterial. Internado dia 23/05, veio a óbito dia 27/05, em hospital filantrópico, em Itabuna;

681º óbito – mulher, 91 anos, residente em Salvador, portadora de hipertensão arterial. Internada dia 18/05, veio a óbito dia 22/05, em hospital da rede pública, em Salvador;

682º óbito – homem, 98 anos, residente em Itabuna, sem informação acerca de comorbidades. Internado dia 22/05, veio a óbito dia 26/05, em hospital filantrópico, em Itabuna;

683º óbito – homem, 44 anos, residente em Santa Cruz da Vitória, sem comorbidades. Internado dia 23/05, veio a óbito dia 29/05, em hospital da rede pública, em Ilhéus;

684º óbito – homem, 88 anos, residente em Itabuna, portador de neoplasia. Internado dia 15/05, veio a óbito dia 20/05, em hospital filantrópico, em Itabuna;

685º óbito – homem, 77 anos, residente em Salvador, sem comorbidades. Internado dia 26/05, veio a óbito no mesmo dia (26/05), em hospital da rede pública, em Salvador;

686º óbito – homem, 90 anos, residente em Salvador, portador de doença cardiovascular, doença do sistema nervoso e doença respiratória crônica. Internado dia 17/05, veio a óbito dia 21/05, em hospital filantrópico, em Salvador;

687º óbito – homem, 73 anos, residente em Salvador, sem comorbidades, data de internação não informada, veio a óbito dia 19/05, em domicílio, em Salvador;

688º óbito – mulher, 80 anos, residente em Salvador, portadora de diabetes e doença cardiovascular, foi internada dia 17/05 e veio a óbito dia 20/05, em unidade da rede filantrópica, em Salvador;

689º óbito – homem, 58 anos, residente em Salvador, portador de diabetes, doença cardiovascular e obesidade, foi internado dia 18/05 e veio a óbito dia 29/05, em unidade da rede privada, em Salvador;

690º óbito – homem, 55 anos, residente em Valença, portador de diabetes, data de internação não informada, veio a óbito dia 23/05, em unidade da rede pública, em Ilhéus;

691º óbito – mulher, 68 anos, residente em Salvador, portadora de diabetes, doença cardiovascular doença renal crônica e hipertensão, foi internada no dia 15/05 e veio a óbito dia 22/05, em unidade da rede pública, em Salvador;

692º óbito – mulher, 52 anos, residente em Salvador, portadora de diabetes e hipertensão arterial, foi internada dia 03/05 e veio a óbito dia 04/05, em unidade da rede pública, em Salvador;

693º óbito – mulher, 85 anos, residente em Salvador, portadora de diabetes e doença cardiovascular, foi internada dia 17/05 e veio a óbito dia 30/05, em unidade da rede pública, em Salvador;

694º óbito – mulher, 79 anos, residente em Salvador, portadora de doença do sistema nervoso, hipertensão arterial e doença renal crônica, data de internação não informada, veio a óbito dia 24/05, em unidade da rede privada;

695º óbito – mulher, 67 anos, residente em Salvador, portadora de diabetes e doença renal crônica, foi internada dia 24/05 e veio a óbito dia 26/05, em unidade da rede pública, em Salvador;

696º óbito – mulher, 76 anos, residente em Salvador, portadora de demências, incluindo Alzheimer, diabetes e hipertensão arterial, foi internada dia 21/05 e veio a óbito dia 29/05, em unidade da rede pública, em Salvador;

697º óbito – mulher, 67 anos, residente em Salvador, portadora de hipertensão arterial, foi internada dia 19/05 e veio a óbito dia 26/05, em unidade da rede pública, em Salvador;

698º óbito – mulher, 81 anos, residente em Salvador, portadora de doença cardiovascular e obesidade, foi internada dia 16/05 e veio a óbito dia 23/05, em unidade da rede privada, em Salvador;

699º óbito – mulher, 81 anos, residente em Aporá, portadora de doença cardiovascular, doença respiratória crônica, neoplasias e obesidade, foi internada dia 19/05 e veio a óbito dia 25/05, em unidade da rede privada, em Salvador;

700º óbito – homem, 82 anos, residente em Ipiaú, sem comorbidades, foi internado dia 08/05 e veio a óbito dia 31/05, em unidade da rede pública, em Vitória da Conquista;

701º óbito – mulher, 94 anos, residente em Salvador, portadora de doenças autoimunes, foi internada dia 03/05 e veio a óbito dia 26/05, em unidade da rede privada, em Salvador.

Faixa etária

Quanto ao sexo dos casos confirmados, 53,10% foram do sexo feminino, 44,08% do sexo masculino e 2,82% sem informação. A faixa etária mais acometida foi a de 30 a 39 anos, representando 19,86% do total. O coeficiente de incidência por 1.000.000 de habitantes foi maior na faixa etária de 80 anos ou mais (1.969,97/1.000.000 habitantes), indicando que o risco de adoecer foi maior nesta faixa etária, seguida da faixa de 30 a 39 anos (1.636,36/1.000.000 habitantes).

Ressaltamos que os números são dinâmicos e, na medida em que as investigações clínicas e epidemiológicas avançam, os casos são reavaliados, sendo passíveis de reenquadramento na sua classificação. Outras informações em www.saude.ba.gov.br/coronavirus.

Para acessar o boletim completo, com a lista de municípios com casos confirmados, clique aqui.

Critérios para os exames da Covid-19

No Sistema Único de Saúde (SUS), a coleta de amostras para a realização do exame RT-PCR, que é o padrão ouro para a identificação do genoma viral, deve ocorrer em cinco situações: pacientes internados com suspeita de coronavírus, independente da gravidade; pacientes com Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG); profissionais de saúde com síndrome gripal suspeitos de Covid-19 ou que tenham tido contato com casos confirmados de coronavírus, mesmo que assintomáticos; pacientes que foram a óbito com suspeita de Covid-19, cuja coleta não pôde ter sido realizada em vida; e em indivíduos institucionalizados durante investigação de surtos da doença



Filadélfia: Município entra na estatística do Governo do Estado que reconhece óbito ocorrido na cidade no último dia 28/05 como causa do COVID-19


O município de Filadélfia entrou para a estatística do Governo Estadual como Município com morte por Covid-19, a divulgação foi feita neste domingo 31/05/2020 no boletim divulgado pela SESAB trata- se do  651º óbito – homem, 81 anos, residente em Filadélfia, portador de doença respiratória crônica. Sem data de internação, veio a óbito dia 28/05, em hospital da rede pública, em Filadélfia;

O Município através da Secretaria de Saúde havia divulgado esse caso como positivo detectado através de teste rápido e o reconhecimento através da Secretaria de Saúde do Estado (SESAB) veio através do Boletim que foi divulgado no final da tarde deste domingo 31.

OBS: Os resultados divulgados através do Boletim do Governo do Estado podem ser apenas o reconhecimento  dos exames feitos através de teste rápidos e não necessariamente através do LACEN.

 

veja o Boletim de 31/05/2020 da SESAB;

BOLETIM_ELETRONICO_BAHIAN_68___31052020

Redação Diga News 


Bahia tem 18.392 casos confirmados de Covid-19


A Bahia registra 18.392 casos confirmados de coronavírus (Covid-19), o que representa 15,86% do total de notificações no estado. Os 29 óbitos contabilizados no boletim epidemiológico deste domingo (31) referem-se a um período de 24 dias, conforme observado nos perfis detalhados. Ou seja, não ocorreram em 24 horas. Estas notificações tardias estão sendo apuradas pela Auditoria do Sistema Único de Saúde (SUS) e pela Corregedoria.

Considerando o número de 18.392 casos confirmados, 6.053 recuperados e 667 óbitos, 11.672 pessoas permanecem monitoradas pela vigilância epidemiológica e com sintomas da Covid-19, o que são chamados de casos ativos. Na Bahia, 2.683 profissionais da saúde foram confirmados para Covid-19.

Os casos confirmados ocorreram em 304 municípios do estado, com maior proporção em Salvador (61,35%). Os municípios com os maiores coeficientes de incidência por 1.000.000 habitantes foram Uruçuca (5.653,30), Ipiaú (4.294,47), Itabuna (4.281,90), Salvador (3.859,91) e Itajuípe (3.660,14) .

O boletim epidemiológico registra 41.045 casos descartados e 115.981 notificações em toda a Bahia. Estes dados representam notificações oficiais compiladas pelo Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde da Bahia (Cievs-BA), em conjunto com os Cievs municipais e as bases de dados do Ministério da Saúde até as 17h30 deste domingo (31).

Taxa de ocupação

Na Bahia, dos 1.731 leitos disponíveis do Sistema Único de Saúde (SUS) exclusivos para coronavírus, 1.002 possuem pacientes internados, o que representa uma taxa de ocupação de 58%. No que se refere aos leitos de UTI adulto e pediátrico, dos 771 leitos exclusivos para o coronavírus, 520 possuem pacientes internados, compreendendo uma taxa de ocupação de 67%. Cabe ressaltar que o número de leitos é flutuante, representando o quantitativo exato de vagas disponíveis no dia. Intercorrências com equipamentos, rede de gases ou equipes incompletas, por exemplo, inviabilizam a disponibilidade do leito. Ressalte-se que novos leitos são abertos progressivamente mediante o aumento da demanda.

Exames

O Laboratório Central de Saúde Pública da Bahia (Lacen-BA) realizou 54.510 exames do tipo RT-PCR, que é o padrão ouro para identificar o genoma viral do coronavírus, no período de 1° de março a 31 de maio de 2020. Estão em análise 2.646 exames.

Óbitos

A Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab) contabiliza 667 mortes pelo novo coronavírus.

639º óbito – homem, 70 anos, residente em Salvador, portador de doença renal crônica, diabetes mellitus e hipertensão arterial. Internado dia 24/05, veio a óbito dia 28/05, em hospital da rede pública, em Salvador;

640º óbito – homem, 65 anos, residente em Dias D´Ávila, portador de doença cardiovascular e doença renal crônica. Internado dia 07/05, veio a óbito dia 26/05, em hospital filantrópico, em Salvador;

641º óbito – homem, 42 anos, residente em Iaçu, sem comorbidades. Internado dia 25/05, veio a óbito dia 26/05, em hospital da rede pública de Iaçu;

642º óbito – homem, 52 anos, residente em Ibitiara, portador de doença cardiovascular e doença hepática. Internado dia 24/05, veio a óbito dia 25/05, em hospital da rede pública, em Seabra;

643º óbito – homem, 50 anos, residente em Campo Alegre de Lourdes, sem comorbidades. Internado dia 07/05, veio a óbito dia 26/05, em hospital da rede pública, em Juazeiro;

644º óbito – homem, 87 anos, residente em Salvador, portador de doença cardiovascular. Internado dia 28/05, veio a óbito dia 30/05, em hospital da rede particular, em Salvador;

645º óbito – homem, 61 anos, residente em Simões Filho, portador de diabetes mellitus e doença do sistema nervoso. Internado dia 21/05, veio a óbito dia 27/05, em hospital da rede pública, em Salvador;

646º óbito – homem, 89 anos, residente em Valença, portador de doença do sistema nervoso. Internado dia 14/05, veio a óbito dia 16/05, em hospital filantrópico, em Valença;

647º óbito – mulher, 43 anos, residente em Salvador, portadora de doença renal crônica, obesidade e hipertensão arterial. Internada dia 16/05, veio a óbito dia 29/05, em hospital da rede particular, em Salvador;

648º óbito – mulher, 81 anos, residente em Itabuna, portadora de imunodeficiência. Internada dia 14/05, veio a óbito dia 20/05, em hospital filantrópico, em Itabuna;

649º óbito – homem 85 anos, residente em Pau Brasil, portador de hipertensão arterial, diabetes mellitus, doença cardiovascular e doença renal crônica. Internado dia 28/04, veio a óbito dia 21/05, em hospital da rede filantrópica, em Itabuna;

650º óbito – homem, 65 anos, residente em Buerarema, portador de neoplasia. Internado dia 27/04, veio a óbito dia 24/05, em hospital filantrópico, em Itabuna;

651º óbito – homem, 81 anos, residente em Filadélfia, portador de doença respiratória crônica. Sem data de internação, veio a óbito dia 28/05, em hospital da rede pública, em Filadélfia;

652º óbito – homem, 70 anos, residente em Itabuna, portador de doença cardiovascular. Internado dia 18/05, veio a óbito dia 19/05, em hospital da rede pública, em Itabuna;

653º óbito – homem, 70 anos, residente em Itabuna, portador de diabetes mellitus e hipertensão arterial. Veio a óbito dia 07/05, em seu domicílio;

654º óbito – homem, 50 anos, residente em Itabuna, sem informação acerca de comorbidades. Veio a óbito dia 24/05, em seu domicílio;

655º óbito – homem, 75 anos, residente em Buerarema, sem comorbidades. Internado dia 18/05, veio a óbito dia 25/05, em hospital da rede pública, em Itabuna;

656º óbito – mulher, 85 anos, residente em Itabuna, portadora de hipertensão arterial. Veio a óbito dia 21/05, em seu domicílio;

657º óbito – homem, 77 anos, residente em Salvador, portador de diabetes mellitus. Veio a óbito dia 21/05, em hospital da rede pública, em Salvador;

658º óbito – homem, 72 anos, residente em Itabuna, sem comorbidades. Sem data de internação informada, veio a óbito dia 25/05, em hospital filantrópico, em Itabuna;

659º óbito – mulher, 91 anos, residente em Feira de Santana, portadora de diabetes mellitus e doença renal crônica. Sem data de admissão informada, veio a óbito dia 24/05, em hospital da rede particular, em Feira de Santana;

660º óbito – mulher, 64 anos, residente em Salvador, portadora de diabetes mellitus, doença cardiovascular e doença renal crônica. Internada dia 13/05, veio a óbito dia 26/05, em hospital da rede pública, em Salvador;

661º óbito – homem, 44 anos, residente em Salvador, sem comorbidades. Internado dia 15/05, veio a óbito dia 19/05, em hospital da rede pública, em Salvador;

662º óbito – homem, 69 anos, residente em Salvador, sem comorbidades. Sem data de internação informada, veio a óbito dia 20/05, em unidade da rede pública de saúde, em Salvador;

663º óbito – homem, 55 anos, residente em Salvador, portador de diabetes e hipertensão arterial, foi internado dia 16/05 e veio a óbito dia 28/05, em unidade da rede pública, em Salvador.

664º óbito – mulher, 43 anos, residente em Madre de Deus, portadora de diabetes e doença cardiovascular crônica, data de internação não informada, veio a óbito dia 30/05, em unidade da rede pública, em Salvador.

665º óbito – mulher, 56 anos, residente em Salvador, portadora de doenças autoimunes, foi internada dia 09/05 e veio a óbito dia 27/05, em unidade da rede pública, em Salvador.

666º óbito – mulher, 79 anos, residente em Salvador, portadora de diabetes e hipertensão arterial, foi internada dia 21/05 e veio a óbito dia 26/05, em unidade da rede pública, em Salvador.

667º óbito – homem, 88 anos, residente em Eunápolis, portador de diabetes e hipertensão arterial, foi internado dia 22/05 e veio a óbito dia 23/05, em unidade da rede pública, Eunápolis.

Faixa etária

Quanto ao sexo dos casos confirmados, 53,01% foram do sexo feminino, 44,08% foram do sexo masculino e 2,91% sem informação. A faixa etária mais acometida foi a de 30 a 39 anos, representando 19,91% do total. O coeficiente de incidência por 1.000.000 de habitantes foi maior na faixa etária de 80 anos ou mais (1.810,78/1.000.000 habitantes), indicando que o risco de adoecer foi maior nesta faixa etária, seguida da faixa de 30 a 39 anos (1.596,25/1.000.000 habitantes).

Ressaltamos que os números são dinâmicos e, na medida em que as investigações clínicas e epidemiológicas avançam, os casos são reavaliados, sendo passíveis de reenquadramento na sua classificação. Outras informações em www.saude.ba.gov.br/coronavirus.

Para acessar o boletim completo, com a lista de municípios com casos confirmados, clique aqui.

Critérios para os exames da Covid-19

No Sistema Único de Saúde (SUS), a coleta de amostras para a realização do exame RT-PCR, que é o padrão ouro para a identificação do genoma viral, deve ocorrer em cinco situações: pacientes internados com suspeita de coronavírus, independente da gravidade; pacientes com Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG); profissionais de saúde com síndrome gripal suspeitos de Covid-19 ou que tenham tido contato com casos confirmados de coronavírus, mesmo que assintomáticos; pacientes que foram a óbito com suspeita de Covid-19, cuja coleta não pôde ter sido realizada em vida; e em indivíduos institucionalizados durante investigação de surtos da doença


COMÉRCIO RETORNA EM HORÁRIO RESTRITO EM SENHOR DO BONFIM NESTA SEGUNDA-FEIRA E MORADORES DE OUTROS MUNICÍPIOS SERÃO BARRADOS


A partir desta Segunda-feira, dia 01 de Junho atendendo novo decreto do Prefeito Carlos Brasileiro, o comércio de Senhor do Bonfim, volta a funcionar em horário restrito das 11 ás 17 horas de Segunda a Sexta-Feira.

Os supermercados, Pets Shops, Lojas de produtos agropecuários, açougues e panificadoras, segue funcionando moralmente, bem como estabelecimentos na BR 407.

Moradores de outras cidades terão acesso negado na sede do Município e não passarão pelas barreiras sanitárias disse o prefeito em live neste sábado dia 30.

O Executivo prometeu discutir com comissões de representantes de templos religiosos e de academias, quando uma reunião será realizada para discutir o retorno destas atividades.

A feira livre, volta a funcionar somente no Sábado,bem como o retorno do transporte coletivo distrital e urbano em horarios restritos.O Decreto entra em vigor a 00H00min, deste domingo dia 31, com validade até ás 23h59min, de Sábado dia 02 de Junho.


MPF pede suspensão do uso da cloroquina em rede pública de saúde


O documento que permite o uso da cloroquina na rede pública de saúde para pacientes contaminados pelo coronavírus está com pedido de suspensão aberto. Procuradores do Ministério Público Federal (MPF) dos estados de Sergipe, Pernambuco, Rio de Janeiro e São Paulo abriram ação contra a ampliação da utilização do medicamento até que o Ministério da Saúde apresente um resultado claro de benefício ou risco do seu uso em pacientes com Covid-19.

O pedido, feito no dia 20 de maio, foi encaminhado para a 1ª Câmara de Revisão e Coordenação do MPF para ser enviada ao Ministério da Saúde. A justificativa dos procuradores dos quatro estados é que o medicamento não é comprovado como eficiente para o tratamento dos pacientes com o vírus causador da pandemia.

Eles pedem que o Ministério comprove a relação favorável entre o uso da cloroquina e da hidroxicloroquina sobre o tratamento para a doença para que, só então, a utilização do medicamento na rede pública de saúde seja feita.

No mesmo dia 20, um documento publicado pelo Ministério da Saúde admitia que não existem comprovações, ainda, de que a cloroquina e seus derivados são eficazes para tratamento da Covid-19.

“A atual capacidade de processamento de testagem no país é de dez mil exames por dia, conforme apresentado pela Secretaria de Vigilância Sanitária em 20 de maio de 2020, e o plano de testagem nacional não sofreu alterações que permitam abranger o universo de sintomáticos leves que terão que fazer o teste previamente ao uso de cloroquina ou hidroxicloroquina, com capacidade de resposta efetiva dos exames”, declaram os procuradores, segundo o jornal O Globo.

A Organização Mundial da Saúde (OMS) suspendeu os testes sobre com a droga para tratamento da doença após constatação do aumento do número de óbitos.

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) impôs que o Ministério da Saúde liberasse a o uso medicação. A falta de comprovações sobre os benefícios dela para combate da doença gerou instabilidade entre o governante e os dois últimos ministros da casa, Luiz Henrique Mandetta e Nelson Teich. (Bahia Noticias)


Bahia tem primeira morte de indígena por covid-19


O Movimento Unido dos Povos e Organizações Indígenas da Bahia (Mupoiba) comunicou ontem (30) a morte por covid-19 de um índio idoso da terra indígena Tupinambá de Olivença, no Sul da Bahia. A informação é do jornal Correio.

Ele esteve internado no Hospital da Costa do Cacau, em Ilhéus, entre os dias 28 de abril a 7 de maio, período em que a unidade passou por surto de contaminação da doença. A morte foi registrada no dia 17 de maio.

O movimento afirma que o idoso estava internado por problemas neurológicos e pode ter contraído a covid-19 no hospital. Quando ainda não havia confirmação da morte pela doença, o Mupoiba havia informado que familiares da vítima seriam testados e alguns foram confirmados.

A morte do paciente foi confirmada pela secretaria de Saúde do município. O secretário Geraldo Magela explicou ao Correio que o índio deu entrada no hospital com quadro de derrame cerebral e contraiu a doença durante a internação

A prefeitura, junto com a Secretaria Especial de Saúde Indígena (Sesai) do Ministério da Saúde, determinou a testagem de cerca de 60 pessoas ligadas ao índio, entre acompanhantes, visitantes e outros indivíduos que tiveram contato direto. O idoso morava no complexo das Aldeias Acuípe.

Até o momento, o Mupoíba e a Associação Nacional de Ação Indigenista (Anaí) contabilizam 17 casos de contaminação por coronavírus em terras indígenas na Bahia, sendo nove casos na Terra Tupinambá de Olivença, distrito de Ilhéus, e oito casos na Terra Pataxó da Coroa Vermelha, em Santa Cruz Cabrália.

(Metro1)


Jaguarari confirma mais 03 casos positivos de coronavírus; total vai a 20


A prefeitura de Jaguarari, através da Secretaria de Saúde, divulga neste sábado (30), as atualizações do Boletim Epidemiológico diário com as informações sobre o coronavírus no município. Nesta edição do Boletim, foram confirmados mais três casos positivos da Covid-19 no distrito de Pilar, identificados por meio de testes rápidos.

As três pessoas que testaram positivo para a doença apresentam quadro assintomático e nenhum deles é profissional da saúde. Informamos ainda que todos já foram incluídos no monitoramento, assim como seus familiares e pessoas próximas.

Visando ampliar a atuação no combate ao coronavírus, a gestão municipal contratou uma profissional de saúde (enfermeira) em Pilar para agir de forma exclusiva no controle das notificações, além de atuar na realização de testes rápidos.

A identificação desses novos casos, que somados chegam a 18 somente no distrito de Pilar, reforçam a necessidade do cumprimento das novas medidas restritivas impostas pela administração municipal, como o toque de recolher iniciado neste sábado a partir das 17h até as 05h e o fechamento de comércio não essencial.

A prefeitura tem intensificado suas ações a fim de quebrar a cadeia de transmissão do vírus em Pilar, com a lavagem e sanitização de ruas, realização de testes rápidos, mapeamento de circulação do vírus e fiscalização do cumprimento das normas no comércio e demais setores.

A luta não é apenas da prefeitura, é de todos nós! Por isso, fique em casa. Mas, se precisar sair, use máscara. Ao retornar, lave as mãos e olhos. Sempre que possível, higienize as mãos com álcool em gel.

Juntos Somos Mais Fortes!
Todos Contra o Coronavírus!

ASCOM – Prefeitura de Jaguarari-BA