Professora é morta a facadas ao deixar filho na escola em Ponta Grossa


Nesta quarta-feira (4), uma mulher foi morta a facadas em Ponta Grossa, na região dos Campos Gerais do Paraná. Segundo o Corpo de Bombeiros, a vítima era professora e estava deixando o filho na escola. O marido dela é suspeito do crime, segundo a Polícia Civil.

A vítima, Luciane Ávila, de 42 anos, trabalhava na mesma escola onde o filho estudava, de acordo com a direção da instituição.

Os bombeiros informaram que a mulher foi agredida várias vezes com golpes de faca, que atingiram a região do tórax e as pernas.

A Polícia Civil disse que a vítima e o marido dela estavam em processo de divórcio. Ainda segundo a polícia, havia um boletim de ocorrência contra o suspeito por perturbação de tranquilidade.

De acordo com os bombeiros o suspeito do crime fugiu em uma moto e jogou a faca em uma esquina.

A Polícia Civil investiga o caso e faz buscas pelo suspeito.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *