Sthe confirma vídeo íntimo vazado e revela já ter acionado advogados; “a pessoa que fez isso vai pagar”


A baiana Sthefane Matos veio a público falar sobre seu vídeo íntimo que vazou nas redes sociais neste sábado (16/5). A influencer confirmou que era ela e acredita que seus dados foram roubados do servidor ICloud, que armazena fotos e vídeos nos celulares Iphone.

“Enfim, fiquei muito envergonhada, muito constrangida, não vou mentir. Volta e meia tentam fazer coisas pra me derrubar, me desestabilizar, mas eu tô aqui. Vou voltar e vou provar pra vocês quem fez isso, porque a pessoa que fez isso vai pagar, por que isso é crime. A justiça do homem pode até falhar, mas a de Deuss não falha. eu tenho até pena de quando a justiça de Deus for feita na vida dessa pessoa”, disse.

A modelo insinuou que apenas uma pessoa tinha a senha e faria isso com ela. “Eu estou tomando todas as medidas jurídicas, já acionei todos os meus advogados, porque a pessoa que fez isso vai pagar, pois isso é crime. Na madrugada de 5 de abril, não hackearam meu Icloud, invadiram meu ICloud, uma única pessoa que tinha a senha de tudo”, revelou.

Ela conta que todas as gravações, imagens e contatos foram apagadas do seu celular e provavelmente estão com a pessoa que roubou seus dados. Roubar informações do celular e/ou computador de uma pessoa é crime, pela Lei Carolina Dieckmann, com punição de três meses a um ano de cadeia.

Sthe disse ainda que ficou decepcionada com a quantidade de mulheres que a ofenderam ou compartilharam seu vídeo. “Mulher é pra se ajudar, é pra se apoiar, é pra dar a mão a outra pra se defender, e não estão fazendo isso”, desabafou.

https://www.instagram.com/subcelebrities/?utm_source=ig_embed

 

Fonte: AratuON