UNEB em Senhor do Bonfim aborda sobre a situação dos circos na pandemia


O projeto “Videoartes contra o coronavírus” do Departamento de Educação (DEDC) do Campus VII da UNEB realiza sua nona produção “Circo na pandemia”. O audiovisual aborda sobre os circos que desmontaram picadeiros e os artistas circenses que impossibilitados de trabalhar estão vivendo de doações.

O circo leva alegria para as pessoas por onde passa, mas devido as medidas de prevenção ao novo coronavírus, como o distanciamento social, o circo que depende do público para se manter, não pode realizar suas apresentações, ficando a mercê de doações e auxílios do governo.

Os trabalhadores da cultura podem se inscrever para receber o Auxílio Emergencial da Cultura no valor de R$ 600,00 cada parcela. No entanto, muitos artistas ainda não foram contemplados com o auxílio.

A produção que reflete sobre a condição dos artistas circenses em meio à pandemia conta com o poema “Por que existem o mal e o sofrimento humano?”, de Leandro Barros; depoimento da circense itinerante, Mariana Costa; e participação dos artistas convidados: Israel Santana, Jeniffer Oliveira e Valter Ferreira.

O “Videoartes contra o coronavírus” é coordenado pelos professores de Teatro do Campus VII da UNEB, Filipe Dias e Michel Guimarães; e conta com a monitora bolsista, Tatá Barbosa. Além dos monitores voluntários Celo Cardoso, Lucas Souza, Melissa Bonfim, Murillo Aguiar e Uriel Caruano.

Todas as produções do projeto “Videoartes contra o coronavírus” estão disponíveis no YouTube. Confira as produções através do link: https://www.youtube.com/watch?v=y2LoEcOKWwY.

Lorena Simas
Coordenadora do Núcleo de Assessoria de Comunicação (NAC-DEDC/UNEB)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *