Sr do Bonfim: Idosa morre de Covid e família abre caixão durante velório


família de uma vítima da pandemia do novo coronavírus (Sars-Cov-2) desobedeceu às recomendações do Ministério da Saúde e abriu o caixão durante o velório no distrito de Igara, no município de Senhor do Bonfim. O ato pode ter contaminado todas as pessoas que participaram abertamente do velório.

Segundo nota da prefeitura municipal, uma paciente de 90 anos, com sintomas de febre e tosse seca, foi levada para UPA falecendo ao chegar na unidade de saúde. Houve coleta de material para realização do exame de detecção do coronavírus. A secretaria de saúde do município, informou que determinou aos familiares da vítima da Covid 19, que realizassem o sepultamento imediatamente e que o caixão deveria permanecer fechado.

Segundo informações da ASCOM da prefeitura de Senhor do Bonfim, os famílares da idosa teriam desobedecido todas as normas do decreto municipal e realizado o velório que contou com centenas de pessoas da comunidade, eles não acreditavam que ela tivesse sido vítima da Covid 19, o resultado saiu após o sepultamento.

O caso ganhou repercussão nas redes sociais após o Lacen confirmar a morte por coronavírus e quem foi ao velório discordou da nota oficial. A secretaria de saúde informou que todos os parentes da idosa foram testados e que o resultado foi negativo, porém as demais pessoas que participaram do velório não foram localizadas e não fizeram testes.

Art. 9º – Considerando o risco de transmissão do coronavírus não será permitida a
realização de velório independente da causa do óbito;
§ 1º – Em relação ao manejo de óbitos, sejam eles em domicílio, instituições
de moradia, unidades hospitalares ou espaços públicos, no período da pandemia
de Covid-19 devem ser obedecidas as recomendações estipuladas na Nota Técnica
nº 09 de 27 de Março de 2020 do COE Saúde do Estado da Bahia.

”Estamos tentando monitorar o máximo de pessoas que compareceram ao velório para testar” declarou o secretário de saúde, Neto Guimarães.

A secretaria  solicita que todos que participaram do velório compareçam urgentemente a uma unidade de saúde.

Segue nota

Fonte: Blog do Walterley

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *