Educação antirracista é tema de live realizada pelo Podcast Calumbi

O racismo, infelizmente, está presente em todos os âmbitos da nossa sociedade, inclusive no educacional, formando crianças e adolescentes que não respeitam a diversidade e disseminam violência e ódio. Para combater esse tipo de conduta, é importante discutir e lutar “Por uma educação antirracista”, tema da live realizada pelo Podcast Calumbi nesta quinta-feira (02), às … Leia Mais


Podcast Calumbi lança camisa para exaltar as bandas de pífanos

  Com o intuito de valorizar a dimensão simbólica da cultura, o Podcast Calumbi lança nesta terça-feira (26) um novo produto: uma camisa em homenagem às bandas de pífanos, também chamadas na região de Senhor do Bonfim como “bandas calumbis”. A camisa estampa a frase “Toca Calumbi pra mim”, criada pelo artista bonfinense Jotacê Freitas. … Leia Mais



Em parceria com a Prefeitura de Senhor do Bonfim, o Coletivo Trippé apresentará: PROJETO PRIMEIROS PASSOS, com o espetáculo Debaixo D’água

Para iniciar as comemorações alusivas ao dia da criança, vem aí uma novidade! Em parceria com a Secretaria de Educação de Senhor o Bonfim, o Coletivo Trippé apresenta: PROJETO PRIMEIROS PASSOS, com o espetáculo Debaixo D’água. As apresentações acontecerão nesta terça-feira, 05 de Outubro na Creche Escola Francesco Galli e na quarta-feira, 06 de Outubro … Leia Mais


Cigana Contadora de Histórias encerra mês do folclore em Petrolina – PE


Petrolina concluiu o mês de agosto comemorando o folclore brasileiro com muitas estórias, contos, cantos e expressões populares. O projeto ‘Viva a Leitura’, do colégio Plenus Júnior, movimentou a manhã do último sábado (28), com uma live da escritora carioca Gabriela Kopinits, a Cigana Contadora de Histórias.

Contando “estórias” do seu livro infantil ‘Era uma vez…’ e de vários outros autores a exemplo de Câmara Cascudo e Monteiro Lobato, a jornalista que personifica a Cigana Contadora de Histórias, começou os trabalhos da ação ‘Partilhando Histórias’ com os alunos dos 2º e 3º anos e em um segundo momento com as crianças do 4º e 5º anos do Fundamental I da escola.

Durante o evento, promovido pela FTD Educação, os alunos adoraram as “estórias” e o clima de encantamento. Para Gabriela Kopinits, a contação de histórias é uma excelente forma de promover o desejo pela leitura entre as crianças. “Uma criança se torna um adulto mais seguro, feliz e equilibrado se tiver acesso à literatura”, pontuou. Gabriela tomou gosto por histórias aos quatro anos de idade, quando o pai começou a ler para ela, sentado à beira da cama, antes de dormir. Daí em diante, autores como Monteiro Lobato e Ana Maria Machado ganharam uma fiel seguidora.

De acordo com a diretora Pedagógica do Plenus, Sílvia Santos, o projeto ‘Viva a Leitura’, prossegue neste mês de setembro com atrações a exemplo de contação de histórias, leitura e discussão de livros, produção de vídeos e apresentações culturais. *Clas Comunicação e Marketing*


Senhor do Bonfim: Filarmônica União dos Ferroviários Bonfinenses lança site de música instrumental


A Filarmônica União dos Ferroviários Bonfinenses lançou no mês de março o seu site Repositório de Música Instrumental. Nesses seis primeiros meses de publicação, o portal teve centenas de acessos de pessoas de todo o Brasil e de diversos países, recebendo diversos elogios pela compilação que dá sustentação ao acervo.

O Website tem um vasto repositório de acervo de partituras de música filarmônica e materiais de estudos que foram coletados ao longo das últimas décadas pelo pesquisador Paulo Alencar. Os repositórios são sistemas de informação que servem para armazenar, preservar, organizar e disseminar amplamente os resultados de pesquisa. Nesse caso específico, se trata da reunião em um canal de difusão de conhecimento de Partituras para execução de música instrumental, com foco em bandas filarmônicas.

O site tem capacidade de armazenamento com a garantia de manutenção de pelo menos 24 meses (dois anos), com designer gráfico amigável e intuitivo. O propósito do repositório é facilitar o acesso ao acervo e a história da música instrumental baiana e brasileira, sendo um local onde é possível encontrar acervo que se encontrava disperso no universo da rede mundial de computadores.

O projeto teve apoio financeiro do Estado da Bahia através da Secretaria de Cultura e da Fundação Cultural do Estado da Bahia (Programa Aldir Blanc Bahia) via Lei Aldir Blanc, direcionada pela Secretaria Especial da Cultural do Ministério do Turismo, Governo Federal.

Link de acesso: www.filarmonicadosferroviários.com.br


Sudesb lança edital de R$500 mil para apoio a eventos de capoeira



Comemorado em 3 de agosto, o Dia Nacional do Capoeirista tem homenagem antecipada pela Superintendência dos Desportos do Estado da Bahia, autarquia vinculada à Secretaria do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (Setre). O Diário Oficial do Estado deste sábado, 31, traz publicada a Portaria 76 que torna público o Edital 02/2021, destinando R$500 mil para o apoio a projetos de eventos neste segmento esportivo. Tanto o edital quanto os seus 11 anexos já se encontram disponíveis no site da autarquia (www.sudesb.ba.gov.br).
“Com a boa perspectiva de recuo da pandemia, começamos a colocar na rua nossos projetos de fomento, que forçosamente fomos obrigados a interromper desde 2020 por conta da crise sanitária. Nada mais simbólico do que iniciarmos essa retomada com o lançamento de um edital de fomento à capoeira, esporte que tanto tem a ver com nossas raízes, nossa cultura histórica”, comenta o diretor-geral da Sudesb, Vicente Neto.
O gestor lembra que esta não é a primeira vez que o Governo do Estado investe diretamente no segmento da capoeira. “Em 2018 e 2019, trabalhamos com edital similar, também no valor de R$500 mil. O investimento direto na área é uma forma importante de valorizar  as práticas esportivas tradicionais e não tradicionais. É nossa intenção seguir sempre apoiando a capoeira e outras manifestações esportivas de matriz africana”, reitera o diretor.
As organizações sociais interessadas têm entre 02 e 30 de agosto para apresentar seus projetos, podendo ser apenas um por instituição. Ainda de acordo com o edital, poderão vir a ser selecionadas até 20 propostas, desde que cada uma não ultrapasse o valor máximo de R$25 mil.
A Sudesb estima, após cumprimento de todas as etapas previstas pelo edital de chamamento público, a data de 14 de dezembro próximo para assinatura do termo de fomento com as organizações selecionadas por meio do chamamento público.

……………………………………………………………………………………….

Secom  – Secretaria de Comunicação Social – Governo da Bahia


Lançamento do site Podcast Calumbi acontece neste sábado (31)


Com objetivo de organizar ainda mais as informações históricas e culturais sobre o sertão baiano, o Podcast Calumbi lança seu site, que reúne todos os episódios do Podcast Calumbi para download, em formato de áudio e texto, além de fotografias, informações sobre a história do projeto e a equipe que realiza o programa. O lançamento acontece neste sábado (31), às 15h, com transmissão pelos perfis @podcastcalumbi e @agenciainception.

A live conta com a participação da idealizadora do Podcast Calumbi, Adriana Santana e com os integrantes da Agência Inception (Annie Almeida, Caio Bezerra e João Vitor Morais) responsável pela criação do site. Será um bate-papo descontraído para contar tudo sobre a construção do site e o que os visitantes vão encontrar neste novo espaço.

Apesar de os episódios do Podcast Calumbi já estarem disponíveis em todas as plataformas de streaming, o site irá facilitar o acesso à produção e possibilitar o download gratuito de todos os episódios em áudio e texto. O Podcast Calumbi decidiu adequar o seu conteúdo para o formato escrito pensando na inclusão das pessoas com deficiência auditiva, permitindo que esse grupo, que corresponde a 5% da população brasileira, de acordo com dados divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), tenha acesso e possa conhecer mais sobre o sertão baiano através das produções.

Além disso, o Podcast Calumbi incentiva a utilização do material por professores e coordenadores pedagógicos como recurso didático para trabalhar uma educação contextualizada voltada à valorização da história e cultura do sertão baiano. Possibilitando assim, maior envolvimento dos estudantes que passam a se identificar com os conteúdos aprendidos em sala de aula, a partir do momento que se reconhecem nas narrativas.

A produtora do Podcast Calumbi, Adriana Santana, conta que o conteúdo do programa já vem sendo utilizado em sala de aula, mas o site busca ampliar esse alcance. “Alguns professores nos relatam que já utilizam o Podcast Calumbi em suas aulas, então, o site, por ser mais acessível em relação às plataformas de streaming, que nem todos acessam ainda, vai facilitar para que os educadores baixem todo o material e os utilizem nas suas aulas”.

O site do Podcast Calumbi vai reunir, em um só espaço, educação, história e cultura do sertão baiano, através do áudio, da escrita e também da imagem. Além de proporcionar acessibilidade e servir como referência para estudos sobre a região.

Lorena Simas
Assessora de Imprensa do Podcast Calumbi


O DEFINHAMENTO DO CROCHÊ- – CONFIRA A CRÔNICA DE MOACIR SARAIVA


Tudo na vida tem dois ou mais lados, não se pode fugir desse postulado bem antigo e moderno.

Os benefícios trazidos pelos aparelhos que nos permitem uma comunicação instantânea com o mundo estão pulando aos olhos de toda a humanidade. O celular tem mudado e muito a vida de seus usuários, você dispor do mundo em suas mãos é algo estonteante. Esse é o lado bom e muito bom, pois o ser humano, hoje, dispõe de informações que, em outras épocas, era um sacrifício danado para buscá-las, isso quando era possível, uma vez que para muitas o acesso era restrito a grupos pequenos, e eles as vendiam como queriam.

A despeito de trilhões de vantagens do celular, seu uso também tem outras trilhões de adversidades apontadas por especialistas e muitas dessas, não necessitam nem de estudos, pois aparecem escancaradamente.

Especialistas já fizeram um sem número de pesquisas e mostram que o uso excessivo provoca problemas na visão, na coluna e outros efeitos nocivos, constatações fruto de pesquisas de cientistas e não se ouvem vozes se contrapondo a tais estudos.

Ainda fruto de pesquisas, há dados revelando que o uso do celular, enquanto se conduz veículos, é a terceira maior causa de acidentes, portanto, vidas são ceifadas, gastos materiais são enormes e o SUS também entra aí para fazer reparos em corpos dilacerados ou com danos menores, tudo provocado pelo uso do celular.

Não vou me ater a aspetos escarafunchados por estudiosos, me volto apenas para o que vejo no dia a dia, nas minhas andanças pelos cantos e pelas voltas do mundo. Vejo em muitas situações profissionais que, ao invés de estarem atentos aos seus afazeres profissionais, ficam com excesso de vigilância nos seus aparelhos celulares, não tiram os olhos do bicho, os dedos em grandes movimentos no teclado e o resto é resto e pronto.

Outro dia, fui comprar uma peça de crochê e o preço estava um absurdo, comparado com o valor cobrado de outrora não tão longe. Indaguei à proprietária do estabelecimento o motivo dessa alta exorbitante do valor da peça. Ela foi muito clara e expôs a real situação do problema. Ela abriu a fala dizendo que a alta se devia ao celular. Antes de eu abrir a boca para novas perguntas, ela se antecipou e explicou tudo. Outrora, as senhoras ficavam em roda de conversa, nas portas das residências e enquanto falavam e muito, os dedos seguravam a agulha e meadas de fio ou de lã e iam construindo suas peças, no fim de um bate papo, havia avanço significativo na construção de suas criações de crochê. Hoje, as agulhas foram substituídas pelo celular, enquanto elas conversam, falam muito pouco, os dedos, os olhos e a atenção se voltam apenas para a tela e o teclado do celular. Por isso as senhoras artesãs de crochê estão desaparecendo e o preço das peças sobe, concluiu a proprietária.

MOACIR SARAIVA – 10.07.2021


Secretaria de Cultura da Bahia prorroga validade dos Editais Setoriais 2019


Em virtude da pandemia da Covid-19, que impactou severamente as atividades do setor cultural, a Secretaria de Cultura do Estado da Bahia (SecultBA) prorrogou a validade dos Editais Setoriais 2019 até 31 de dezembro de 2021. A ampliação assegura que os projetos habilitados na análise de mérito dos certames assinarão o Termo de Acordo e Compromisso (TAC) para execução, desde que atendam a recomendação da Procuradoria Geral do Estado (PGE), de adequação dos projetos à pandemia.
Os Editais Setoriais 2019 estão passando por uma revisão minuciosa, visando equacionar as restrições da crise sanitária à segurança na continuidade da seleção e promover a adequação às normas legais vigentes neste período.
A suspensão temporária da assinatura dos TACs ocorreu em razão de Mandado de Segurança Cível, impetrado por um dos proponentes. Contudo, o Tribunal de Justiça da Bahia já se manifestou pelo despacho da ação, de modo que a SecultBA aguarda a publicação do ato do Poder Judiciário para dar prosseguimento às etapas previstas.
Novas informações sobre o andamento das chamadas públicas serão divulgadas no site da SecultBA e no Sistema de Informações e Indicadores em Cultura – Clique Fomento (SIIC/Clique Fomento).
Mesmo em meio à pandemia da Covid-19, a SecultBA deu prosseguimento à política de democratização do acesso aos recursos públicos para o fomento de projetos em diversos segmentos culturais.  Propostas apoiadas pelo Programa Estadual de Incentivo ao Patrocínio Cultural (Fazcultura) e pelo FCBA com os editais de Ações Continuadas de Instituições Culturais e Eventos Culturais Calendarizados que vêm apostando na criatividade para superar as restrições impostas pela crise sanitária, com a substituição de eventos presenciais por apresentações em plataformas digitais, como o Festival de Dança (OnLine) e o Festival de Rua (OnLine) e a realização de etapas de pré-produção dos projetos.
Demais Investimentos Culturais – O setor cultural, durante a pandemia do covid-19, pôde contar também com a Lei Aldir Blanc (LAB) que distribuiu recursos Federais para que Estados e Municípios executassem políticas para cumprimento da Lei. Além da Renda Emergencial, o Programa Aldir Blanc Bahia (PABB) lançou editais de premiação e chamamento público. O resultado foi mais de R$ 98 milhões executados, atendendo aos incisos I e III da LAB.

Os certames estão sendo coordenados pela Superintendência de Desenvolvimento Territorial da Cultura (Sudecult) da SecultBA, pelo Centro de Culturas Populares e Identitárias (CCPI) e pelas unidades vinculadas: Fundação Pedro Calmon (FPC); Fundação Cultural do Estado da Bahia (Funceb) e pelo Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural da Bahia (Ipac). Esses investimentos na Cultura contam com recursos via Lei Aldir Blanc, direcionada pela Secretaria Especial da Cultural do Ministério do Turismo, Governo Federal.

Fonte: Ascom/Secult

……………………………………………………………………………………….

Secom  – Secretaria de Comunicação Social – Governo da Bahia


São João do Plenus vai doar quatro toneladas de alimentos aos artistas da região


Em um mês, foram arrecadadas quatro toneladas de alimentos que serão doados a mais de 200 famílias de artistas afetados pela pandemia da Covid -19. Este é o balanço do São João Solidário do Plenus Colégio e Curso, apresentado na noite desta sexta-feira (18), ao final da live ‘Arraiá Se Avexe Não’ que reuniu atrações de peso como Targino Gondim, Nilton Freitas, Fabiana Santiago, Elisson Castro e Ivan Greg.

O festejo junino antecipado, que foi transmitido pelo canal da escola no YouTube, começou com a alegria dos cenários coloridos e ao som de muito xote, xaxado e baião. Mesmo à distância, os familiares, alunos, amigos e corpo docente, aproveitaram a festança para matar a saudade das noites tradicionais de São João.

Segundo a diretora Pedagógica da escola, Sílvia Santos, os festejos deste ano tiveram que ser reinventados em função da pandemia. “Em vez de arrasta-pé, fogueira, fogos e quadrilhas juninas, que sempre marcaram nossas comemorações, optamos pela solidariedade e empatia com o outro através de drive-thrus, gincanas e competições envolvendo as turmas com a participação de familiares e amigos dos alunos. E o resultado é essa grande campanha que vem renovar a esperança, aquecer o coração e ajudar quem sempre nos alegrou com sua arte”, concluiu.

A entrega das cestas será feita no próximo dia 22 às associações dos artistas de acordo com as indicações do Movimento Transforma Petrolina. Clas Comunicação e Marketing


Senhor do Bonfim: Prefeito Laércio Junior prestigia festejo de Santo Antônio no distrito de Igara


Seguindo todos os protocolos de saúde, o prefeito de Senhor do Bonfim Laércio Junior esteve neste domingo (13), no distrito de Igara, onde prestigiou da programação religiosa em celebração a Santo Antônio, padroeiro da localidade. Acompanhado dos filhos, do pai o ex-vereador Laércio Muniz, da primeira dama e secretária de Assistência Social Taciane Granja, dos secretários de Educação – Lourinalva Correia e Cultura – Jailson Oliveira e do deputado estadual Niltinho participou da Missa Solene em louvor a Santo Antônio de Igara.

Em seguida participou da procissão que em virtude da pandemia do novo coronavírus foi realizada pelos fiei dentro de veículos, percorrendo diversas ruas acompanhando a imagem de Santo Antônio, até a Praça Cândido Félix, onde a prefeitura de Senhor do Bonfim em parceria com o vereador Helson de Carvalho entregaram a comunidade uma nova imagem do santo padroeiro inaugurada na praça principal.

“Hoje fiquei impressionado com a devoção dos moradores do distrito de Igara. Vi que maioria das casas, seus moradores exibiam a imagem de Santo Antônio demonstrando sua fé. Gostaria de parabenizar o Padre Robson e a Igreja Católica, que festa linda! Gostaria de dizer que hoje não estamos criando devoção a nenhuma imagem, estamos reafirmando que o povo de Igara é um povo de fé. Que todos que estão aqui hoje nesta praça serão abençoados e que por aqui passar também serão abençoados”, falou o prefeito Laércio junior.

Estiveram presentes ao evento religioso: os vereadores Idailton Galeguinho (Presidente da Câmara), Babão e Socorro do Pelé.

ASCOM – PMSB – Governo “O Novo Futuro” @ Senhor do Bonfim


Paulo Soares lança novo álbum “Replantio”


Esse novo trabalho se trata de um retorno às raízes do piauiense de São Raimundo Nonato, que fez da Bahia sua morada nos últimos 20 anos e desde 2005 reside em Juazeiro, atuando desde 2007 na cena cultural do território do Sertão do São Francisco.

Entre 2000 e 2005, Paulo Soares integrou o grupo “Solo Pedregoso” (dois EPs lançados) e atuou na cena alternativa de Salvador. Em solo Juazeirense, criou o projeto “Paulo Soares e a Terceira Cidade”, com o qual participou de eventos e festivais no Vale do São Francisco e em outras cidades do Nordeste.

O novo álbum, intitulado “Replantio”, conta com a melodia do violão como carro-chefe da obra e elementos da rítmica afro-brasileira, no viés do interior nordestino.

Bel da Bonita é um convidado especial na tessitura do disco. Experimentado percursionista, Bel já trabalhou com diversos nomes da música brasileira, e traz na sua musicalidade uma forte e genuína identidade territorial que passeia pelos interiores do Nordeste.

Revisitando essas raízes, a obra percorre ritmos como coco, baião, samba e maracatu e tem 8 faixas, são elas “O Fôge”, “Caatinga”, “Bendito”, “Gavião”, “Baixão das Andorinhas”, “Vento da Saudade”, “Equilibrista Malabares” e “Baião Encantado”.

O álbum conta com musicistas da região, como China (Sax e Flauta), Éverton Machado (Trombone), Júlio César (Trompete), Victoria Duarte (Violino), Pablo Wesley (Tuba) e Álvin Soares (Baixo), que divide palco com seu pai desde 2017, no projeto Paulo Soares e a Terceira Cidade, é baixista na Trupe Poligodélica e compartilha a produção musical com Paulo e Bel da Bonita.
Replantio está disponível nas plataformas digitais através do link: https://tratore.ffm.to/replantio

Ficha técnica:
Gravação: Álvin Soares (Casa Azul 81 Studio)
Mixagem: Álvin Soares (Casa Azul 81 Studio)
Masterização: Iago Guimarães (Casinha Lab)
Produção executiva: Rodrigo “Pezão”
Assessoria de comunicação e mídias sociais: Ananda Fonseca
Fotos: Iasmin Monteiro

Este projeto é realizado por meio do Edital Usinas Culturais e teve apoio financeiro da Secretaria de Cultura, Turismo e Esporte, da Prefeitura de Juazeiro; da Secretaria Especial da Cultura, Ministério do Turismo, Governo Federal, por meio da Lei Aldir Blanc. Clas Comunicação e Marketing


Podcast Calumbi lança novo episódio e realiza live em comemoração ao aniversário de Senhor do Bonfim


No dia 28 de maio, Senhor do Bonfim comemora 136 anos de emancipação política. Para comemorar essa data, o Podcast Calumbi apresenta duas novidades. Nesta terça-feira (25), o programa lança em todas as plataformas de áudio, o episódio “Desejos para Bonfim”, que faz uma reflexão sobre o presente e projeta coisas boas para o futuro da nossa cidade. Em parceria com o projeto Minha Cidade Senhor do Bonfim, o Podcast realiza também uma live comemorativa, agendada para sábado (29), às 15h, no Instagram.

“Desejos para Bonfim” será o 21º episódio lançado pelo Podcast Calumbi. Mas se nos episódios anteriores, o objetivo foi resgatar as origens do município, dessa vez a intenção é outra. “Agora buscamos fazer uma projeção, olhar para o presente e idealizar coisas boas para o futuro, apresentando como a gente espera que Bonfim se fortaleça a partir daqui”, conta a idealizadora e apresentadora do podcast, Adriana Santana.

O episódio reúne a expressão do desejo de bonfinenses conectados à história, cultura e desenvolvimento desse lugar e do seu povo. Assim, o Podcast Calumbi conversou com personalidades ligadas a diversas áreas, tais como: Educação (Maria Glória da Paz); Meio-ambiente (Keiliane Oliveira); Povos do Campo (Norma Cleuza); Terreiros (Rebert Guimarães); Igualdade de Gênero (Denise de Almeida); Juventude (Elisa Raquel); Artes (Geninho Talma); e Turismo (Igo Matos).

Por sua vez, a live de comemoração ao aniversário de Senhor do Bonfim tem como objetivo ouvir dois entusiastas da cultura bonfinense a respeito dos seus trabalhos em desenvolvimento: Adriana Santana (Podcast Calumbi) e Alex Barbosa (Minha Cidade Senhor do Bonfim). Em um bate-papo descontraído, os dois criadores de conteúdo irão apresentar ao público o que os motivou a lançar projetos inovadores, com linguagem atual e de fácil acesso, voltados à preservação da história regional, que valorizam a cultura e contribuem com o processo de educação dos municípios. Os dois projetos têm ganhado repercussão e conquistado não apenas o público bonfinense, mas de todo território baiano.

Alex conta como surgiu a ideia dessa live. “Achei que seria interessante dividirmos nossas experiências, aprendizados e dificuldades que encontramos ao realizar esse trabalho, bem como vislumbrar ações futuras, pois o processo de valorização de nossa história é algo que tem que ser construído de forma coletiva”.

O episódio “Desejos para Bonfim” estará disponível a partir de terça-feira (25) nas diversas plataformas de áudio, como: Youtube, Spotify, Deezer, Amazon Music, Pocket Casts e Google Podcasts. E a live “Aniversário de Senhor do Bonfim” será transmitida no sábado (29), às 15h, através dos perfis no Instagram @podcastcalumbi e @minhacidade_bonfim.

Lorena Simas

Assessora de Comunicação do Podcast Calumbi